Denunciado por arrastar um cachorro amarrado ao para-lama

Homem arrasta cachorro amarrado ao carro

Recentemente, pude apreciar da alegria que é de ver animais no seu habitat natural. Criaturas exóticas, selvagens, peles felpudas; toda uma beleza que encantou minha visão, minhas emoções e meus sentidos. No entanto, quanto mais observava, mais me perguntava: Como podem existir pessoas que machuquem os animais e que ainda apreciam isso? Mas, essas pessoas existem, e só de pensar que isso acontece no meu país me dá vergonha alheia. 

Conheça a história de um homem que torturou seu cachorro colocando-o amarrado ao para-lama do seu carro.

Não há desculpa para o que esse senhor (para chamá-lo de alguma maneira) fez. Em pleno século XXI, muitos não entendem que um cão é um animal de companhia, um amigo, alguém a quem amar e de quem receber amor, e não um brinquedo que está ali para satisfazer os nossos desejos e caprichos. Quando vi as imagens desta notícia, pensei: Que trabalho esse indivíduo teria para colocar o cão no seu carro?

Descobrem o cão amarrado ao para-lama

Cachorro

Essa triste história aconteceu num povoado chamado Tineo, que fica na região de Astúrias, na Espanha. Um vizinho estava perto da porta de sua casa olhando para fora quando viu um pobre cachorro deslizando pelo chão, resultado de estar sendo arrastado por algo. Movido pela curiosidade, ele começou a gravar o que estava acontecendo.

Ele continuou gravando enquanto se aproximava do animal, quando descobriu o ato cruel: um cão estava amarrado ao para-lama. Ao que parece, o animal era um cão de caça e este individuo o amarrou ao para-lama enquanto voltava para casa. O animal não podia seguir o ritmo do carro, e apesar da resistência do animal, o carro o puxava, obrigando-o a ser arrastado por um chão cheio de barro, lama e água.

Parece que o animal estava muito sujo depois de ter feito “seu trabalho” como caçador, e por puro capricho do seu dono, para não colocá-lo no carro, decidiu levar o cachorro amarrado no para-lama.

O vizinho de Tineo que gravou o vídeo não teve dúvidas em compartilhá-lo em todas as redes sociais possíveis, e as imagens chegaram rapidamente em várias associações protetoras de animais, que não hesitaram em denunciar o ato cruel que este indivíduo estava fazendo com o seu animal.

Petição das associações protetoras para salvar o cachorro amarrado no para-lama

As associações protetoras logo se manifestaram e denunciaram o caso, o que levou a descoberta que essa pessoa tinha mais cães, fora o que foi amarrado ao para-lama. Isso levou a uma investigação para descobrir o estado dos outros cães e as associações protetoras estão pedindo que as autoridades retirem todos os animais das mãos desse homem.

Ao que parece, o vizinho de Tineo já tinha sido denunciado anteriormente por maus-tratos a animais. Descobriram que ele possuía animais em canis sem nenhum tipo de higiene e vivendo entre fezes. Também tinha cachorros amarrados nos campos, sozinhos, sem comida ou água para espantar javalis.

Em várias ocasiões esse senhor saiu ileso das ocorrências, algumas vezes por falta de participação das autoridades administrativas e outras por concordar em entregar um ou dois animais dos que maltratava. No entanto, o caso do cão amarrado no para-lama foi a gota d’água para as associações protetoras, que dessa vez não estavam dispostas a se render ou ceder à chantagens.

Desta vez as associações querem a retirada total dos animais que esse indivíduo possui, e estão dispostas a recolher e cuidar deles, e ainda querem a prisão e a impossibilidade dele nunca mais ter qualquer animal não importa quão pequeno seja, e que pague multas por todo o dano causado.

Eles sabem que isso não poderá curar o dano emocional causado nos animaizinhos, mas vai dar uma boa lição. Esperamos de coração que tudo o que as associações estão pedindo seja atendido, esse homem não merece menos.

Parabéns ao vizinho que gravou e compartilhou o vídeo nas redes sociais. Se você vir maus-tratos a animais, não hesite em denunciá-los.

Aqui está o vídeo que foi compartilhado nas redes: