De que forma a poluição prejudica os cães?

A poluição ambiental é um problema que afeta do o planeta e prejudica a vida e as suas diversas formas. Os habitantes das cidades grandes costumam ser os mais afetados, tanto os humanos quanto os animais. Hoje, iremos dizer de que forma a poluição afeta também os cães.

Saiba como a poluição prejudica o seu animal de estimação

Para exemplificar a forma na qual a contaminação afeta os nossos amigos peludos, bastará dizer que, quando se realiza uma necropsia de um cão que vive na cidade, descobre-se que os seus brônquios possuem uma cor preta e se encontram muito machucados. 

enfermidades

Autor: LuAnn Snawder Photography

Os cães que residem nas grandes metrópoles e que são expostos à poluição ambiental podem padecer de algum desses problemas:

  • Bronquite
  • Tosse
  • Asma
  • Alergias
  • Dificuldade de respirar
  • Tumores no pulmão
  • Alterações na barreira hematoencefálica
  • Degeneração dos neurônios corticais
  • Acumulo de grupos de proteínas associadas ao desenvolvimento de Alzheimer nas pessoas

A poluição é um problema que está relacionado ao crescimento das cidades grandes e que afeta tanto os humanos quanto os animais de estimação. Iremos dizer quais são os efeitos da poluição nos cães. 

Cães e pessoas, as vítimas da poluição nas cidades grandes

Os cães possuem um sistema respiratório muito parecido com o dos humanos. No entanto, como eles andam mais rente ao chão que nós, sofrem mais por causa da poluição. 

Isso acontece porque as partículas poluentes, como as da poeira, costumam se acumular no chão que os bichinhos farejam nos seus passeios. E é melhor nem imaginar como elas afetam os animais que vivem permanentemente nas ruas.

Além disso, nas épocas em que há escassez de chuvas, os problemas respiratórios dos cães aumentam, já que a contaminação se concentra ainda mais na atmosfera.

Alguns conselhos para os habitantes humanos e caninos que vivem em cidades poluídas

Se você vive em uma metrópole grande, preste atenção nos seguintes conselhos para aliviar os efeitos da poluição sobre seu animal de estimação e que também podem ser úteis para você:

  • Dê uma escapulida, com frequência, ao campo, onde a poluição pelo menos não é tão evidente.
  • Não fume dentro de casa.
  • Leve o seu animal de estimação para passear nos horários em que não haja um tráfego muito intenso de veículos.
  • Se o seu cão for velhinho, não ande rápido com ele. Se ele se fatigar e respirar rápido demais, irá inalar uma quantidade maior de partículas poluentes.

Outros dados que devem ser levados em consideração com relação aos cães e à poluição

Lembre-se também dos seguintes aspectos com relação aos cães e à poluição:

  • Os cães com problemas respiratórios prévios ou com problemas cardíacos são mais afetados pela poluição ambiental do que os bichinhos mais saudáveis.
  • Caminhar 10 minutos em uma cidade grande nos momentos de excesso de veículos é mais perigoso do que passear durante 1 hora quando o tráfego é menor. Leve essa informação em consideração na hora de escolher quando você irá levar o seu animal de estimação para passear.
  • As raças braquicefálicas (com focinho chatos) têm mais dificuldade para filtrar as partículas poluentes. 

A poluição sonora, outro problema das cidades

na-holanda-não-ha-cães-de-rua

A poluição sonora é outro problema que afeta os cães que vivem nas cidades grandes, provocando neles temor, ansiedade e estresse. 

Não se esqueça de que a audição dos cães é muito mais desenvolvida que a dos humanos. Por isso, eles sofrem muito mais com a infinidade de barulhos que são gerados de forma constante em uma metrópole. Por exemplo:

  • Buzinadas
  • Sirenes de vários tipos
  • Estampidos devido a diversos motivos
  • Alarmes
  • Motores
  • Manifestações

A lista pode ser interminável. O que ocorre é que, apesar dos cães tolerarem melhor essa poluição, já que foram devidamente socializados desde pequenos, os seus ouvidos não deixam de padecer devido ao ruído do ambiente, que aparentemente não vai diminuir.

Em busca de uma qualidade de vida melhor para os humanos e animais

Portanto, como você já sabe, a poluição parece ter chegado para ficar nas cidades grandes. É sua obrigação buscar uma forma de diminuir os seus efeitos para conseguir uma melhor qualidade de vida, para você e para o seu animal de estimação. Se todos fizermos a nossa parte, talvez consigamos viver em um futuro, não tão distante, com menos poluição.