Como dar banho em um gato que tem medo de água

Dar banho em um gato

Os bichanos têm fama de não gostarem de água, a não ser para beber. Embora algumas raças sejam a exceção à regra, a verdade é que dar banho em um gato pode se transformar em uma odisseia ou uma missão quase impossível. Passaremos alguns truques para dar banho em um gato que tem medo de água.

Dar banho em um gato, uma questão de costume

Gato molhado

A solução para que um bichano não tenha medo de água é acostumá-lo ao banho desde pequeno. Mas o certo é que, às vezes, os gatos chegam em nossas vidas já adultos, assim como os especialistas, consideramos que estes animais bastam a si mesmos para se manterem limpos e, por esse motivo, deixamos o assunto de lado.

Alguns observam as muitas horas do dia que estes felinos dedicam a própria limpeza, e comprovam quão esplendorosos ficam, e desistem da ideia de banhá-los.

Em teoria, um gato de pelos curtos, que passa a maior parte de seu tempo dentro de uma casa e que não tem problemas de saúde, pode passar tranquilamente sem banho. As coisas podem chegar a se complicar um pouco em termos de limpeza quando falamos de animais de pelos mais longos.

Conseguir dar banho em um gato pode ser uma missão difícil, mas não impossível. Com paciência e muito amor você poderá conseguir fazer com que ele perca o medo de água.

Quando é imprescindível dar banho em seu bichano

Mas há ocasiões que não nos resta outra opção senão encarar que temos que dar um banho em nosso gato. Por exemplo:

  • Volta muito sujo de um passeio pelo exterior de sua casa – autorizado ou não – e sua língua não dá conta da limpeza;
  • Se sujou acidentalmente com algum tipo de substância que pode ser tóxica se ele tentar se lamber para removê-la;
  • Sofre de alguma alergia em sua pele que requer banhos mais ou menos constantes.

É nestes momentos que você provavelmente se pergunta por que não investiu algum tempo, no passado, para fazer com que o seu gato perdesse o medo de água.

Como fazer com que o seu felino perca o medo de água

Como de nada vale chorar sobre o leite derramado, deveremos encontrar uma solução e agir de acordo com a gravidade do problema.

Se o animal se sujou com alguma substância tóxica, melhor consultar o veterinário sobre qual é a melhor forma de limpá-lo com urgência.

Em casos de não precisar agir com tanta urgência, se arme de paciência para que o bichinho comece a perder o medo da água. Mas como fazer isso?

A ideia é que seu gato consiga associar o momento do banho com experiências positivas e prazerosas. Para isso, devemos ir pouco a pouco e passo a passo, não agir compulsivamente e, sobretudo, mimá-lo muito durante todo o processo.

Passos para tentar fazer com que o seu gato se acostume ao banho

Vamos partir da base de que conseguir banhar o seu gato com êxito dependerá de fatores como a personalidade do animal ou as experiências que ele tenha tido. O ideal seria então que:

  • Tenha preparado de antemão os elementos que irá precisar para banhá-lo;
  • Escolha um lugar fechado, de preferência o banheiro;
  • Utilize a banheira ou uma bacia grande com pouca água, sempre morna, para que o animal molhe apenas as patas, a princípio;
  • Se fizer com que ele se acostume a esta situação, vá adicionando mais água até que ele molhe todo o corpo;
  • Se tudo continuar bem, ensaboe-o com um produto específico para bichanos e o enxágue com cuidado. Depois, seque-o com uma toalha quente e recompense-o por seu bom comportamento.

Possivelmente você não poderá fazer todos os pontos que acabamos de descrever em logo na primeira tentativa. Conseguir dar um banho assim em um gato demorará, provavelmente, mais de três sessões e lhe custará alguns arranhões.

Outras alternativas para limpar o seu bichano

Gatos enrolados em toalha

O importante é que ele esteja tranquilo e que você interrompa o processo se o animal ficar muito nervoso ou tentar fugir da situação. Enfiar compulsivamente o bichano na água só fará com que se afastem ainda mais as possibilidades de que ele se acostume a tomar banho.

Não se desespere se não atingir o seu objetivo. Você sempre pode tentar outras opções em casos onde o seu animal de estimação resista com unhas e dentes (literalmente) a ser colocado na água. Por exemplo:

  • Esponjas ou panos úmidos;
  • Pulverizadores;
  • Produtos para banhos secos, à venda em lojas de animais de estimação.

Você verá como, de uma forma ou de outra, você encontrará uma maneira de fazer com que o seu gato fique sempre limpo e belo.