Conselhos para que o seu gato fique em segurança dentro de casa

Na hora de garantir que o seu gato fique em segurança em casa, você tem que conhecer os perigos que ele pode passar e tentar eliminá-los para não ter que lamentar uma situação desagradável.

Se você não é capaz de eliminar os lugares suscetíveis de serem perigosos, tem que evitar, no mínimo, que ele se aproxime deles.

Cuidados parecidos aos dedicados às crianças para que o seu gato fique em segurança dentro de casa

gatos-e-donos

Ter animais de estimação em casa é a mesma coisa que ter crianças pequenas. Da mesma maneira que você cuidaria de crianças, é assim que você deve cuidar dos seus gatos ou outro tipo de animais, para evitar acidentes.

Os gatos têm um caráter muito ativo e dinâmico, curioso e travesso. Tratam de descobrir tudo e não sabem os perigos a que se expõem. Nós, os proprietários, é que devemos protegê-los dos acidentes domésticos.

Lugares perigosos que impedem que o gato fique em segurança dentro de casa

Se existe algum espaço perigoso em casa, de onde não queremos que nosso gato se aproxime, o mais eficaz é fechar a porta.

Além disso, devemos colocar os produtos químicos fora do alcance, para evitar a curiosidade deles em cheirar e experimentar tudo. Assim, eliminamos a possibilidade de ingerirem alguma substância que poderia ser muito perigosa para a sua saúde.

A cozinha pode ser um espaço muito perigoso para o seu pequeno felino. Eles não medem as consequências dos seus atos e querem andar por todos os lados. Na cozinha, poderiam se queimar ou se ferir com fogo, instrumentos de corte, etc.

Se for imprescindível que seu gato fique na cozinha, você deve vigiá-lo continuamente para poder remediar as possíveis travessuras que ele possa fazer.

As janelas

É preciso fechar as janelas de casa para que o seu gato fique seguro, pois é um lugar potencialmente muito perigoso. Os casos de felinos que caem de uma janela alta de casa são bem conhecidos. Ainda que se diga que os gatos caem em uma boa posição, a realidade demonstrou que os bichanos podem se machucar. De qualquer modo, o melhor é proteger e cuidar do animal.

Os fios e outros produtos, um perigo para o gato em casa

Não se pode deixar cabos elétricos ao alcance dos gatos.  Eles poderiam ser ideais para ele morder e brincar, o que ocasionaria um grave perigo e um possível acidente grave, colocando em risco a vida do animal.

Esses cabos devem estar presos à parede ou mantidos embutidos nela, fora do alcance do gato.

As pequenas embalagens, sacolas e outros elementos de plástico poderiam chegar a asfixiar o animal, entre uma brincadeira ou outra.

Não se pode deixar coisas jogadas no chão. Como observamos, a curiosidade do gato fará com que ele busque saber o que é, colocando-se em risco.

Embora seja correto o fato de que os gatos podem se entreter brincando com quase qualquer coisa, nem todo objeto que não é um brinquedo adequado é seguro para eles.

Antes de dar um determinado objeto para o gato para que ele se divirta, o mais apropriado é ir a um Pet Shop e comprar brinquedos especiais, seguros e não tóxicos.

As plantas também são um importante fator de risco para os nossos animais de estimação, dentre outras coisas, porque muitas delas são venenosas.

Alguns eletrodomésticos, como é o caso das máquinas de lavar roupa, das secadoras de roupa e máquinas de lavar louça, sempre terão que ficar com a porta fechada. O gato é um bebê e terá a tendência a entrar nos buracos e aberturas.

As cortinas também são um objeto que apresentam um risco. O gato costuma achar que as cortinas estão ali para ele subir nelas. Porém, as cortinas não suportarão o peso dele, não estão preparadas para isso.

Além disso, os pequenos objetos são muito chamativos para os gatos, esse é o caso dos anéis, objetos de valor, pequenas joias, etc.

gatos-y-plantas-toxicas-2

Os armários

Como vimos, da mesma forma que faríamos com crianças pequenas, não se pode deixar nunca os armários abertos ao alcance dos gatos, sobretudo, se contêm coisas perigosas para o animal, como eletrodomésticos, produtos de limpeza, produtos químicos, etc. É preciso ter o cuidado de sempre fechar muito bem os armários e gavetas.

Os brinquedos proibidos para o gato

Um exemplo disso é o clássico novelo de lã. O risco existente neste “brinquedo” felino, é que a lã tende a se desfiar, podendo ser ingerida pelo felino, causando feridas nos dentes e no estômago dele.

Além disso, é importante que os brinquedos que utilizamos não tenham pintura em seu exterior.