Como cumprimentar um cão desconhecido

Como cumprimentar os cães

Certamente você já encontrou um cachorro na rua e tentou se aproximar dele, tentando cumprimentá-lo. O primeiro contato com um cão pode não ser muito agradável e tornar-se até perigoso. É por isso que neste artigo compartilhamos algumas dicas sobre como você deve para cumprimentar um cão desconhecido.

Algumas dicas

Cumprimentando um cachorro

  • Fazer contato com um cão que você não conhece pode ser uma tentativa um pouco perigosa. Lembre-se que o animal pode se sentir assustado quando você se aproximar e, talvez, compreenda seus gestos amistosos como uma ameaça e não como uma aproximação amigável. Se ele o perceber assim, pode chegar a ser violento. Então, como posso saber se um cão pode ser potencialmente hostil? O primeiro sinal que te ajudará a determinar se um cão é amigável, será dado pela atitude e linguagem corporal do animal.
  • Se você observar que o animal vai em sua direção abertamente, ele captará seu cheiro, o rabo se mexerá e se manterá alto. Mas tenha cuidado: um cão desconhecido sempre estará em alerta com as pessoas que o rodeiam, por isso talvez quando você chegar perto, o animal emita algum latido. Se assim acontecer, o melhor é conversar de forma suave e amável, em voz baixa, para não assustá-lo.
  • Aproxime-se do cão devagar. Não coloque as mãos nos joelhos, isso dificultará uma reação se você precisar escapar porque o cão decidiu te atacar. A chave para estabelecer uma comunicação é ser paciente. Deixe que o cão te siga e sempre chame-o com voz suave. Seja respeitoso com a escolha do cão e, se desejar, deixe um pouco de comida perto do cão, mas nunca jogue diretamente em sua direção.
  • Quando o cão cheirar sua mão, o mais adequado é permanecer quieto e imóvel. Deixe que ele leve o tempo que precise para te conhecer. Se você observar que ele transmite certa tranquilidade, acaricie o peito ou pescoço do animal.
  • Se você conseguir que o cão te acompanhe ao longo do caminho, tenha muito cuidado de não fazer gestos ameaçadores. Os cães podem interpretá-lo como um sinal de agressão e talvez pensem que você está procurando briga. Para não desconcertá-lo, olhe para o cão e estenda sua mão em direção as costas. Esta posição é menos ameaçadora se você estiver com a mão aberta. Além disso, diminui as possibilidades de que o animal morda sua mão e dedos.
  • Se o animal não quiser se aproximar de você, preste muita atenção na linguagem corporal dele. Os cães sempre emitem muitas advertências antes de atacar. Se ele mostrar sinais de medo ou desconforto, como se sentir acuado ou restrito e sem espaço para escapar, o mais aconselhável é deixá-lo sozinho imediatamente. Em caso de parecer neutro ou curioso não faça nenhum sinal de advertência, é possível que ele se aproxime em sua direção, mas nunca deixará de estar em alerta enquanto faz isso. Em caso dele mostrar os dentes de forma ameaçadora, não se retire. Manter a calma sempre é a melhor defesa.
  • Alguns dos sinais de medo ou de ataque comuns aos quais você deve estar atento são:

Latido agudo;

– Dentes a mostra;

– Pelo eriçado;

– Agachar-se com os músculos tensos e com o rabo rígido possivelmente entre as pernas;

Outros sinais são que o animal encontre-se de pé, com os músculos tensos e com o rabo rígido, como a meia haste, orelhas achatadas ou que se aproxime de você com a cabeça baixa.

O que você deve fazer quando um cão desconhecido aproximar de você

 

Carícia em cachorro

Fique quieto e não mexa nem suas mãos nem seu corpo em excesso. Fale em voz baixa. Aguarde para ver a atitude que o cão terá. Se ele for amável, agache e reaja com cuidado; sempre vigiando, para assegurar que sua atitude continua sendo agradável e não ameaçadora. Se ele parecer nervoso de alguma maneira, mantenha a calma e não faça nada para se aproximar ou para interagir com ele.

Se ele começar a se mexer em círculos ao seu redor e conseguir ficar atrás de você, trate de dar a volta devagar, de modo que você fique diante dele. Mas lembre-se: não mexa os braços ou as pernas.

Finalmente, nunca dê as costas para um cachorro que esteja se mexendo próximo de você. Não entre em pânico e não corra. Aguarde até que pare e depois vá embora devagar, se afastando dele.