Conheça os sinais corporais do seu gato

Os gatos tentam se comunicar com seus donos através de sinais corporais. Por exemplo, observar a posição do rabo é uma forma de decifrar como o bichano está se sentindo. Se o rabo estiver para cima, ele está demonstrando felicidade, alegria. No entanto, caso o rabo esteja para baixo, isso pode indicar que o animal tem medo ou se sente ameaçado. Todavia, se o gato ficar movendo seu rabo rapidamente para frente e para trás é um sinal de que está agitado.

Portanto, é melhor deixá-lo sozinho. Se o rabo do gatinho estiver na posição vertical, mas sem rigidez, é uma clara sinalização de que se sente ameaçado. E quando essa dica é combinada com as costas arqueadas e as garras em posição de ataque, é melhor dar um passo atrás. Decididamente, ele está com raiva. A seguir apresentamos um pequeno guia sobre como “ler” os sinais corporais de seu animal.

Movimento das orelhas e dos olhos

sinaiscorporais2

Muitas vezes um gato pode usar várias formas de linguagem corporal para mostrar seus sentimentos. Pode ser difícil de acreditar, mas as orelhas dos gatinhos contém mais de duas dezenas de músculos, o que lhes permite girá-las de muitas formas diferentes.

As orelhas de um gato e seu rabo são partes vitais de sua linguagem corporal e a interpretação adequada é capaz de ajudar a entender melhor seu estado de ânimo e, em alguns casos, até a mantê-los a salvo de situações perigosas, que podem causar machucados.

Gaste algum tempo para entender suas formas de comunicação e poderá decifrar melhor seu estado de espírito e suas necessidades. Nesse campo, outra boa maneira de saber como seu gato está se sentindo é prestar atenção na posição de suas orelhas. Por exemplo, orelhas para frente significam que o gato pode querer brincar.

Quando as orelhas estão para cima, no entanto, é sinal de que ele está alerta. Se as orelhas se viraram, ele pode estar se sentindo irritado ou estimulado demais. Então, é melhor deixá-lo sozinho.

Caso as orelhas tenham sido movidas para os lados ou para trás, é uma indicação de que o gato se sente ansioso ou nervoso. Tenha cuidado se o bichano está com as orelhas nessa posição.

Orelhas para trás e niveladas contra a cabeça sinalizam que o gato está com medo e se encontra em posição de defesa. Orelhas niveladas contra a cabeça também podem indicar um gato irritado ou agressivo.

Os olhos dos gatos são charmosos e fascinantes. Eles podem oferecer todo o tipo de pistas sobre como se sentem em relação ao mundo que está em torno dele. As pupilas dilatadas são sinal de um gato surpreendido, assustado ou estimulado. O piscar de olhos lento indica que seu animal de estimação se sente seguro, cômodo e confia em você. Os olhos semicerrados indicam um gato relaxado e confiante.

Miados…

sinaiscorporais3

Os gatos podem usar seus miados para manipular as pessoas com a finalidade de obter a satisfação de suas necessidades. O miado de um gato é um dispositivo para chamar atenção, expressar cumprimentos, aprovação ou fazer pedido de alimentos.

Aprender as tonalidades do vocabulário de um gato é importante para que você possa identificar as diferenças entre uma súplica, uma encenação e um grito urgente de ajuda. Não é tão fácil quanto se pensa. Por exemplo, quando um gato está ronronando, geralmente, isso indica alegria, porém, também pode ser uma busca por comodidade quando está se recuperando de uma doença.

O ronronar agudo indica bondade, enquanto os assovios são avisos para que fique afastado, ao menos até que o gato se acalme.

O miado é um som muito forte, especialmente entre os machos que não foram castrados, sobretudo, o som especial que você pode escutar quando eles se sentem ameaçados por outros gatos. A forte intensidade desse som também é comum naqueles gatos que são surdos.

Por outro lado, um gato muito frustrado por alguma questão se foca no objeto de sua frustração e tentará chegar até ele. Todos os seus sentidos estarão em sintonia com seu objetivo: olhos bem abertos, pupilas dilatadas, orelhas para frente e eriçadas, bigodes abertos e apontando para cima.

Os gatos não podem manter essa tensão por tempo indeterminado. Acabam por dar-se por vencidos e resignam-se aceitando a frustração. Em casos crônicos, chegam a entrar em estado de depressão. Isto pode ser erroneamente interpretado como calma. Assim, em caso de dúvida, busque ajuda e leve seu animal a um veterinário.