O que deve conter o estojo de primeiros socorros para cães?

estojo de primeiros socorros para cães

Embora desejemos que nunca aconteça nada de ruim ao nosso animal de estimação, é sempre melhor estarmos prevenidos para que possamos agir com rapidez ante situações que possam colocar em risco a saúde ou a vida dos peludos. Por isso, hoje lhe diremos o que não pode faltar no estojo de primeiros socorros para cães.

A importância do estojo de primeiros socorros para cães

Tenha em mente que ter bem equipado o estojo de primeiros socorros para cães te permitirá não apenas resolver alguma questão menor que não necessite da intervenção de um veterinário, mas também agir rapidamente ante alguma emergência, enquanto chega a atenção profissional.

É que o nosso peludo, além de apresentar sinais repentinos de enfermidades que devem ser tratados com urgência, pode estar exposto a diferentes situações que o machuquem, tanto dentro como fora da casa. Por exemplo:

  • Mordidas
  • Intoxicação ou envenenamento por diferentes substâncias
  • Engasgos
  • Queimaduras
  • Cortes
  • Acidentes de trânsito

cão-doente-1

Como sempre é melhor prevenir do que remediar, agir com rapidez ante situações que possam colocar em risco a saúde ou a vida dos peludos é muito importante. Diremos o que não pode faltar no estojo de primeiros socorros para cães.

Coisas que não podem faltar em um estojo de primeiros socorros para cães

Antes de você começar a montar o estojo de primeiros socorros para cães, tenha em mente que todos os elementos que o formarão devem ser de uso veterinário. Lembre-se de que seu animal de estimação é um cão e não uma pessoa. Além disso, ele tem um pH e um metabolismo diferente do nosso, portanto, os desinfetantes e medicamentos devem ser para cães. Assim, faça as consultas necessárias com um profissional de sua confiança para não incluir opções que possam vir a prejudicar o seu peludo.

Feita esta elucidação, lhe diremos o que um estojo de primeiros socorros para cães deve conter:

  • Gazes, cotonetes, ataduras e esparadrapo
  • Desinfetantes
  • Analgésicos e anti-inflamatórios
  • Medicamentos para a diarreia
  • Um termômetro de leitura rápida e inquebrável (coloca-se via retal)
  • Soro fisiológico (para a limpeza dos olhos)
  • Tesouras que sirvam para cortar as bandagens
  • Luvas de látex ou borracha
  • Indutor de vômito (pode ser água oxigenada)
  • Carvão vegetal

Outros elementos que você pode incluir no estojo de primeiros socorros de seu cão

Um estojo de primeiros socorros bem completo para o seu amigo de quatro patas também tem que estar equipado com:

  • Pinças específicas para tirar carrapatos
  • Uma seringa de injeção para lhe dar medicamentos líquidos
  • Cortador de unhas
  • Antiparasitários

Além disso, o estojo de primeiros socorros para cães deve ser montado se pensando nas características do animal e antecipando os possíveis inconvenientes de saúde que ele possa vir a ter. Por exemplo:

  • Uma solução para limpar os ouvidos, sobretudo se seu peludo tem orelhas grandes e caídas.
  • Uma pomada ou substância similar para aliviar diferentes irritações dermatológicas.
  • Anti-histamínicos para animais alérgicos a picadas de insetos, sobretudo de abelhas.

Conselhos adicionais em relação ao estojo de primeiros socorros para cães

Tenha em mente estes conselhos em relação ao estojo de primeiros socorros de seu animal de estimação:

  • Mantenha-o sempre organizado para encontrar as coisas com rapidez, caso ocorra uma emergência.
  • Controle de maneira periódica os remédios e demais elementos, para verificar se ainda já passaram da data de validade.
  • Coloque-o em um lugar seguro, mas de fácil acesso.

Além disso, é conveniente que você tenha também um segundo estojo de primeiros socorros para quando você tiver que transportar o seu peludo, principalmente em viagens longas ou férias.

E, também, não deixe de escrever em um local visível os números de telefone de seu veterinário de confiança e de emergências.

Aprenda sobre primeiros socorros para animais de estimação

veterinario-cão

Tão importante como ter bem equipado um estojo de primeiros socorros para cães é saber o que fazer com esses elementos no caso de seu peludo vir a necessitar de sua ajuda.

Por isso é importante que você faça, se possível, um curso de primeiros socorros para animais de estimação que irá te instruir, entre outros temas, sobre:

  • Verificar sinais vitais
  • Ressuscitação cardiovascular
  • Ajudar um animal que se afoga, sobretudo por engasgo
  • Identificar e responder aos sinais de choque
  • Limpar e enfaixar feridas
  • Entalar fraturas
  • Curar mordidas
  • Forma de proceder em caso de torção gástrica
  • Como controlar a temperatura do animal

Tenha em mente que há muitos hospitais veterinários que oferecem este tipo de capacitação.