Cuidados: me diga como trata os animais e te direi que tipo de pessoa é

Cuidados com animais

Se alguma vez você conheceu pessoas que dedicam sua vida aos cuidados e a proteção dos animais, sem dúvida você se sentiu atraído pela doce personalidade delas. Muito diferentes daqueles que maltratam os animais, quem são mal-educados, desagradáveis e pessoas com as quais não é agradável estar. Tudo parece indicar que como alguém trata os animais faz a pessoa ter um tipo ou outro de personalidade.

Ao que isso se deve? A forma como tratamos os animais influi seriamente em nossa personalidade? Se sim, de que maneiras? Vejamos como são as diferentes personalidades segundo o trato que dão aos animais.

Tratar bem aos animais e oferecer cuidados a eles, tornará você uma pessoa melhor

abraço-pessoa-cão

É certo que muitas vezes ouvimos dizer que os animais são melhores que as pessoas. A verdade é que os animais têm a capacidade de detectar sentimentos e desenvolver qualidades que muitos humanos não são capazes. Esses são alguns deles, que fazem que o bom trato aos animais os faça melhores pessoas.

  • Empatia. Essa palavra se traduz literalmente “calçar os sapatos do outro” ou “sentir sua dor em meu coração”. Além disso, essa qualidade sempre vai estar acompanhada de um sentimento de compaixão que impulsiona a pessoa a fazer algo para remediar a situação. Os animais têm essa capacidade. Eles podem detectar quando estamos tristes, estressados, zangados ou deprimidos e desejam e se esforçar para fazer algo para nos fazer sentir melhor.

Estar com os animais e lhes dar um bom trato pode nos contagiar dessa bela qualidade que podemos pôr em prática, não só com eles, mas também com as demais pessoas. Não seria o mundo um lugar muito melhor se todos fôssemos empáticos como os nossos amigos animais?

  • Aprendemos a compartilhar. Dar um bom tratamento aos animais nos faz sermos carinhosos e bondosos com eles, além de estarmos felizes e dispostos a compartilhar nosso lar com eles. Não nos referimos apenas ao nosso lar físico, quer dizer, nossa casa, mas também nosso lar Terra. O estar dispostos a compartilhar com os animais, nos faz ter muita mais facilidade para compartilhar com outras pessoas.

O maltrato aos animais, no que isso nos transforma?

Tanto o maltrato aos animais, como qualquer tipo de tratamento ruim dado a eles –que poderia não ser definido como maltrato propriamente- ambos são cruéis. Demonstrou-se cientificamente e psiquiatricamente que as pessoas que tratam mal os animais ou que inclusive chegam a maltratá-los, têm problemas mentais e maior facilidade de agredir a outras pessoas. Isto não é desculpa para fazer mal a um animal.

As pessoas que oferecem um trato cruel aos animais, são pessoas déspotas, arrogantes, egoístas e violentas. Essa agressividade no trato aos animais, está intimamente relacionada com a violência familiar. Pense muito bem antes de querer formar uma família com alguém que maltrata os animais.

Se souber de alguém que esteja dando um mau trato aos animais ou os agredindo, por favor, denuncie. Não oculte isso, devemos frear todos esses tipos de condutas para que o mundo esteja cheio de pessoas melhores.

Como amar aos animais

curiosidades-coelhos

Os animais domésticos, quer dizer, nossos animais de estimação, são dependentes de nós. Por isso, devemos dar a eles tudo o que necessitam. Alimento, higiene e amor. Esse deve ser um gesto altruísta, não devemos dar um bom trato aos animais para sermos pessoas melhores, o faremos porque já somos boas pessoas.

Estamos certos que se você é um assíduo leitor de nosso blog é porque você ama os animais, e lhe felicitamos por isso. O amor é uma qualidade que não tem limites, por isso pode crescer durante toda a eternidade. Continue aprendendo como mostrar amor e dar um bom trato aos animais e a ser uma pessoa melhor a cada dia. Conviver não é fácil, mas, quanto os animais nos dificultam a vida? Não são bem mais os humanos que a dificultam?

Há mais felicidade em dar do que em receber

 -A Bíblia-

Não partícipe de campanhas de caça, espetáculos com animais, nem compre nada que tenha sido feito com alguma parte do animal, e que o tenha feito sofrer para tirá-la. Dê o que necessitam e compartilhe com eles o que você tem. Faça-os felizes e você também será feliz.