Comida de cachorro é ruim para gato? E vice-versa

Talvez algumas pessoas acreditem que o alimento dado para os animais de estimação seja praticamente o mesmo, tanto para os cachorros quanto para os gatos, e a única coisa que verdadeiramente mude seja o nome. E ainda que pareça uma coisa que não tenha sentido, é realmente um assunto que deve ser analisado. 

Apesar do alimento de um não agir como um veneno para a outra espécie, cada um tem diferenças substanciais em relação ao outro que, a seguir, vamos mostrar.

Muita gente que tem cachorros e gatos em casa, por comodidade ou por falta de informação, geralmente alimenta seus animais de estimação com o mesmo tipo de comida.

À primeira vista, talvez pareça existir apenas uma sutil diferença de tamanho e forma entre as rações, porém, os componentes usados para produzi-las e a maneira com que estes afetam os nossos melhores amigos são diametralmente opostos.

Ainda que os gatos não sejam particularmente atraídos pela comida para cachorros, alguns são bastante especiais em relação ao alimento, de acordo com o que os humanos lhes oferecem.

Com isso, se acostumam a tudo, até mesmo a não comer. Porém, as diferenças nos produtos para animais existem, uma vez que eles são direcionados para cada espécie pensando em suas características específicas.

Vitamina A

cachorrocomendo1

Nos gatos, o alimento é um elemento essencial. Isso acontece por ser fundamental para a manutenção de uma boa saúde para os gatos. Elementos que, muitas vezes, não aparecem nos alimentos para cachorros. Isso porque os alimentos para cães são ricos em betacaroteno, que o próprio organismo dos cachorros é capaz de converter em vitamina A.

Taurina

É um aminoácido que todos os gatos precisam, da mesma forma que a vitamina A. Já os cachorros são capazes de produzir de maneira natural. Dessa forma, muitos alimentos para cães não contêm taurina.

Se você alimentar seu gato com uma dieta baixa nessa substância, poderá gerar uma cardiomiopatia hipertrófica. Essa condição também pode ser o resultado de uma alimentação baseada apenas em peixe, uma vez que esse alimento não possui taurina suficiente, motivo pelo qual talvez você já tenha escutado que peixe é ruim para gatos, algo que é falso. O que é necessário é manter uma dieta balanceada.

Ácido araquidônico

Esse ácido graxo é facilmente produzido pelos cachorros, enquanto os gatos necessitam que seja fornecido para eles através de sua alimentação.

Níveis de proteína

gatoscomendo

Os níveis de proteína são outro motivo pelo qual não se deve dar a seu gato comida de cachorro. É verdade que existem alguns alimentos para cães que possuem um alto teor proteico, mas a grande maioria não contém o nível adequado que os felinos precisam.

A proteína ajuda os gatos a ficarem a ativos e manterem uma vida saudável. Um baixo nível dessa sustância talvez não mate seu bichinho, porém, pode resultar, com o passar do tempo, em alguma doença.

Ao contrário dos gatos, o paladar canino é bem menos seletivo em relação à alimentação. Por causa disso é que muitas vezes os donos de cães e gatos costumam deixar de lado a comida específica para cachorros, uma vez que estes se alimentam com praticamente qualquer coisa que lhes é oferecida.

No entanto, também diferentemente dos felinos, os cachorros são capazes de levar uma vida relativamente saudável se alimentando exclusivamente de comida para gatos, ainda que isso não seja o mais aconselhável.

A quantidade de calorias, assim como os altos níveis de proteínas e as grandes doses de gordura que são encontradas nos alimentos para gatos não são adequados para o sistema digestivo canino.

Os cachorros alimentados com comida para gatos geralmente tendem a ficar obesos e desenvolver algumas doenças degenerativas por causa dessa situação. Além disso, apresentam uma tendência maior a apresentar doenças gastrointestinais.

Situações como diarreia, vômito e, inclusive, pancreatite, que podem colocar em risco a vida de seu animal de estimação, são alguns efeitos que os alimentos para gato são capazes de causar a eles.

Essas consequências podem acontecer em períodos curtos de tempo se você alimentar seu cachorro com comida para gato. Se, além disso, você o fizer com comida para filhotes, os resultados poderão ser notados ainda mais rapidamente, uma vez que esse tipo de alimento tem uma maior quantidade de proteínas e gorduras.

Porém, será que o meu animal de estimação correrá algum risco se ingerir acidentalmente a comida de outra espécie? Não se preocupe, isso não ocorrerá.

No entanto, não faça disso um hábito em nenhum de seus animais de estimação, pois a saúde deles pode ser afetada ao consumir regularmente um alimento que não foi formulado especificamente para eles.