Como evitar que seu cachorro peça comida enquanto alguém está comendo

Certamente, várias vezes, quando você está comendo, seu animal começa toda uma cena, latindo e implorando por comida. Se essa situação não for modificada, pode se tornar difícil, especialmente se justamente nesse dia você tiver convidados em casa. Mas como você pode mudar esse comportamento do seu cachorro?

Em primeiro lugar, para mudar qualquer comportamento de seu cão, temos que começar a entender o ritual de alimentação do cachorro. Pedir comida é próprio de sua natureza, pois seu adorável animal de estimação é uma espécie caçadora. Portanto, é natural que, enquanto você come, ele preste atenção em todos os movimentos e alimentos que você leva à boca. Mas nem tudo está perdido, esse hábito pode ser mudado através da educação. É por isso que, a seguir, compartilhamos alguns conselhos.

Evite alimentá-lo enquanto você come

O primeiro passo que você deve tomar é evitar alimentá-lo enquanto você está comendo. Se você está tomando café da manhã, almoçando ou jantando, não cometa o erro de dividir sua comida com ele. Todos os membros da família devem assumir seguir norma. Se ele pede comida, ignore-o, caso contrário, ele insistirá até conseguir.

Estabeleça uma rotina diária de comida

Como evitar que seu cachorro peça comida enquanto você come

Seu cachorro não pode comer a qualquer hora do dia, ele deve ter um horário determinado. Por exemplo, os filhotes com menos de cinco meses devem se alimentar, pelo menos, quatro vezes ao dia, enquanto que cachorros adultos devem comer duas vezes ao dia. Se você acostumar seu cachorro a seguir seus horários, você poderá controlar melhor sua alimentação e saúde.

Você também pode tentar alimentá-lo no mesmo horário em que você come, mas não à mesa. Esta medida pode ser eficaz, mas somente se você passa bastante tempo em casa.

Implemente uma série de recompensas

Se o seu cachorro insiste em que você lhe dê a sua comida, diga “NÃO” e ordene que se sente. Quando você já tiver terminado de comer, pode recompensá-lo com alguma guloseima para cães. Assim, ele irá se acostumar a não pedir, pois vai saber que, no final, uma recompensa lhe espera. Com o tempo, o animal vai internalizar esse comportamento e não será mais necessário ter que lhe dar um prêmio….

A propósito, sobre guloseimas para cachorros, lembre-se de comprar aquelas que não têm sabores artificiais e lembre-se que esse tipo de prêmio nunca deve ultrapassar 10% da alimentação de seu animal de estimação. Você também pode tentar uma guloseima natural. Nesse sentido, uma opção saudável é dar uma fruta madura. Embora possa parecer estranho, os cães gostam. Você pode tentar com um pedaço de maçã, melão ou brócolis.

E se saímos para comer com nosso animal de estimação…

Como evitar que seu cachorro peça comida as visitas enquanto come

Na Espanha existem alguns restaurantes que permitem animais de estimação. Barcelona, Madri ou Gijón assumem a liderança quanto à existência deste tipo de estabelecimento. Embora nesse lugares os cachorros tenham as portas abertas, deve-se tomar algumas precauções para que a sua saída não se torne um pesadelo gastronômico.

Antes de ir, o melhor é alimentar o seu cão. Com a barriga cheia é menos provável que comecem a incomodar.

Se ele é um filhote e ainda não está bem treinado, certamente será difícil evitar que lata ou chore. Eles têm muita energia nessa idade. Portanto, nesses casos, a melhor opção é que antes de ir ao restaurante você pare em algum parque. Dessa forma, quando você chegar, o seu cão já vai estar um pouco cansado e vai preferir dormir.

Se o restaurante não tem tigelas para cachorro, peça ao garçom para trazer-lhe um recipiente com água, para que ele possa se manter hidratado. E para que não fique entediado, você pode levar algum brinquedo para que ele se distraia.

Conheça o seu cão. Se você tiver indícios de que ele se assusta ao ver outras pessoas ou outros cães, talvez sair para comer juntos pode não ser a melhor ideia. Portanto, certifique-se de que seu cachorro segue suas ordens quando você diz palavras como “senta”, “quieto”, “vem” ou “para baixo”. Se o seu cachorro não pode seguir estas regras básicas de comportamento, é melhor não levá-lo com você.

Por fim, lembre-se que mesmo que o seu animal de estimação tenha um bom comportamento, enquanto você estiver passeando em um espaço público ou comendo em um restaurante, o seu cachorro deverá estar sempre preso e, se necessário, com focinheira.