Coisas que aconteceriam se todos os gatos sumissem

Gatos se lambendo

Já pensou o que aconteceria se todos os gatos que habitam este planeta sumissem de uma só vez? Ou melhor, o que aconteceria se o mundo ficasse sem felinos de um dia para outro? Não é uma questão dramática ou apocalíptica, mas podemos imaginar, realizar uma espécie de exercício de abstração.

Com certeza, a primeira conclusão a que chegaríamos é que tudo seria mais entediante e o estresse seria a ordem do dia. Vejamos, há especialistas que têm feito esta pergunta seriamente em âmbito científico e que chegaram a algumas conclusões:

O que aconteceria se todos os gatos sumissem do mundo?

Gatinhos

A menos que os cientistas achassem uma solução, o primeiro problema que enfrentaríamos seria um aumento indiscriminado da população de roedores: ratazanas, ratos, roedores e outros parentes próximos.

A consequência imediata seria a rápida propagação de doenças transmitidas por esses animais, podendo provocar um colapso no sistema de saúde mundial. Raiva, hantavírus, peste bubônica, salmoneloses, leptospirose, bruceloses, diversos tipos de encefalites, etc. A lista seria interminável.

Além disso:

  • Produziria-se grandes perdas na indústria alimentícia, aumentando os graves problemas de fome em alguns lugares do mundo. Em certas regiões, os gatos são considerados como um fator chave no controle das pragas que comem os grãos armazenados ou são contaminados por suas fezes ou urina;
  • A proliferação de roedores também desencadearia outro grave perigo ecológico. De fato, existiria uma diminuição na população de aves, visto que, as ratazanas e afins têm como uma importante fonte de alimentação os seus ovos;
  • Isso certamente provocaria perdas econômicas e um aumento do desemprego. Seria um grande golpe que provocaria nos grandes laboratórios e indústrias de alimentos dedicados aos animais… uma crise que poderia levar a um colapso. 

O mesmo poderíamos dizer dos veterinários, dos que elaboram brinquedos e outros acessórios para animais de estimação, dos que se ocupam de prover o mercado das areias sanitárias para que façam suas necessidades… E a lista continua.

No entanto, suponhamos que os líderes mundiais buscassem uma solução econômica para o assunto, um grande movimento internacional teria que ser feito para controlar a superpopulação de roedores. E os homens também sobreviveriam a guerra química desatada para eliminá-los? Certamente, nossa saúde iria piorar.

A ausência de nossos animais de estimação nos levaria à depressão, teríamos que somar a todas essas consequências do desaparecimento dos gatos, a ausência desses bichinhos de estimação para nos ajudar a superar o estresse cotidiano com as brincadeiras e carinho. Com isso, aumentaria nossa pressão arterial, o colesterol e, também, os problemas cardíacos.

Com certeza, os psicólogos seriam os grandes ganhadores em todo este problema, visto que, sem gatos para aliviar nossas angústias e frustrações, teríamos que buscar novas formas de vida para tornar mais fácil a vida. E é sabido que não seriam tão exitosos em seus tratamentos. Como substituir uma carícia e um abraço a todo momento vindos de nosso gato?

Um mundo sem felinos

Gatos olhando para comida

E, passando a temas mais triviais, quem ocuparia o lugar privilegiado na internet e outros meios de comunicação? Fotos e vídeos com vida e obra de nossos amados amigos felinos colorem a internet.

Imagens ternas, divertidas, que mostram as travessuras ou enchem blogs e páginas e também são reproduzidas milhões de vezes por canais de televisão de todo o mundo.

Este universo virtual passaria a ser como um reservatório de lembranças para mostrar aos nossos filhos e netos, que alguma vez, esses ternos felinos ronronadores povoaram a Terra e conviveram conosco.

Deixando de lado os temas afetivos, a verdade é que a ordem mundial não se interessa, em nenhum caso, que os gatos desaparecem da face da terra. Os problemas em cadeia que seriam produzidos não seriam fáceis de serem superados.

Mas não se preocupe, os gatos sabem muito mais de sobrevivência do que os humanos e, com certeza, eles sobreviveriam.

Talvez, se existisse uma curva no tempo que nos permitisse ir ao futuro, como naquela história de ‘O Planeta dos Macacos’, teríamos um mundo dominado por eles. Entretanto, dedique-se a amar e cuidar do seu felino, porque, com certeza, eles merecem muito.