Contamos pra você como os gatos marcam o seu território

Os gatos são animais fascinantes, mas existem algumas coisas e curiosidades que talvez você não saiba e que são importantes de serem informadas, especialmente para que você possa entender melhor o comportamento do seu gato e possa atender as suas necessidades.

Uma dessas coisas tem a ver com a territorialidade dos felinos, então prepare-se porque vamos contar como os gatos marcam seu território.

Em geral, os gatos são animais muito territoriais, embora isso possa variar em grande medida dependendo da raça. Eles usam diferentes formas para que os outros gatos entendam que determinado espaço ou objeto lhes pertence.
Os gatos usam basicamente três formas para marcar seu território. Aprenda a identificá-las, para saber como lutar com situações como as marcações ou o que significam suas aproximações afetuosas.

Glándulas adanais

As glândulas dos gatos

A maneira mais comum de marcação dos gatos é através da urina. Mas isso é quase exclusivo dos gatos machos, e em geral, acontece quando tem uma gata no cio por perto.

As marcações são feitas com pequenas quantidades de urina impregnada pelo óleo produzido em suas glândulas adanais, que se esvaziam quando o gato libera a urina e indicam que o animal está disposto a se reproduzir.

Os gatos deixam estas mensagens nas superfícies por onde a gata pode passar, então isso é feito também dentro de sua casa, pois a gata se encontra dentro do seu território.

Existem feromônios artificiais que são usados para aplicar sobre as superfícies que você não quer que o gato urine, mas esse problema é enormemente reduzido se os gatos forem castrados.

Outros motivos pelos quais os gatos realizam a marcação é quando eles são surpreendidos ou se assustam com alguma coisa, quando estão sob condição de muito estresse, depois de uma mudança (porque devem delimitar um novo território), ou por conta da chegada de um novo felino ou outro animal ao seu lar.

Feromônios

Da mesma maneira que com as glândulas adanais, os gatos produzem feromônios  que se misturam com a sua urina para fazer a marcação. Eles também usam um óleo que é produzido perto da pele e é secretado através dos poros para delimitar os objetos que eles consideram como seus.

Então, normalmente, eles esfregam seu corpo contra determinados objetos ou pessoas, especialmente se essas pessoas compartilharem o seu território.

Portanto, o que normalmente tomamos como uma forma do gato de nos demonstrar seu afeto, corresponde realmente a uma atitude dominante sobre nós. Mas não se preocupe, isso é absolutamente normal.

Você vai se surpreender ao saber que os gatos fazem isso, inclusive com outros animais, por exemplo com os cães. As glândulas encarregadas de produzir esse óleo encontram-se disseminadas por todo o seu corpo, incluindo as almofadas das patas, cauda e cabeça.

Arranhões

Gatos marcam território através de arranhões

Uma coisa que pode chegar a incomodar muito os donos de gatos é encontrar seus móveis e objetos destruídos por arranhões que seu querido animal causou. Mas essa é uma das atividades mais normais e saudáveis que um gato pode ter.

Os arranhões são uma forma visível que os gatos usam para indicar a outros animais e pessoas que esse lugar lhes pertence ou que é seu lugar de brincadeira.

Arranhar faz parte da sua natureza, então dificilmente você vai conseguir que ele deixe de fazer isso. O que é possível fazer é controlar os lugares onde ele faz, ensinando a ele desde filhote a usar arranhadores.

No começo, vai custar um pouco que ele comece a usá-lo, mas com um pouco de paciência e treinamento, ele vai aprender.

A melhor coisa que você pode fazer é determinar os lugares onde ele gosta de arranhar, pois eles geralmente escolhem os mesmos lugares sempre.

Depois de identificados estes lugares, deixe por perto um spray com água e quando o surpreender arranhando, jogue um pouco de água e leve-o para o lugar onde está o arranhador.

Você deve colocá-lo em um lugar de fácil acesso e que se mantenha fresco, aos gatos não gostam de lugares quentes.

Mas se o gato arranhar tudo dentro de casa, continuar em outros lugares, apesar do arranhador, ou arranhar ou morder você com frequência, pode ser um problema de estresse, por isso você terá que leva-lo ao veterinário para que seja feita uma avaliação.

E lembre-se, nunca, sob nenhuma circunstância, pense em abandonar o seu gato.