Como posso saber se meu gato está doente?

Os gatos são animais muito resistentes, são fortes e especialistas em ocultar sinais de doença, mas como saber quando seu gato está doente? Neste artigo daremos algumas dicas e conselhos para identificar se ele está doente, de forma que você possa levá-lo ao seu veterinário.

O que você precisa saber

Sinais de que meu gato está doente

Para manter o seu amigo peludo sempre saudável, você deverá ser capaz de entender os pequenos sinais de advertência que podem significar que ele está doente. Para isto, é importante interagir com ele para que você saiba bem quais são seus hábitos e rotinas. Por isso, é recomendável manter os gatos em casa para poder controlar suas atividades e para que assim haja menor risco de exposição a doenças.

A ausência de notícias sempre é boa notícia. Se os hábitos de seu gato não variam, você pode ter certeza de que o seu felino está em um bom estado de saúde. Dessa forma, se você notar alguma mudança, por menor que seja, é motivo de preocupação.

Se você notar qualquer mudança da sua atividade, seu apetite, seu peso,  seu comportamento, frequência de uso da sua caixa de areia, tempo de sono, consistência e cheiro das fezes e urina, frequência respiratória, miado diferente ou mudança de cheiro, então será preciso ficar bem atento.

Sinais de advertência que podem significar que seu gato está doente

Sintomas que meu gato está doente

Comer muito no café da manhã: muitos pensam que os gatos que pedem comida constantemente são obesos, mas isso não é necessariamente verdade. Se o seu gato está em uma dieta regular e começa a comer mais ou a comer menos do que o habitual, preste atenção.

O hipertireoidismo e o diabetes felino são frequentemente acompanhados de um excesso de apetite. Se, do contrário, você notar uma diminuição no consumo de alimentos, pode ser por causa de problemas dentais, disfunções renais ou até câncer. Como regra geral, se o seu animal de estimação não tocar nenhum alimento ou beber em 24 horas, você deve levá-lo ao veterinário.

Falta de asseio: caso você não tenha notado, o seu felino gosta de estar limpo. Este tipo de animal de estimação é extremamente limpo. Costumam se limpar antes e depois de comer, antes e depois de dormir e muitas vezes quando os acariciamos. Se você notar que o seu animal de estimação se limpa menos que o normal ou não se limpa de jeito nenhum, pode ser por algum problema de dentes ou por artrites.

Mau hálito: é verdade que um felino jamais terá um hálito fresco, se você notar um hálito muito desagradável, isto pode indicar problemas renais ou doenças dentais. Agora, se você notar um hálito frutal ou doce é um sinal de diabetes.

Atividade anormal na sua caixa de areia:  limpar regularmente a caixa de areia do felino, pode nos dar a oportunidade de controlar a sua saúde. As mudanças na frequência do uso, assim como a cor, cheiro, textura ou quantidade dos resíduos do seu animal de estimação, devem ser notificadas imediatamente ao seu veterinário. Por outro lado, se você notar que está se esforçando muito ao usar a sua caixa, ou urina e defeca fora dela, isto pode significar alguma infecção em vias urinarias ou alguma obstrução das mesmas.

Sons estranhos: se o seu felino “fala” com você mais do que o normal ou de repente se torna muito tranquilo, pode ser por causa de alguma doença. A ansiedade, a pressão arterial alta ou o hipertireoidismo são possíveis motivos de uma mudança de volcalização felina.

Muita ou pouca atividade: os níveis das atividades variam normalmente com relação a idade do felino. Se estas mudanças são muito bruscas, é um sinal de advertência. Se você notar muita atividade em um gato de meia idade pode ser por causa da sua tireoide. Se, por outro lado, o seu animal de estimação se mexe pouco ou não fica estimulado ao brincar ou se aproximar, isto pode indicar artrites ou outras questões.

Mudanças no sono: isto é difícil de identificar pois os gatos dormem muito e nem sempre nós estamos em casa para controlar suas horas de sono, mas se você notar que quando ele costumava estar acordado agora dorme ou passa a noite toda vagando, pode haver uma causa subjacente.

Apego: se o seu felino costuma ser muito dengoso e de repente se afasta ou ao contrário, se é tímido e agora está carinhoso, estes são sinais sutis de alguma possível doença.