Como cortar os esporões nos cachorros

Neste artigo nós vamos conversar sobre os esporões que aparecem em seu cachorro e como eles devem ser cuidados ou cortados. Caso você ainda não tenha percebido, o esporão é uma unha que está situada na parte lateral das patas traseiras dos cães, perto do tornozelo do animal. A ciência ainda não descobriu qual é a função dessa unha, mas é certo de que existe a necessidade de cuidar dela.

Há os que afirmam que a melhor opção é amputá-la. Porém, na verdade, a operação pode ser um processo doloroso para nosso animal de estimação. Logo, se não houver maiores problemas, o melhor é não fazer isso.

Portanto, vamos dar alguns conselhos sobre como cortar os esporões de seu cachorro e também a forma de cuidar dele.

O que é um esporão

Como dissemos anteriormente, o esporão é uma unha que cresce na parte lateral das patas traseiras de seu cachorro.

Nem todas as raças de cachorros têm isso, porém, é muito importante que você se informe sobre a anatomia de seu animal de estimação.

A princípio, é suficiente que você apare o esporão periodicamente, assim como é feito com as unhas de seu cachorro.

Se olhar para o esporão, verá que há cachorros em que eles crescem de forma enroscada. Dessa maneira, é muito fácil que se encravem na pele e causem processos infecciosos.

É por isso que se tornam muito importantes. Para que isso não ocorra, o único jeito é cortá-los. Embora existam cachorros que se sintam incomodados pelo esporão e, inclusive, não possam caminhar bem, nesses casos, os veterinários aconselham amputá-los. 

Porém se o esporão de seu animal de estimação não apresentam nenhum inconveniente, o melhor é conservá-lo.

Chegou a hora de cortar os esporões de seu cachorro!

Cortando os esporões de um cachorro

Antes de mais nada, para esse processo você vai precisar de bons alicates especiais para cortar esse tipo de unhas. É muito importante que seu cachorro esteja tranquilo, e você também. Se você não estiver tranquilo, vai transmitir o nervosismo para ele.

Escolha um lugar tranquilo, onde seu animal de estimação se sinta relaxado. Se você não se sentir capaz de fazer isso sozinho, peça ajuda a alguém que também seja da confiança de seu cachorro.

Coloque o cão ao seu lado e, ao mesmo tempo em que acariciá-lo, vá dizendo que está tudo bem. Fique o mais perto possível de seu cachorro e faça carinho em suas patas.

Com o alicate nas mãos, deve pegar a pata de seu animal de estimação e levantá-la ligeiramente. Em seguida, afaste um pouco o esporão da pata e com o alicate corte a ponta do esporão.

No entanto, lembre-se que só deve cortar a ponta e não a parte interior da unha, já que nessa região existem vasos sanguíneos que, se cortados, podem causar sangramento nas patinhas.

Uma etapa que não deve ser pulada na hora de cortar os esporões de seu cachorro é a da premiação na hora de o processo chegar ao final. Dessa maneira, ele se portará melhor nas próximas vezes que você tiver que cortar os esporões.

Se você acha que não é capaz de fazer isso ou não tem condições de realizar a tarefa de forma apropriada, é melhor encontrar um profissional que realize isso para você, pois talvez o cachorro perceba seu nervosismo e o processo será mais difícil para ele.

O que fazer se seu cachorro sangrar?

Cuidados ao cortar os esporões do cachorro

Se por um erro cortar a pele da pata de seu cachorro, é muito importante que não altere seu comportamento nem fique nervoso, já que poderá comprometer todo o processo.

Esfregue imediatamente a região atingida com pó antisséptico ou com outro produto para estancar o sangramento. Com uma gaze esterilizada, aperte a região onde está sangrando e imediatamente após coloque um vedação para evitar que seu animal de estimação lamba a ferida.

Todavia, se perceber que o sangramento não para, deverá levar seu cachorro para o veterinário. Ali irão verificar o esporão e o cortarão se for necessário.

O mais provável é que apliquem um analgésico na ferida e administrem algum antibiótico para seu cachorro, para que a zona afetada não seja infectada.

Não se preocupe com o esporão. Ele voltará a crescer, apesar de que com o tempo tenderá a ser mais fraco e propenso a quebrar.