Conheça o gato de Bengala ou gato Bengal

Gato Bengal

Um leopardo em miniatura, só que dócil, sociável e brincalhão: assim é o gato de Bengala. Estes magníficos animais nos encantam por sua beleza selvagem, sua grande inteligência e sua forte personalidade.

Esbeltos, elegantes e atléticos, são bichanos que pedem e dão carinho por igual.

Convivem bem com outros animais e, ainda que se adaptem a todos os tipos de ambientes, o ideal é que eles tenham um espaço ao ar livre onde possam se exercitar.

Como surgiu a raça

Gato dentro de caixa

O Bengal originou-se em Elos, nos Estados Unidos, na década de 1960, como resultado do cruzamento entre felinos domésticos com gatos leopardos asiáticos (Felis Bengalensis), aproveitando uma genética compatível com estes animais selvagens.

O resultado foi o surgimento de um bichano com a aparência dos felinos silvestres da Ásia, mas com a forma de um gato doméstico.

Para os primeiros cruzamentos, foram utilizadas raças como Ocicat, Abissínio, BombayPelo curto inglês e, principalmente, o Mau Egípcio, devido a sua menor quantidade de genes recessivos.

Nos últimos anos, conseguiu-se uma grande qualidade estética nos padrões, design e nas manchas do gato de Bengala. Por esse motivo, já não foi mais necessário o cruzamento o com Felis Bengalensis.

Características físicas do gato de Bengala

Contaremos a você os principais traços físicos destes bichanos:

  • Tamanho: De médio a grande. As fêmeas pesam entre 3kg e 5kg. Os machos podem chegar até os 9kg.
  • Cabeça: Mais longa do que larga, de aspecto arredondando e de tamanho ligeiramente pequeno em relação ao corpo. Com uma mancha negra que forma uma letra M.
  • Mandíbulas: Fortes e largas.
  • Orelhas: De tamanho pequeno a médio, de forma curta e larga e com as pontas arredondadas.
  • Olhos: Grandes e ovalados, às vezes amendoados. Bem separados entre si. De cor amarela-esverdeada e, menos frequentemente, azuis.
  • Nariz: Largo e longo, de cor tijolo e circundado por uma linha negra.
  • Pescoço: Grosso e musculoso. É grande comparado com a cabeça e longo em relação ao corpo.
  • Ombros: Musculosos e elásticos, o que confere ao gato uma aparência de predador ao andar.
  • Corpo: Longo, maciço, forte. Muito musculoso.
  • Patas: De ossos grossos e fortes, muito musculosas e de comprimento médio. As traseiras são mais longas do que as dianteiras e possuem uma força especial que lhes permite saltar como se fossem Gazelas.
  • Pés:  Grandes, redondos e com almofadinhas sempre negras.
  • Cauda: Grossa, de longitude média; diminui progressivamente para a ponta, que é arredondada e sempre negra.
  • Pelagem: Curta, densa, abundante e de textura particularmente suave. A cor de base pode ser em tons amarelos, bege, acinzentada, dourada ou laranja. As manchas são negras ou marrons ou com vários tons de chocolate ou canela. O ventre é de cor pálida, com manchas escuras, igual ao seu peito e entrepernas.

Como cuidar de um gato de Bengala

Gato em árvore

Da mesma forma que outros gatos de pelo curto, o gato Bengal não precisa de cuidados especiais e bastará o asseio pessoal para que sua pelagem se mantenha em boas condições.

Ainda assim, é importante escová-lo de vez em quando, principalmente para evitar que se acumulem pelos mortos.

Certamente, você deverá limpar seus ouvidos com frequência, já que eles produzem uma maior quantidade de cera que outros gatos. Também é normal que tenham em seu queixo, secreções de gordura escura.

São animais que não apresentam grandes inconvenientes de saúde. De qualquer forma, não se esqueça de levá-los ao veterinário para controles periódicos, desparasitação e para manter a caderneta de vacinação sempre em dia.

Muito raramente, eles podem apresentar quadros de instabilidade emocional ou de agressividade, por causa de seus genes primários mais selvagens.

Outras características do gato Bengal

Curiosos e ativos, não temem se molhar e, inclusive, alguns se banham caso apresente-se uma oportunidade. Outros se contentam em se molhar em bebedouros. Este peculiar costume provém dos Felis Bengalensis – uma das raças que lhes deu origem –, que são grandes nadadores e pescadores e vivem às margens dos rios.

Além disso, estes lindos animais, às vezes, podem nos lembrar os cães:

  • Aprendem truques;
  • Acostumam-se a passear com coleira;
  • Procuram você por toda a casa pedindo sua atenção;
  • Esperam você atrás da porta quando você está por chegar;
  • Trazem à você os objetos que você joga.

Se você está disposto a enfrentar o desafio, escolha um gato Bengal como animal de estimação. Certamente, você não irá se arrepender.