Crianças que crescem com cães desenvolvem maior responsabilidade e sensibilidade

Aqueles que têm animais de estimação sabem os benefícios que eles trazem para a nossa saúde física e emocional, mas também a alegria e satisfação que produzem.

E algo que não podemos negar é a relação que se estabelece entre os animais de estimação e as crianças, laços fortes são criados e nos dá muita alegria vê-los brincar juntos.

Em particular, algumas raças específicas de cães, quando são adotados e chegam em nossa casa marcam para sempre a vida da família e acabam se tornando parte dela.

Mas, não devemos esquecer também a grande responsabilidade que nos é dada quando trazemos um novo bichinho para casa, especialmente se tivermos filhos.

Vários estudos têm mostrado que as crianças que vivem ou que crescem com cães, desenvolvem maior responsabilidade e sensibilidade. Vamos ver por que isso acontece.

O primeiro passo, educar as crianças 

criança-cão2

Se temos crianças em casa e decidimos adotar um cão, ou qualquer outro animal de estimação, a primeira coisa que temos que fazer é ensinar nossos filhos a respeitar e explicar a eles a atenção necessária para com o novo amiguinho.

Nós devemos fazê-los entender que ele não é um brinquedo, mas sim um ser vivo, e que ele deve amar e tomar todos os cuidados e, acima de tudo, deve respeitá-los e que não deve fazer mal a eles. 

Uma criança bem educada aprende a ter empatia e, além disso, você deve ensiná-la a respeitar não apenas o seu cão, mas todos os animais, e a partir disto, qualquer ser vivo. Assim, você vai educar seus valores desde criança para respeitar toda a natureza.

Você deve lembrar para as crianças que os cães têm sentimentos, como alegrias, tristezas, medos, etc., assim como os humanos, e por isso ele não deve assustá-los e muito menos fazer brincadeiras violentas ou promover brigas entre os animais.

Ensine seus filhos a adquirir responsabilidade para com o cão, embora você deva deixar claro que os pais são os líderes, mas você pode pedir a eles, por exemplo, para alimentar os cães, verificar se eles têm sempre água fresca, brincar com eles e verificar outras necessidades que poderão ser informadas aos pais.

Desenvolvimento da responsabilidade e da sensibilidade

cães-criança3

O contato com animais de estimação, em geral, é muito benéfico para o desenvolvimento das crianças, de fato, muitos animais são utilizados para terapias específicas com crianças, idosos e doentes.

Ficou demonstrado que crianças que crescem com cães fortalecem a autoestima, são mais responsáveis e até mesmo mais sensíveis.

A personalidade das crianças é formada até os 7 anos, se seu filho tem um cão, irá desenvolver a responsabilidade sem sabê-lo, de forma natural e por conta própria.

Embora isso também possa ocorrer com outros animais de estimação, o fato é que o cão, mais do que qualquer outro animal, permite o desenvolvimento de faculdades como responsabilidade e sensibilidade.

Isso é possível porque uma criança é mais identificada com o cão, graças a capacidade de expressão que eles têm. Mas esta não é uma regra, e você tem que entender que existem certos tipos de raças mais apropriadas para a convivência com as crianças.

Crianças que crescem e que convivem com cães tornam-se pessoas mais sensíveis e mais sociáveis, adultos que têm inteligência emocional. 

As crianças também aprendem a não abandonar os animais de estimação e muito menos a maltratá-los, eles são os futuros responsáveis por adotar um cão ou outro animal qualquer.

Existem terapias específicas, tais como aquelas usadas com crianças com autismo, que têm dificuldade para interagir com as pessoas e até mesmo outras crianças.

Se estas crianças tiverem a oportunidade de viver com um cão, poderão superar o problema da comunicação e da relação com outras pessoas.

Além de responsabilidade e sensibilidade, estudos mostraram que o sistema imunológico infantil é reforçado e menos propenso a doenças quando se convive com animais. Isto significa que as crianças são mais felizes e alegres, algo que favorece o desenvolvimento delas.

Esta é uma das mais gratificantes experiências que as crianças podem ter, uma vez que não só o cão se torna seu fiel amigo, mas também te ensinam a responsabilidade e a demonstrar sentimentos de ternura e proteção.