Conselhos para educar gatos

Gatos são solitários, independentes e acostumados a viver sem a ajuda de outros animais, para eles, viver em uma casa com regras é muito difícil. Mas os gatos têm boa capacidade de aprendizagem, o complicado para eles é aprender o que os seus donos querem, e não o que interessa aos gatos aprender. 

Os gatos não conseguem aprender muitos truques ou serem dependentes de seus donos, assim como os cães, mas pode-se educá-los para uma boa convivência. Aqui vão alguns conselhos do Meus Animais para educar seus gatinhos.

Prêmios

educar gatos

Gatos aprendem melhor através de estímulos positivos do que de estímulos negativos.

É importante recompensá-los quando eles fizerem algo que gostamos, como quando usarem suas caixas de areia adequadamente ou virem ao serem chamados.

No entanto, não é qualquer prêmio. Os gatos são animais gourmet e não confiam demais em carícias ou carinhos.

É melhor dar-lhes um prêmio especial, como um pedaço de frango ou atum. Em geral, é melhor falar com os gatos suavemente e evitar ruídos repentinos.

Punição para educar gatos

Embora seja melhor usar sempre o reforço positivo, deve-se repreendê-los quando fizerem algo que não deveriam, como subir na mesa da cozinha ou arranhar as unhas no sofá.

Quando eles fizerem algo errado, você deve repreendê-los sempre da mesma forma, e com a mesma expressão verbal (a mais fácil é “NÃO!”).

Se for punir um gato o é melhor não bater, mas sim usar a voz ou as bater palmas para chamar a atenção dele.

No entanto, seria aconselhável não deixar o gato relacionar a punição com o dono, porque o gato passará a se mostrar desconfiado em relação a ele; por isso é melhor usar um spray de água ou algum tipo de ruído para que o gato não saiba de onde vem, e que a punição se relaciona com um lugar e não o proprietário.

Por exemplo, se a cada vez que ele arranhar o sofá, receber um spray de água sem saber de onde vem, o gato vai pensar que o sofá não gosta de ser arranhado e vai deixá-lo em paz.

O mesmo vai acontecer se, em vez de água, você usar um ruído desagradável.

Uso da caixa de areia

É essencial para o gato que vive em uma casa o uso da caixa para fazer suas necessidades.

Para que o gato use a caixa de areia, o melhor é colocar em um lugar tranquilo, sem barulho, de preferência que não seja no banheiro, e de fácil acesso.

A caixa deve ser confortável, melhor aberta do que fechada e com uma areia sem cheiro, que não levante muita poeira e que o gato goste.

Quanto mais cômoda for para ele, mais fácil de ser usada. A caixa deve ser limpa regularmente: retire as fezes diariamente e troque a areia uma vez ou duas vezes por semana, dependendo da quantidade de urina.

Para que gato aprenda para que serve a caixa, ele deve ser levado à caixa logo após cada refeição.

Não puna o gato se ele se aliviar, por acidente, fora do local, mas recompense-o a cada vez que ele usar a caixa corretamente.

Assim, depois de um tempo, ele vai começar a usá-la sozinho.

Não arranhar e nem morder

gato-brincando

Os gatos podem usar as unhas e os dentes de forma agressiva para atacar. Para isso, eles precisam de unhas afiadas regularmente e demarcar território, e ele não faz distinções entre o sofá, a mesa e os outros móveis.

Para evitar isso, você pode colocar obstáculos para impedir que o gato estrague os móveis, cobri-los com capas, ou pulverizá-los com feromônios felinos que fazem o gato considerá-los como território de outro.

E claro, colocar um arranhador como alternativa, um local onde ele possa afiar as unhas sem receber um spray de água.

E se você der a ele um prêmio a cada vez que ele usar o arranhador, ele vai aprender mais rápido.

Para evitar que eles usem suas garras ou dentes nas pessoas, você deve ignorá-los completamente a cada vez que eles usarem suas garras ou dentes para brincar com alguém.

Ele vai entender que, quando ele fica agressivo, a brincadeira acaba. Também é conveniente usar brinquedos ou outros objetos para que eles gastem sua energia em outras coisas.

Limpeza

Educar seu gato para o banho

É conveniente incutir hábitos de limpeza nos gatos já a partir das primeiras semanas, como a escovação, o banho, e o corte das unhas… Se você não ensinar nas primeiras semanas, quando ele ficar adulto não será possível dar banho nele.

Alimentação

Os gatos são caçadores de animais, então a partir do momento em que começam a comer alimentos sólidos, eles devem se acostumar com a ração.

Caso contrário, ele vai adquirir o hábito de comer presas caçadas por ele mesmo e irá levar as presas mortas para casa.

Evitando acidentes

Os gatos têm uma agilidade e elasticidade surpreendentes para esgueirar-se em qualquer lugar, assim ele pode causar acidentes se entrar no forno, subir na pia da cozinha ou morder um cabo de energia.

Para evitar isso, é melhor para assustá-lo com o habitual tiro de água ou colocar papel alumínio, ou algo que emita ruído, para evitar que ele escale.

As andanças dos gatos podem fazer com que eles adquiram doenças infecciosas ou parasitárias, ou ainda que sofram algum acidente na rua.

Pode-se colocar barreiras físicas ou algo que lhes dê medo, para evitar que saiam. Esses são nossos melhores conselhos para educar gatos.