Como prevenir a alergia aos animais de estimação

Há muitas pessoas amantes dos animais que adorariam ter um cão ou um gato em casa. Entretanto, não podem porque têm alergia a algum animais. Essas pessoas ficarão felizes em saber que existem métodos para prevenir a alergia aos animais de estimação, além da triste e já conhecida fala… “não tenha um animal que te dá alergia em casa”.


Quase todos os animais com pelo ou pena podem produzir alergias nos seres humanos, mas para que uma pessoa saiba se sofre ou não de alergia a um determinado animal, ela deve compartilhar espaços comuns com esse animal durante tempos prolongados.

Essas alergias podem ter uma origem genética, entretanto, para que a reação alérgica aconteça é necessário conviver com o animal. É por isso que as alergias mais frequentes são as dos animais que convivem com a pessoa, no caso, os animais de estimação.

O que é o que produz a alergia aos animais?

O que causa a alergia?

Embora muita gente acredite que as pessoas são alérgicas ao pelo dos animais, a verdade é que o elemento que produz essa reação são certas proteínas presentes na saliva, na caspa ou na urina do animal.

Essas proteínas se desprendem da pele ou se secam e pulverizam, sendo transmitidas pelo ar em forma de partículas de pó muito pequenas, que vão poluindo pouco a pouco o interior das casas.

Por isso, quanto maior for a permanência no lar do animal, maior será a proporção desses alérgenos e maior será a probabilidade de que entrem em contato com os olhos ou as vias respiratórias dos donos, causando assim uma reação alérgica.

Que sintomas de alergia existem?

Os sintomas de alergia são: rinite (espirros, comichão nasal, muco líquido), que pode estar associada a ou não à conjuntivite (enrubescimento, lacrimejamento, coceira ocular, etc.).

Além disso, a reação alérgica pode provocar asma (espasmo bronquial e dificuldade para respirar, com acessos de tosse, catarro no peito, etc.) causar urticária (coceiras e manchas), angioedemas (inchaços de diversas partes do corpo), dermatite por contato generalizado ou anafilaxia (reações severas com ataque a vários órgãos ou partes do corpo, com pressão arterial ou choque).

O que pode ser feito para prevenir a alergia?

Como prevenir a alergia?

Se uma pessoa deve conviver com um animal ao qual é alérgica, o melhor para prevenir essa alergia é manter o animal fora do quarto.

Só o fato de mantê-lo fora do lugar onde dormimos, ajuda significativamente a reduzir a exposição aos alérgenos e evita, então, a possibilidade de que nosso peludo amigo fique deixando esses alérgenos por aí.

Além disso, é preferível dar banho nos nossos pequenos amigos com sabão ou xampu, pelo menos uma vez por semana para reduzir a quantidade de alérgenos que se distribuem pela casa.

Outra prevenção é escovar o gato ou o cão do lado de fora de casa, para que não fiquem pelos soltos.

Também deve-se lavar o lugar que o animal usa para dormir e limpar sua caixa de areia, ou seus cantos favoritos, já que eles costumam ser os lugares mais comuns de acumulação de alérgenos.

O uso do aspirador não ajuda muito nos problemas de alergias a partículas caseiras, como são o pó, os ácaros, os fungos e a caspa dos animais, já que não extrai o pó da parte de debaixo do tapete.

De fato, o aspirador pode acabar suspendendo essas partículas no ar, caso não tenha um filtro eficiente. Para evitar isso, é melhor limpar sofás e tapeter à vapor, embora esta favorece o crescimento de cogumelos. A melhor solução é ter o chão de madeira ou mosaico, com tapetes que possam ser lavadas.

Uma opção preventiva adequada para reduzir os alérgenos no ambiente são os filtros de ar, porque reduzem as partículas alergênicas suspensas dentro das casas.

Isso ajuda a eliminar alguma quantidade da caspa do gato, embora devam ser usadas outras medidas preventivas, como pode ser a troca da roupa de cama com frequência.

Você terá que ter em conta que as partículas animais podem persistir até um ano depois de que o animal tenha abandonado o lugar, por isso, enquanto o animal viver em casa, o risco alergênico é muito grande.