Como o jogo Pokémon Go salvou a vida de um cão idoso?

O novo aplicativo Pokémon Go está se popularizando entre os jogadores. Trata-se de um jogo gratuito para celulares e smartphones que permite aos usuários encontrar criaturinhas do mundo Pokémon ao nosso redor, proporcionando-lhes uma experiência que “ultrapassa a tela do aparelho eletrônico”. Além disso, oferece também a possibilidade ao jogador de participar do jogo através do uso de um dispositivo preso ao pulso, que se conecta ao aplicativo por Bluethooth e que vibra e se ilumina quando detecta as criaturinhas por perto.

O resgate de um cachorro idoso

Além de ser uma diversão, faz muito pouco tempo que um cachorro idoso foi salvo da morte graças a esse jogo. Ainda que se trate de um jogo criticado por alguns setores sociais, entre outras coisas, porque pode provocar acidentes, porque os jogadores se distraem em relação ao que acontece ao seu redor, também são evidentes as vantagens que o jogo traz.

Um casal que estava jogando Pokémon Go caminhava enquanto procurava seres imaginários, e, de repente, ambos viram um grande incêndio.

terapia_para_presidiarios_com_caes

Na hora em que passeavam pelo lugar, decidiram ativar o aplicativo Pokémon Go em seus celulares para ver se conseguiam capturar algum Pokémon, de repente, uma fumaça estranha chamou a atenção deles.

Eles se aproximaram e viram que uma casa estava pegando fogo. Rapidamente chamaram o serviço de emergência.

Patrick Awdish, de 24 anos, e sua namorada, Ktelyn Zack, de 21, estavam caminhando pelo bairro de Cooper e Grandview à procura de criaturinhas Pokémon, quando viram as chamas. O chefe dos bombeiros que atendeu a ocorrência de incêndio indicou que “se não tivesse havido a rápida intervenção do casal, não teria sido possível apagar o fogo”.

O proprietário da casa, de 40 anos, por sua vez, disse que graças a essa ação, e que se fosse só por isso, o universo Pokémon vale a pena.

Patrick Awdish, o jogador, afirma que, se não estivesse jogando Pokémon naquele momento, nunca teria visto a casa onde estava o cachorro da família, que tem 10 anos.

Segundo as palavras de Katelyn: “Primeiro, pensamos que alguém estava fazendo um churrasco, mas nos aproximamos, percebemos que o pátio da casa estava pegando fogo, por isso buscamos socorro”.

Os proprietários da casa em chamas tinham saído para assistir a um jogo de beisebol, deixando sozinho seu cachorro, de 10 anos de idade. O cachorro teria morrido carbonizado entre as chamas se não tivesse recebido a ajuda desse casal de jogadores.

Outros benefícios deste jogo para os cachorros

Esta história do resgate deste animal não é a única que aconteceu graças a este jogo.

Vários abrigos para cachorros estão dando créditos para os usuários de Pokémon para que eles levem os seus cachorros para passear enquanto estão jogando. A finalidade é fazer com que os cães tenham seu passeio diário e interajam com mais pessoas. Obviamente, é preciso que levem seus cachorros para passear se comprometam a se responsabilizar pelo cão.

São muitos os casos de abrigos que procuraram os jogadores para que eles os ajudem com essa tarefa, convidando os usuários do Pokémon Go para aproveitarem o tempo e darem um bom passeio com os cachorros acolhidos em suas instalações e que esperam por um lar.

Pokémon Go, um jogo que integra o entorno

Uma das primeiras recomendações para começar a jogar o Pokémon Go é que o usuário esteja atento a todo momento ao que está acontecendo ao seu redor. A origem desse jogo está na tecnologia de geolocalização móvel.

guau-que-perros-app-que-fomenta-a-adocao-de-animais-de-estimacao

Fonte: www.diariomascota.com

O Pokémon Go começou como uma brincadeira, pregar uma peça no Dia dos Santos Inocentes. Ele virou um jogo que se popularizou, conquistando um sucesso arrasador.

Em 2014, o Google anunciou o “Pokémon Challenge” para o Google Maps, divulgando um vídeo promocional que convidava os usuários a encontrar e capturar os simpáticos monstros fictícios que acompanhavam o aplicativo.

A empresa, que, então, fazia parte do Google, já tinha conseguido um êxito importante com o Ingress, um jogo baseado na geolocalização, e o passo seguinte foi a combinação dessa estrutura de jogo integrado com o entorno real com o fabuloso universo Pokémon.

Hoje em dia, esse aplicativo está disponível nos Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, América Latina, Bélgica, Canadá, Holanda, Espanha, França, Itália, Alemanha, Portugal, Inglaterra e Irlanda, entre outros países.

Fonte da imagem principal: www.schnauzi.com