Como os gatos marcam seu território?

Os felinos têm formas muito precisas de marcar território. No entanto, o que talvez você pode não saber é que eles fazem isso de maneiras muito variadas. Assim, preste muita atenção para que aprenda a identificar como os gatos marcam território:

Dentro do processo de marcação dos gatos, encontram-se diferentes formas de dominação que dificilmente identificamos assim.

Existem três formas principais: a mais conhecida é através das micções, a segunda é através de feromônios e a terceira são as marcas visuais. Vejamos cada uma delas atentamente.

Os gatos marcam seu território com micções

Uma das maneiras mais reconhecidas, e também uma das que mais preocupa aos donos, é a marcação através da urina.

Os gatos têm, em seu corpo, uma série de glândulas. Há uma especialmente importante situada sobre o ânus, chamada glândula anal.

Essa glândula ocupa-se de produzir um óleo que é misturado na urina do gato quando ele urina. Tem diferentes tipos de informações sobre o animal, em especial orientada a seu sexo e a seu momento reprodutivo.

A marcação através da urina é feita de duas maneiras:

Urina normal: esta marcação é produzida quando o gato urina para delimitar seu território. É comum tanto em fêmeas com em machos, e corresponde a deixar um sinal olfativo a possível invasores do território.

Se um gato sente que seu território encontra-se ameaçado, ele vai urinar nas zonas que considere desprotegidas como uma maneira de advertir sua presença.

Urina em spray: acontece geralmente nos machos que não são castrados e é produzida quando o gato sente a presença ou o cheiro de um possível rival, ou quando detectam a presença de uma gata no cio

É como um convite no seu território, mostrando que se encontra disposta à reprodução. A marcação em spray é muito comum nos felinos grandes, como tigres ou leões.

Esfregando-se contra as coisas

Gato esfregando a cabeça

Você acha lindo quando seu gato se esfrega em você? Pois isso, mais que um gesto de carinho quer dizer que seu gato está reclamando você como propriedade.

Além da glândula anal, os gatos têm uma série de glândulas disseminadas por todo seu corpo e rosto, que ajudam-no a fazer mais efetivamente a marcação de objetos.

As glândulas produzem um óleo carregado com feromônios que impregnam o pelo do gato, que, por sua vez, unta os objetos com os que têm contato.

No entanto, você não tem que se sentir ofendido. As coisas sobre as que o gato se esfrega, incluindo as pessoas, normalmente são com as que ele se sente à vontade.

Os gatos tendem a ser desconfiados, e é una característica que tem garantido sua sobrevivência. Além disso, só marcam como deles as coisas com as que sentem em confiança, de modo que podem permanecer desprevenidos quando estão perto dos objetos que estão impregnados com seu cheiro.

Porque dormem na sua cama ou móveis? Isso, mais que por comodidade, deve-se a que são coisas que permanecem impregnadas de seu cheiro, ou seja, é uma maneira que o gato tem de exercer dominação sobre as coisas que, conforme ele, você declara suas dentro de seu território. 

Território do gato

Amostras visuais

Pode ser que te deixe louca ver seu gato em seu sofá favorito, mas é um comportamento muito comum. Todos os gatos, incluindo os maiores, deixam marcações visíveis nas superfícies com suas garras, para avisar os outros que o território está ocupado.

Essa marcação tem uma dupla função. Em primeiro lugar, dá conta do poder físico do gato, seu tamanho, potência das garras, etc. Em segundo lugar, transmite a informação sobre seu sexo e sua disponibilidade reprodutiva, graças às glândulas situadas em seus patas.

Por isso a importância de comprar um arranhador para que seu gato possa marcá-lo, em vez de fazer isso sobre seus móveis.

Agora que você já sabe, esperamos ter sido de grande ajuda para você compreender um pouco melhor a linguagem de seu gato, em especial nesse mundo de cheiros que não podemos perceber, mas que incidem de maneira evidente sobre as condutas e comportamentos de seu animal de estimação.