Conselhos para que o seu gato não danifique os seus móveis

Os gatos são uns amores, mas, às vezes, costumam ter atitudes que podem chegar a nos enlouquecer; te daremos alguns conselhos para que o seu gato não danifique os seus móveis e se esqueça desse hábito horrível.

Entretanto, não vá achando que o seu gato age assim para incomodar você, essas situações vão além de uma simples fixação felina, e parte da correção do problema é entender por que está acontecendo.

Uma questão de instinto

Em um ambiente natural, e isso se observa nos gatos “asselvajados” (que vivem em áreas semi-silvestres e passam muito tempo ao ar-livre), os gatos aranham os troncos das árvores e o solo. Eles fazem isso principalmente nos lugares em que se sentem mais vulneráveis, ou quando detectam a presença de um invasor.

Antes de atacar o problema da destruição, para que o seu gato não danifique os seus móveis, você deve entender o que seu felino é, possivelmente, um dos animais domésticos mais territoriais que existem, e essas marcas são uma forma de deixar sinais a outros gatos de que esse território pertence a eles.

Eles marcam o seu território pois, ao fazerem isso, deixam o seu cheiro, assim como os seus sinais físicos, além disso, o som que eles produzem ao realizar essa ação também pode ter uma função de comunicação.

Isso faz com que assim que outros gatos entrem no seu território, saibam qual é o seu tamanho, gênero e em qual fase do ciclo de cio ele se encontra. É principalmente importante nas gatas, pois são elas que saem para buscar os machos nos seus territórios.

Mulher com gato e cachorro

Os gatos também usam as superfícies para afiar as suas garras, pois isso os ajuda a retirar as camadas exteriores desgastadas e renová-las quando a novas se encontram prontas.

Superfícies que eles preferem arranhar

Varia muito de acordo com as experiências táteis que o gato já teve. Por exemplo, a esmagadora maioria parece preferir as áreas enrugadas, em especial, quando são elementos recentemente incorporados à casa, pois o felino irá se sentir tentado a renovar o seu território.

Por outro lado, alguns gatos preferem arranhar as superfícies planas, como as almofadas, por isso, para esse tipo de bichinho, o ideal é adquirir um arranhador horizontal.

No mercado você irá encontrar uma ampla variedade de brinquedos e acessórios que poderão te ajudar com esse problema, inclusive algumas estruturas que permitem que ele trepe e se esconda, escolha preferencialmente aquelas que possuem diversos níveis e texturas.

O que você fazer para que o gato não danifique o móvel

Você pode melhorar a sensação de propriedade do seu bicho de estimação dentro de casa, esfregando suavemente, com um pano úmido, toda a região do rosto dele, pois isso te ajudará a coletar os seu aromas próprios, para depois aplicá-los no lugar que você deseja que ele arranhe.

Nunca castigue o seu gato por arranhar os móveis. Se você o pegar em flagrante, o mais apropriado é distraí-lo com um brinquedo, ou emitir um barulho alto, como bater palmas. O ideal é conseguir alguma coisa que se movimente, como um brinquedo amarrado em uma corda, para distrair a sua atenção e estimulá-lo a perseguir.

Arranhador para gatos

E quanto ao seu sofá, recorte as bordas irregulares e limpe-o com um pano úmido para eliminar o cheiro que o seu gato tenha deixado para trás. Isso fará com que ele compreenda que não o pertence e, lentamente, irá parar de arranhar essas regiões.

Uma coisa que aconselhamos é cobrir o sofá com algum protetor, mas isso só protegerá a região e não tratará do problema a fundo, nem irá evitar que o seu gato pare de danificar o móvel.

Se o seu gato arranha os seus móveis, é preciso proporcionar uma alternativa de arranhador para que ele possa marcar o interior da sua casa. Procure alguma coisa que seja robusta, como um poste coberto por um tecido ou um poste arranhador que seja suficientemente alto para permitir que o felino fique em pé se sustentando com as patas traseiras.

Caso ele continue arranhando de maneira compulsiva, o melhor a se fazer é buscar apoio, porque ele pode estar estressado ou entediado. Então, distraia o seu gato, para que ele não danifique os móveis e tente oferecer-lhe uma vida feliz para evitar problemas extras com os felinos.