A dermatite ou irritação da pele dos cães

Os cães têm diferentes tipos de problemas que acabam afetando a pele e a pelagem. As causas mais comuns incluem parasitas, doenças internas que afetam a pele, fraturas ou cicatrizes, tumores, cistos e alergias.

Já que a dermatite é a causa mais comum de doenças de peles nos cães, vamos nos aprofundar um pouco neste tópico.

A dermatite atópica, ou irritação da pele, é uma doença causada por alergias, muito comum em cães, acomete cerca de 10% da população canina total.

Evidenciada pelo aparecimento de pequenos grãos, vermelhidão e outros tipos de reações causadas pelo consumo de certos tipos de ingredientes (alergia alimentar) ou pelo contato com um corpo estranho para o organismo do animal.

Sintomatologia

Sintomas da dermatite

A maneira mais fácil para determinar se um cão tem dermatite atópica é porque podem ser vistas áreas visivelmente avermelhadas com urticárias.

Além disso, o cão se coçará frequentemente, a pele apresentará a aparência de espinhas e também pode apresentar ressecamento. Você deve ter em mente que, enquanto os alimentos são as principais causas de alergias, ela também pode ser causada por agentes externos, tais como picadas de inseto ou pólen.

As reações alérgicas, geralmente, aparecem primeiro em uma área e irão se expandir gradualmente. As áreas mais comuns são as orelhas, as axilas, a barriga e a virilha.

Geralmente, ocorre primeiro uma vermelhidão ou irritação, que termina em empolamento. É importante cuidar das feridas da pele, que tendem a infeccionar.

Você deve vigiar o seu cão quando ele apresentar uma lesão que seja produto de alergias de pele, uma vez que, devido a coceira que ela produz, ele tende a coçar ou morder a área com frequência e insistência e, então, ele acaba deixando as lesões ainda piores e poderá até perder pelos nas áreas.

É importante identificar a origem das alergias, já que em casos graves, poderá vir a repercutir em problemas diferentes dos de pele, por exemplo, inflamação do sistema respiratório, asma, enfermidades gástricas ou doenças oculares.

Intolerância ou alergia alimentar

Algo para se manter em mente é que existem dois tipos de reações aos alimentos que não devem ser confundidas, ainda que o tratamento seja o mesmo: 

  • Intolerância aos componentes de um ou mais elementos da dieta do seu cão, muitas vezes causa vômitos e diarreia.
  • Alergias, por outro lado, tendem a causar os mesmos tipos de reações que listamos acima, devido a algum alérgeno presente no alimento que causou uma reação na pele.

Nesses casos, é usada uma dieta de eliminação para tentar identificar os tipos de alimentos que geram a alergia, embora alguns fatores externos e problemas de outra natureza também não devam ser descartados.

Muitos cães tendem a desenvolver alergia a produtos industriais como, por exemplo, as rações para animais, então é aconselhável comprar comida especial (ou hipoalergênica), que tende a melhorar o problema de forma notória.

Em caso de continuarem apresentando alergias mesmo com o uso de alimentos hipoalergênicos, o melhor é substituí-los por uma dieta caseira.

Como agir frente a uma reação alérgica na pele

Alergia

Além de iniciar a dieta de eliminação, existem algumas ações que você poderá tomar para aliviar alguns dos sintomas que acometem o seu cão.

Inicialmente, é sugerido levar o cão ao veterinário imediatamente, para que ele detecte, com exatidão, qual é o tipo de inconveniente que afeta a pele do seu animal de estimação. Então, ele irá recomendar o tratamento mais adequado para isso.

Lembre-se que é melhor não medicar o seu cão ou aplicar nada na ferida até que ela seja avaliada por um veterinário. Também é aconselhável limpar e manter a área seca para evitar a proliferação de bactérias.

Tenha em mente que existem raças que são mais propensas a sofrerem de alergias, por exemplo, o Boxer, o Labrador, o Pastor alemão e o Schnauzer.

Lembre-se que você não deve utilizar remédios para seres humanos em seu cão, incluindo pomadas. Geralmente, os problemas de pele de origem alimentar são tratados através de uma mudança de dieta, controlando para que ele não se coce demais e aplicando pomadas nas áreas afetadas.

Créditos da imagem: myri_bonnie.