Como curar as queimaduras do seu cão ou gato em 3 passos

Nosso animal de estimação pode ser exposto acidentalmente a queimaduras, e se forem graves, poderão inclusive ocasionar a sua morte. Para evitar uma tragédia, é necessário saber o que fazer nesse momento e sobretudo agir em tempo hábil. Pelo fato de considerarmos esse assunto muito importante, vamos dedicar esse artigo a explicar o que você deve fazer se seu animal de estimação sofrer uma queimadura.

Quais as causas mais frequentes de queimaduras em nossos animais?

ca%cc%83o-gato-veterinario

Uma queimadura em nosso animal de estimação apresentará o mesmo aspecto que uma queimadura em nossa pele, com a desvantagem que o pelo do animal a cobrirá e pode ser mais difícil de reconhecer.

As causas mais frequentes são os derramamentos de água ou óleo quente, queimaduras nas almofadinhas das patas por conta do calor extremo do chão ou por algo quente que foi derramado, e também através da exposição excessiva ao sol.

Em casos excepcionais, se o seu animal foi operado e ainda possua alguma ferida em processo de cura, a exposição ao sol pode causar uma queimadura. Como agir nesses casos?

Primeira ação diante de uma queimadura: diminuir a temperatura

Apesar de existir o mito, também para as pessoas, de que o gelo é o mais recomendável para diminuir a temperatura da zona queimada, a verdade é que isso pode piorar a situação.

O frio do gelo também causa queimaduras na pele, por isso, aplicá-lo sobre a derme queimada pode piorar em vez de melhorar a situação. Por isso, o mais recomendável para reduzir a temperatura corporal da zona queimada é a água fria, que além de tudo irá favorecer a limpeza da área.

Depois de ter feito isso, é recomendável aplicar uma pomada para queimaduras (algo que recomendamos que sempre tenha em casa), pois ela evitará as infecções e aliviará a dor.

Limpar a área afetada

É recomendado que, uma vez que a dor e o calor tenham sido aliviados com a água e a pomada, se corte com muito cuidado o pelo ao redor da área afetada, já que ele pode ocasionar incômodos e transportar bactérias ou parasitas.

Além disso, o pelo ao redor da zona queimada pode dificultar o seguinte passo: cobrir a ferida. Isso será feito com o propósito de evitar que ela fique suja e prevenir possíveis infecções. No entanto, se o veterinário indicar, você deverá limpar todos os dias a ferida e aplicar novamente a pomada.

O normal seria o seu animal de estimação estar completamente recuperado entre 12 e  15 dias.

Leve o seu animal de estimação ao veterinário

Uma queimadura em nosso animal de estimação pode causar inclusive mais dor do que uma em nós, visto que a sua pele apresenta inúmeras terminações nervosas que são muito sensíveis a qualquer dano.

Por isso, se você não consegue tocar na área afetada e também percebe que o seu animal grita em excesso quando o toca, procure um veterinário, pois ele poderá sedar o seu animalzinho enquanto limpa e cura a ferida com o objetivo de evitar seu sofrimento.

Em caso de ser uma queimadura grave, ele provavelmente irá precisar de uma cirurgia para retirar a pele queimada e enxertar uma nova, algo que apenas o veterinário pode fazer.

Como evitar as queimaduras?

receitas-cozinha-3

Sabemos que seu animal de estimação ama você e quer estar ao seu lado a todo instante, e você adora isso! Ainda assim, você deverá fazer das tripas coração e proibir o seu acesso a algumas áreas da casa em determinados momentos. Por exemplo:

  • Na cozinha. Não permita que o seu animal esteja ao seu redor enquanto você cozinha. Um acidente poderia acontecer a qualquer momento e não tem como voltar atrás.
  • Na praia. Ainda que seja uma praia para cachorros, não deixe que o seu cão ponha suas delicadas almofadinhas na areia quando o sol estiver muito alto, pois isso poderia ocasionar certas queimaduras.
  • Varanda. Não deixe o seu animal na varanda no verão quando o sol estiver no auge. A exposição a esse calor concentrado no solo também poderá causar-lhe queimaduras.
  • Tomadas. Se o seu gato ou o seu cachorro tem uma curiosidade incompreensível de meter o focinho nas tomadas, coloque protetores como faria com um bebê, pois um choque elétrico lhe causará queimaduras e outros problemas que poderão ser irreversíveis.