Conheça algumas das habilidades dos cães

São muitos os detalhes ou habilidades caninas que o seu animal de estimação pode ter. Um deles é tentar fugir com todas as forças ao sair para passear na rua. Isso pode acontecer porque o animal ficou o dia todo preso em casa.

Para que o seu amigo peludo não tente fugir toda vez que for passear, você deve sair com ele  para caminhar diariamente e a passos rápidos por no mínimo 1 hora.

Habilidades caninas: ensinando a dar a pata

Cachorro surdo

Para fazer com que seu animal de estimação dê a pata ao menor sinal seu, você pode começar oferecendo uma recompensa, deixando que ele cheire seu punho. Parabenize qualquer movimento da pata e espere até que ele toque sua mão com ela. Quando o cão aprender que deve tocar a sua mão com a pata para ganhar o prêmio, afaste-a do solo pouco a pouco a cada tentativa.

Exercite as habilidades do seu cão, levantando cada vez mais a mão. Nas sessões seguintes, inclua um sinal com a mão ou uma ordem verbal. Pratique também em outros lugares e em posições diferentes.

O treinamento

Uma boa dose de treinamento é essencial para desenvolver as habilidades caninas. Você deve conciliar uma boa quantidade de exercícios com atividades de habilidade, coordenação, equilíbrio, autocontrole e concentração dos cães, não importa a raça, idade, tamanho ou constituição física. Muitos dos movimentos provêm de outras disciplinas.

Com o desenvolvimento dessas habilidades nos animais, além de prevenir o tédio e servir como exercício mental, também estaremos melhorando a comunicação com o cão e fortalecendo nosso vínculo com ele, algo essencial antes de exigirmos obediência.

Adestramento para todos os cães

Esses exercícios de habilidades caninas podem ser feitos com qualquer cão, sem limite de idade ou tamanho. Você pode treiná-lo em qualquer lugar, seja dentro ou fora de casa. É uma atividade perfeita para toda a família, inclusive para as crianças da casa.

Alguns poucos minutos por dia bastam para treinar e desenvolver essas habilidades. O mais importante é que você consiga se divertir e interagir cada vez mais com o seu cão e ter momentos agradáveis ao seu lado, fortalecendo a confiança entre vocês dois.

Muitas opções ou habilidades

A imaginação não tem limites na hora de pensar em truques que o seu cão pode aprender, mas alguns são mais comuns e fáceis de aprender, como:

  • Sentar quando o dono ordenar.
  • Deitar ao ouvir uma determinada palavra.
  • Andar sem puxar a coleira, tornando o passeio mais agradável para o dono.
  • Latir e se calar quando o dono der a ordem.
  • Pegar objetos e levá-los ao seu dono.
  • Seguir um rastro.
  • Não cruzar limites físicos sem a permissão do dono.
  • Habilidades graciosas.
  • Recordar coisas. Os cães podem se lembrar de coisas e utilizar a memória em algumas situações novas.
  • Reconhecer pessoas. Quando o vínculo já foi criado e fortalecido, o cão reagirá sempre da mesma forma ao ver uma pessoa, principalmente se a associar a um estímulo positivo.
  • Cores. Embora os cães tenham uma visão monocromática, enxergam em uma escala de cinza que os permite distinguir tudo ao redor.
  • A linguagem corporal dos cachorros pode ser gestual. Eles utilizam orelhas, cauda, postura, dilatação das pupilas etc. São muitos os gestos e, com muita atenção, entenderemos muito do que querem nos dizer.

Habilidades com o olfato

 

focinho seco nos cães

Está mais do que provado que os cães têm uma capacidade olfativa que supera em cem vezes a dos humanos. A habilidade desses animais para localizar e separar odores é muito superior à dos humanos.

Um cão privado de utilizar o seu olfato durante os passeios tem uma probabilidade maior de acabar interagindo de forma indesejável com outros cães que cruzam seu caminho. Ele pode acabar avançando ou se soltando da coleira por puro nervosismo.

Ao invés de proibir que nosso amigo cheire coisas, pessoas etc., deveríamos permitir e fomentar esse comportamento (sem incomodar outras pessoas). Dessa forma, aproveitamos ao máximo uma das grandes capacidades do cão: o olfato.