Como escolher a melhor ração para cães?

Com tantas opções disponíveis, está cada vez mais difícil escolher a comida de nosso animal de estimação. A oferta é imensa. Considerando que os animais se alimentam cada vez menos com comida caseira, a variedade de rações e alimentos prontos se multiplicou nas prateleiras de pet shops e supermercados.

O preço não é o melhor fator para a compra

Muitas pessoas decidem qual a melhor ração para os cães baseando-se apenas no preço. Mas os alimentos mais baratos podem não ser a melhor alternativa, já que podemos levar para casa um produto de baixa qualidade. A qualidade da comida é o mais importante para que nosso amigo canino satisfaça todas as suas necessidades nutricionais. Claro, sempre de acordo com a sua idade, atividade física, tamanho e personalidade.

Tipos de ração

comida fresca para cães

Alguns especialistas afirmam que existem três tipos de ração para cães: as chamadas econômicas, as Premium e as Super Premium.

A qualidade das matérias-primas é determinante para o aporte total da ração. Por lei, o ingrediente que fornece nutrientes em maior proporção deve vir em primeiro lugar, seguido dos demais.

É muito importante observar os ingredientes e as suas porcentagens para determinar a qualidade do alimento que oferecemos aos nossos cães.

Alimentos prontos, mas naturais

As marcas que se anunciam como alimento natural para cães oferecem produtos compostos caracterizados por seus ingredientes inteiros, sem conter milho, com mais proteína animal e menos vegetal, e em alguns casos podem não levar grãos em sua composição. Se você quer que o seu cão coma uma ração totalmente pensada para ele, o melhor é optar pelos alimentos 100% naturais. Com isso, notaremos que sua pelagem ficará mais macia e brilhante e que o volume das fezes será menor, já que o animal estará consumindo proteínas mais fáceis de digerir.

Para uma escolha correta, o melhor é que você observe qual tipo de alimento é o melhor para o seu mascote. É possível que alguns deles causem alergias alimentares.

Comida em lata

A comida extremamente apetitosa vendida em latas não deve ser oferecida com frequência ao animal, mas como uma recompensa ou prêmio. Para os cães mais exigentes, você pode misturar alimentos enlatados diferentes para variar o sabor ao qual eles estão acostumados.

Os alimentos vendidos em latas possuem uma quantidade muito mais elevada de gordura do que as rações tradicionais. Por essa razão, para que o seu cão se mantenha no peso adequado e tenha a saúde sempre em dia, sua dieta não pode ser baseada unicamente em comida enlatada.

Esse tipo de comida pode ser interessante para o seu cachorro se você observar que apenas a ração não é suficiente para que ele alcance o peso ideal. Outra opção é combinar a ração com a comida enlatada em diferentes refeições, já que não é bom misturá-las.

A idade do animal

A idade do cão também é um fator muito importante na hora de escolher o melhor alimento. Cães adultos, por exemplo, devem manter um estado físico ideal e saudável e só o conseguem com a ingestão correta de nutrientes. Existem alguns ingredientes que são essenciais para uma alimentação correta, como a taurina, minerais quelatos, proteína de carne e o cálcio.

É muito importante, como vimos, ler bem os rótulos dos produtos e revisar todos os ingredientes e componentes do alimento.

Os cães precisam de uma dieta equilibrada, com grande concentração energética e com nutrientes variados. No mercado, é possível encontrar rações especiais para os primeiros meses de vida, muito fáceis de digerir, equilibradas e completas.

Além disso, algumas marcas também incluem em seus alimentos para filhotes ingredientes que protegem e estimulam o sistema imunológico dos animais.

Essas comidas para animais recém-nascidos ou que estão nos primeiros meses de vida incluem fibras naturais e imunoglobulinas, que fortalecem a estrutura das mucosas e aumentam a proteção contra infecções.

cachorro não mastiga a comida

Para o desenvolvimento correto do cachorrinho, os antioxidantes naturais ajudam a fortalecer a membrana celular e são muito eficazes contra germes.

Mudanças de alimentação

É sempre bom recordar que os cães não toleram mudanças muito bruscas na alimentação. À medida que crescem, é preciso trocar o tipo de ração. O melhor é fazer essa mudança por pelo menos dez dias para não afetar a flora bacteriana. Daí a importância de escolher uma boa marca de ração para o seu pet.

Nunca se esqueça de que a saúde de seu cão é muito influenciada pelos alimentos que ele ingere.