Conheça os Terriers mais populares

Os Terriers são, possivelmente, uma das famílias mais extensas dentro do mundo canino. Provenientes da Inglaterra e de ilhas de descendência inglesa, caracterizam-se por serem vivazes, ativos e muito entusiastas.

Apesar de terem tido sua origem na caça de animais ou nas lutas, são hoje uma das famílias favoritas no momento que alguém opta por adotar um novo animal de estimação. Vejamos alguns dos Terriers mais populares.

Bull Terrier

Iniciamos esta lista com um dos membros mais poderosos da família dos Terriers. O Bull Terrier é dono de um focinho único, que é sua característica mais reconhecida.

Há quem diga que a cabeça do Bull Terrier e seus olhos pequenos e triangulares lembrem os tubarões. São cães muito energéticos, protetores e divertidos.

Sua postura, além de ter o peito expandido e as cadeiras pequenas, dão-lhe uma aparência sempre alerta, que resulta atraente e encantadora.

O dono de um Bull Terrier deverá ser uma pessoa muito ativa, pois a raça exige isso. Dizem que eles são agressivos, mas isso não é verdade.

O Bull Terrier não é uma raça muito dominante, mas devido a práticas inadequadas que algumas pessoas lhe deram (como os treinar para brigar), eles têm adquirido uma má reputação.

 O Terrier Escocês

Terrier Escocês

Também conhecido como Aberdeen Terrier ou popularmente, Scottie. É um cão proveniente da Escócia. Igual a maioria dos Terrier, ele foi desenvolvido para a caça, portanto é valente, vivaz, rápido e ágil.

Este cão é um verdadeiro cavador, é que em suas origens, ele foi criado para ajudar à caça de texugos, desenvolvendo, em especial, uma cauda muito forte para que os seus donos pudessem pegar nelas para puxá-los dos buracos.

Caracteriza-se por ser um cão muito carinhoso com seus donos, ainda que se mostrará distante e reservado com estranhos, além disso, é independente, com muita confiança em si mesmo e se manterá sempre alerta, latindo só quando se faça necessário.

No entanto, como tem um forte instinto caçador, deverão ser socializados desde filhotes.

Fox Terrier

Brincalhões, alegres, ativos e elegantes, assim são os Fox Terrier. Desenvolvidos para tirarem as raposas de suas tocas, os Fox Terrier são excelentes para se ter em uma casa térrea, pois gozam de um bom tamanho, ainda que o excesso de energia possa causar alguns problemas de comportamento se ele não seja exercitado da maneira mais adequada.

Seu forte instinto de caça é algo que se deve considerar no momento de educá-lo, caso contrário, ele tenderá a perseguir animais, como gatos, ou escavar o jardim se ele se sentir entediado.

Apesar disso, são cães muito fiéis a seu dono, valentes, vigilantes, carinhosos e atentos.

Jack Russell Terrier

No Jack Russell você encontrará toda a força e vitalidade de um cão grande, mas em um tamanho compacto.

Trabalhadores, energéticos e alegres, esta raça se mantém sempre alerta, é um dos mais independentes dentro dos Terrier, o que o faz perfeito para pessoas que passam muitas horas fora de casa.

No entanto, não confie tanto nisto, seja como for, ele precisará de treinamento.

Igual aos Fox Terrier, ele foi desenvolvido para ajudar na caça de raposas, portanto é um animal muito veloz (requisito fundamental para poder perseguir toda a diversidade de animais de caça), de maneira que ele precisa se exercitar e brincar para não se entediar.

Pit Bull Terrier Americano

Cachorros da raça Pit Bull

Os Pit Bull Terrier são cães muito cheios de energia e grandes atletas, no passado, eles eram criados para brigas, o que lhe gerou uma má reputação (igual aos Pit Bulls em geral).

No entanto, são excelentes cães de companhia e, quando socializados de maneira adequada, são bons cães para a família.

São menores que os outros Pit Bulls, ainda que conservem uma musculatura forte e atlética, o que os faz bons para os esportes.

Além disto, são cães muito dispostos a comprazer o dono, inteligentes e muito leais. Estes cães precisam de uma grande quantidade de exercícios para queimar toda a energia que têm.

No entanto, devido à má reputação da raça, sua criação é regulada e, inclusive, proibida em alguns países e regiões.

Na Espanha, por exemplo, exige-se uma licença que inclui um seguro de responsabilidade civil a terceiros. Apesar disso, são cães muito brincalhões e sociáveis, dotados de um caráter amável e uma inteligência aguçada.