Como conseguir a inibição da mordida

A inibição da mordida

A inibição da mordida é uma coisa que um cão deve aprender desde filhote, visto que, desta maneira evita-se uma reação que possa ser perigosa. A mordida é uma coisa própria do comportamento dos cães, além de fazer parte da linguagem corporal, o cão deve aprender que deve controlá-la para não causar danos em situações que não sejam necessárias, por exemplo, em uma brincadeira.

Os cães mordem por muitos motivos, seja para enviar a mensagem de que esta chateado, como um mecanismo de defesa ou como uma maneira de dominação. Aprender a inibição da mordida é fundamental dentro do processo de socialização do filhote.

Cachorro mordendo brinquedo

No entanto, antes de proibir, você deve pensar que esta reação está enraizada na essência do animal, e por isso não é possível eliminar cem por cento este comportamento, visto que ele ficará indefenso e limitará sua habilidade para se comunicar com outros cães. Os processos de inibição da mordida estão orientados para prever situações de risco, não para eliminar o comportamento do animal.

Esta conduta deve ser aprendida muito cedo, em torno dos quatro meses, depois de ter passado pela mudança da dentição, será muito difícil conseguir. Por exemplo, um dos usos mais comuns que a inibição da mordida está relacionada é com o fato dos cães conseguirem trazer coisas na boca sem machucar ou destruir. Isso é conhecido como boca suave.

A primeira coisa que você deve ter em mente para que seu cão desenvolva uma boca suave é que ele deve ter outros parceiros de brincadeiras. Isso é muito importante, porque, os cães aprendem a controlar a força da mordida através das brincadeiras.

Se ele morder de maneira forte, o outro cão será machucado e não continuará brincando. Deste modo, brincar sem machucar o outro vai se tornando um reforço positivo, que será premiado com mais brincadeiras

Um segundo aspecto que você deve ter em mente no momento de treinar  seu cão para que ele tenha uma mordida suave é o de interagir com ele. Brinque com seu cão e mostre que você também é sensível às mordidas.

Assim ele aprenderá que os humanos são mais sensíveis que os cães e irá utilizar diferentes tipos de mordidas dependendo com quem estiver brincando, com um cão ou com um humano.

Durante esse período também é importante ensinar seu cão a obedecer a ordem de soltar. Isso não fará que ele morda com delicadeza, mas te ajudará quando estiver destruindo alguma coisa e você quiser que ele pare com isso. Também te ajudará no momento de brincar, visto que, se ele morder muito forte, ao dizer “solta” ele entenderá e finalizará a brincadeira.

Igualmente, reforçar o comando de “não” é importante, pois quando estiver brincando contigo e morder com força, você pode simplesmente dizer-lhe “não” é ele entenderá que isso está errado. O importante neste caso é que finalize o jogo uma vez o cão morda forte.

Filhotes brincando

Em seguida, para reforçar o castigo, ignore seu cão por um momento depois de suspender as brincadeiras. Isso não significa que você deve isolá-lo nem ignorá-lo durante todo o dia. Só faça isso por alguns minutos e depois continue brincando. Lembre de acariciar cada vez que ele morder suavemente.

No caso de você usar a ordem “solta” tenha em mente que não deve ignorar seu cão, pois ele entenderá que está sendo castigado por seguir a ordem. De modo que deverá simplesmente para a brincadeira e continuar quando o cão estiver tranquilo.

É muito importante ele brincar com diferentes pessoas, inclusive as que estão fora do entorno dele, por exemplo, um amigo. Dessa maneira ele aprenderá que todas as pessoas são sensíveis e não deve morder forte.

Igualmente, você deve ter em mente que se você tem que usar a ordem de “soltar” muitas vezes significa que alguma coisa não está dando certo no treinamento. Como falamos anteriormente, esta ordem só deve ser usada em casos extremos, quando precisar que o cão deixe de morder alguma coisa. Neste caso, o melhor será procurar a ajuda de um especialista.