Convivência entre idosos e cães: como isso afeta a saúde

Convivência entre idosos e cães

A convivência entre idosos e cães pode ser muito benéfica na última etapa da vida, quando o que mais devemos fazer é cuidar da saúde, já que, devido ao passar dos anos, é natural a debilitação do corpo.

É por isso que ao longo da história uma das preocupações mais importantes da medicina foi a de encontrar formas de proporcionar um estado de saúde ótimo para os idosos.

Seja através do consumo de medicamentos ou pelo exercício de alguns hábitos, o certo é que foi possível desenvolver diversos métodos que tornaram às pessoas em idade avançada mais saudáveis.

Embora possa parecer uma surpresa para muitos, um dos métodos mais recomendados é o conviver com um cão, já que o melhor amigo do homem oferece inúmeros benefícios para sua saúde. Se você não sabia disso, a seguir lhe passaremos todos os detalhes desse incrível benefício que os cães nos trazem.

A convivência entre idosos e cães melhora o estado de humor

Convivência entre idosos e cães

Como muitos sabem, um dos problemas mais delicados que podem sofrer alguns idosos é a solidão. Em geral, a solidão costuma ter como consequência a sensação de tristeza e, em alguns casos, isso se deriva em fortes estados depressivos.

Quando se vive com um cão, esse tipo de problema virtualmente não existe. Pois um dos maiores benefícios que oferecem estes lindos bichinhos de quatro pata, é a capacidade deles de nos ajudar a combater a depressão.

O simples fato de ser responsável pela vida de um cãozinho, de receber sempre muito afeto e de interagir com ele no dia a dia, melhora o estado de humor de uma forma tão eficaz que se combate a depressão.

Além disso, foi possível comprovar que o trato com animais ajuda a desenvolver uma série de hormônios que determinam o estado de humor das pessoas.

A convivência entre idosos e cães melhora o estado mental

Sem dúvidas, este é outro dos maiores benefícios que os cães oferecem. Muitas pessoas em idade avançada costumam sofrer de diversos tipos de enfermidades mentais.

Conforme alguns estudos conseguiram provar, a interação com os animais oferece uma importante melhoria na memória dos idosos. Este fato se transformou em uma das razões principais pelas quais alguns médicos recomendam aos idosos conviver com um cão.

Por que os cães oferecem este maravilhoso benefício? Isso se deve ao fato de que eles representam a melhor arma contra o estresse devido a forma com que eles nos entretêm com suas travessuras caninas e seu carinho.

Também, foi possível comprovar que a perda da memória dos idosos tem uma estreita relação com o alto nível de estresse, por isso eliminar esse problema é fundamental.

A convivência entre idosos e cães melhora a saúde física

Quando se tem uma idade muito avançada, o exercício de baixo impacto costuma ser essencial para se manter o mais saudável possível. Nessa etapa da vida, os problemas físicos tendem a ser recorrentes, daí sua utilidade.

É por essa razão é que muitos médicos consideram o sedentarismo como extremamente perigoso quando se está na velhice, já que o estado de saúde será prejudicado ante a falta de atividade física.

Para solucionar esse problema, a melhor opção de todas é conviver com um cão. Os nossos lindos companheiros de quatro patas requerem uma determinada atenção que nos faz realizar atividades físicas sem exageros.

Uma das mais importantes, tanto para o peludo quanto para seus donos, são as caminhadas. Através das caminhadas, não apenas o dono se sentirá mais saudável, mas também o animal. Isso ocorre porque caminhar faz com que o estresse diminua e que a pessoa se sinta mais feliz, o que é muito importante se alguém deseja estar o mais saudável possível.

O mais recomendável é levar um cão para passear pelo menos 3 vezes ao dia, e caminhar entre 15 e 30 minutos a cada sessão de passeio. Essa caminhada oferecerá uma série de importantes benefícios para sua saúde, como a diminuição da pressão arterial e o fortalecimento dos músculos.

Recomendações

Convivência entre idosos e cães

Quando uma pessoa em idade avançada deseja ter um cão, é importante que o cão se encaixe nessas características:

  • Que tenha mais de 2 anos
  • Que seja tranquilo e obediente
  • Que não caminhe muito rápido
  • Que seja de raça pequena ou média, como o Yorkshire Terrier ou o Beagle

Como se pode ver, o cão é também é um amigo para a saúde de um idoso.