Como relaxar um cachorro

Sim, cães também se sentem estressados, sofrem dos nervos e precisam relaxar. Deixando de lado questões tais como fatores genéticos, que exigirão um tratamento veterinário específico, os animais de estimação, como os seres humanos, são emocionalmente afetados por questões da vida cotidiana. Existem, porém, técnicas que relaxam e devolvem a harmonia ao nosso querido animal. Carícias, massagens e passeios, podem ser soluções simples, baratas e eficazes.

Por que meu cachorro está estressado?

Causas de estresse nos cachorros?

Existem várias situações que podem alterar o emocional de um animal.

– Barulhos causados por tempestades ou fogos de artifício e outros decorrentes de certas festividades

– Mudanças

– Alojamento temporário de cachorros ou hotéis quando a família sai de férias

– A chegada de um bebê em casa

– A chegada de outro animal de estimação em casa

– A fase da gestação canina

Note também que se você está estressado ou nervoso, o seu cachorro pode “pegar” isso de você.

Ainda que você não grite ou manifeste outras reações agressivas, lembre-se que os animais são muito sensíveis e têm a capacidade de detectar estes estados e serem afetados por eles.

Dicas para relaxar um cachorro

Passaremos a você algumas dicas que servem para que ele, e também você, relaxe e faça uma pausa da rotina sempre tão acelerada.

– Fale com uma voz suave e carinhosa enquanto você o acaricia.

– Sente-se com seu animal de estimação em algum lugar tranquilo da casa e lhe faça uma massagem. Comece suavemente pela cabeça, suas orelhas e pescoço. Siga para a espinha e, não se esqueça, você também deve massagear as pernas. Com estas práticas, você devolverá, pelo menos em parte, o mesmo contato físico que ele teria na natureza com seus pares.

– Saia para andar com ele. Mas ande bastante. A ideia não é apenas que ele faça as suas necessidades e retorne. É percorrer ruas tranquilas e com pouco tráfego. E caminhe lentamente. O objetivo é aproveitar o passeio e relaxar um pouco.

– Leve-o para um parque onde você possa soltá-lo da coleira e deixá-lo livre para correr e brincar. Passem a desfrutar, juntos, de um pouco mais de ar fresco e do verde. E se ele se cansar, depois de tanta atividade física, ele irá dormir mais relaxado e acordará renovado. E talvez você também.

Passeios tranquilos

– Se você vive perto de um rio ou do mar, leve-o para nadar. Os cães geralmente adoram água e lembre-se que ela é relaxante. Nos últimos tempos, surgiram piscinas para animais de estimação. Se seu orçamento permite, pode ser uma opção a considerar.

– Relaxe também com músicas. Ouvir músicas relaxantes, principalmente as clássicas, também ajudará o relaxamento de seu cão.

– Tente não o confundir com atitudes contraditórias. Coloque-se de acordo com os membros da família, para que então todos emitam o mesmo tipo de sinais para com o cachorro.

É óbvio que o ideal seria ser capaz de se antecipar e procurar formas de evitar ou atenuar o estresse, a ansiedade ou o nervosismo. Mas nem sempre é possível.

Para eventos específicos, tais como o ruído pelo uso de fogos de artifício em certas festividades, você pode administrar gotas sedativas. Consulte seu veterinário sobre a dose adequada.

Mas outras questões exigirão paciência e muito amor. Porque tal como acontece com as pessoas, não esconda o sintoma, mas tente encontrar sua causa para que as coisas possam ser resolvidas rapidamente.

Se os problemas persistirem, você terá que recorrer a um veterinário para evitar as más consequências de saúde do seu animal de estimação a longo prazo.

Pode ser necessário um profissional de massagem para aplicá-las. Existem clínicas especializadas no assunto. Outros tratamentos possíveis podem ser encontrados na homeopatia, nas essências florais de Bach ou na aromaterapia.

Existem remédios homeopáticos que são eficazes e sem efeitos colaterais, não produzem habituação ou vício.

Também são úteis coleiras e os difusores de feromônios. Verificou-se que essas substâncias, que as cadelas liberam quando amamentam os seus filhotes, têm efeito calmante nos cães.

Talvez você deva combinar diferentes tratamentos que tranquilizem o seu cachorro. Mas lembre-se que o elemento fundamental será sempre uma palavra de afeição e um carinho.