Coisas que você não deve fazer quando sair com seu cão

Passeando com seu cão

Para o seu cão para desfrutar de uma boa caminhada, você deve considerar uma série de coisas que deve fazer cada vez que você sair com ele. Partimos da base que o tempo gasto andando com seu animal de estimação é apenas isso, o tempo dedicado a ele. Você não tem que usá-lo para outras atividades e deve aproveitar seu amigo peludo.

O que você deve fazer quando sair com seu animal de estimação

Mulher passeando com cão

O ritmo da vida é cada vez mais acelerado, especialmente nas grandes cidades. Parece que as obrigações se multiplicam e as horas do dia não são suficientes para cumpri-las.

Por isso, muitas vezes cometemos o erro de usar o tempo com nosso cão, por exemplo, para fazer compras, quando deveríamos usar esse tempo para esquecer por um tempo todas essas questões.

Então, é melhor você relaxar e desfrutar de um bom tempo com seu amigo peludo.

Mas para que os passeios sejam experiências positivas, te contamos uma série de coisas que é importante evitar fazer quando você sai com seu animal de estimação.

1. Não deixe seu cãozinho amarrado na rua enquanto você faz outras coisas

Além de você não suprir a necessidade de atenção e lazer com os animais, você ainda o expõe a:

  • Que sofra calor ou frio excessivo por ter que ficar parado;
  • Que ele seja atacado por outros cães, estando menos capaz de se defender;
  • Que ele seja roubado;
  • Que fuja se não estiver protegido;

 

2. Não grite ou castigue

Evite punir o seu animal de estimação se:

  • Não responder seu chamado;
  • Se ele enfrentar um outro cão;
  • Se ele sair da coleira;

 

Para garantir que seu cão responda seus comandos, lembre-se de usar o reforço positivo, que consiste em recompensá-lo e elogiá-lo quando ele tiver um bom comportamento.

Então, quando você levar seu animal para uma caminhada, sempre carregue pequenos pedaços de comida para recompensá-lo pelo bom comportamento. Mas não se esqueça que um monte de carícias e palavras amáveis ​​também serão muito bem recebidas pelo seu amigo.

3. Não impeça que ele fareje

O sentido do olfato é muito desenvolvido nos cães. Eles vão cheirar tudo que encontrarem pelo caminho.  É uma boa maneira para eles entenderem o mundo ao redor.

Se, neste caso, você puxar a coleira quando ele ver alguns excrementos ou qualquer coisa com cheiro desagradável, provavelmente você está ajudando a criar um conflito futuro.

O animal associará com uma situação negativa quando, por exemplo, cruzar com o cão que gerou esse cheiro, situações tensas e até mesmo lutas podem acontecer.

4. Não tire a coleira

Cachorro passeando

 

Um dos maiores problemas ao passear com os cães é puxar demais a coleira do seu amiguinho.

Na lista de coisas que você não deve fazer quando for passear com o seu cão, também está aquele que diz que você não tem que responder a seus puxões com mais puxões. Você vai acabar machucando o pescoço do animal.

Nestes casos, o treinamento também é imposto com reforço positivo e procurando a melhor coleira de acordo com as características do seu animal de estimação.

Você também pode considerar a possibilidade de usar um arnês. O ideal é consultar um especialista sobre o assunto e você nunca ficar com uma opinião só.

Não dê ouvidos a quem aconselha a usar formas de punição:

Choques;
Tapas;
Pulso elétrico;

5. Não leve seu animal para passear apenas ocasionalmente

O ideal é que o cão tenha uma rotina diária e mais ou menos fixa para comer, andar e fazer suas necessidades.

Não serve que você saia com seu animal apenas ocasionalmente ou com pressa quando você ficar um pouco livre.

No que diz respeito aos passeios, três vezes por dia é o número perfeito. Isto impedirá os desnecessários puxões na coleira e outras formas de estresse ao animal.

Lembre-se de assumir esta responsabilidade com o seu amigo de quatro patas e desfrute também da saída com seu animal.