Como cuidar de uma tartaruga

Embora as tartarugas não sejam animais de estimação muito comuns, são uma boa opção para as pessoas que preferem cuidar de um animal que não cresce muito e não tem as mesmas necessidades emocionais que outras espécies têm, como um cão ou um gato. No entanto, você deve se lembrar que esses animais necessitam de cuidados especiais, por isso deixamos aqui algumas dicas para que você saiba como cuidar de uma tartaruga.

Alguns avisos importantes antes de comprar uma tartaruga

tartaruga-2
Alguns tipos de tartarugas estão ameaçadas de extinção, elas pertencem a espécies protegidas e que não podem ser comercializadas.

Por exemplo, você não deve pegar uma tartaruga que encontrou em uma viagem e retira-lá do seu habitat natural, isto, além de desumano, é um crime na maioria dos países e pode trazer problemas legais. Então, realize pesquisas antes que você acabe tendo que dar explicações à polícia.

Sempre coloque os animais novos em quarentena antes da exposição a outros indivíduos, especialmente se você não sabe a origem. Também tenha em mente que eles não são animais que você deve interagir em excesso, pois você pode causar infecções ou acidentes ao animal.

Algo que você também tem que saber é que você não deve dar uma tartaruga a uma criança (ou outro animal pequeno). Muitas pessoas podem discordar deste ponto de vista, mas os animais não devem ser usados como experimentos para conferir responsabilidade às crianças.

Os acidentes são a causa mais comum de morte das tartarugas domésticas, e muitos casos acontecem devido à má manipulação ou à posse por uma criança. Então, se você quer educar uma criança, atribua tarefas de responsabilidade a serem cumpridas em períodos específicos, não a coloque no comando de um ser vivo, poupe o sofrimento tanto do animal como da criança.

Cuidados especiais

Cuidar de uma tartaruga depende fortemente da espécie a que ela pertence. Em geral, você pode encontrar dois tipos:

Tartaruga de água 

 

 

tartaruga-de-agua
As tartarugas aquáticas precisam de um habitat onde tenha água suficiente e espaço para nadar à vontade. Normalmente, grandes tanques são usados (para não atrapalhar o desenvolvimento das tartarugas) com água doce ou salgada e espaço de terra, que lhes permitem relaxar e tomar sol.

Este espaço deve ser profundo o suficiente para que a tartaruga possa mergulhar, porque sua atividade favorita é a natação. Você deve colocar o aquário em um lugar onde seja possível receber sol, pois é através desta forma que elas regulam sua temperatura, além de ser benéfico para suas carapaças e ossos.

Manter a água limpa é essencial para a saúde da tartaruga, porque vai evitar o crescimento de bactérias que podem danificá-la. Portanto, você deve comprar um filtro e mudar a água com frequência, dependendo da quantidade de tartarugas que você tenha (sugere-se que seja um casal para evitar o tédio e depressão) e uma temperatura regulada não inferior a 25°C e não superior a 28°C.

Isso irá evitar o choque térmico, lembre-se que elas não regulam a temperatura, como fazem os mamíferos. Além disso, dessa forma, você vai evitar a entrada no período de hibernação, que pode te colocar em apuros, se você não souber como lidar com isso, embora nem todas as espécies hibernem.

Tartarugas terrestres

As tartarugas terrestres têm necessidade de mais espaço do que as aquáticas para se moverem, como elas gastam mais tempo em terra, precisam ficar livres de predadores (gatos, cães e algumas aves), e também é necessário que haja um espaço seguro onde elas possam nadar.

Um pátio com tanque é o ideal para animais adultos, enquanto eles são pequenos, um aquário já é o suficiente. Essas tartarugas também precisam de um abrigo para dormir ou hibernar, se necessário.

Isso requer mais cuidado, já que algumas tartarugas gostam de se enterrar em áreas lamacentas, se você não perceber isso, os animais poderão morrer se o local secar antes do animal sair.

Alimentação

As tartarugas são fáceis de alimentar, geralmente são sugeridos alimentos ricos em cálcio, mas elas podem comer todos os tipos de frutas e vegetais, algumas também comem carne.

Tartarugas tendem a ser gulosas, por isso você deve monitorar as porções administradas, porque a ingestão excessiva de alimentos pode ser prejudicial para elas.

Além disso, é necessário também limpar o espaço em que elas se alimentam quando as refeições terminarem, para prevenir o crescimento bacteriano por decomposição.

Elas também podem comer arroz ou milho e você deve misturar a comida com plantas e flores. Se você deixá-la em seu quintal, possivelmente elas se alimentarão de caracóis, vermes e lesmas, que fazem parte de sua dieta natural.

Doenças comuns

Tartarugas são propensas a contaminação por fungos nas carapaças, se não forem devidamente limpas, assim como debilidades nos ossos e carapaças por deficiência de vitamina D, devido à falta de exposição ao sol.

Doenças oculares também são comuns (você vai notar o inchaço) e doenças do sistema respiratório manifestadas pelo aparecimento de muco e tosse.