O que deve conter uma maleta de primeiros socorros para animais de estimação

Primeiros socorros para animais

Você sabe a importância de se ter uma maleta de primeiros socorros para animais de estimação? Se a sua resposta for não, ensinaremos a você por que você precisa ter uma e o que ela deverá conter.

Por que ter uma maleta de primeiros socorros para animais de estimação?

Ter essa aula de maletas de primeiros socorros à mão é importante porque isto lhe permitirá dar uma primeira atenção ao seu animal de estimação em caso de uma eventualidade que não seja de muita urgência, por exemplo, em caso de cortes, mordidas ou queimaduras superficiais.

Igualmente, em caso de uma lesão maior, as maletas de primeiros socorros poderão lhe ajudar a reduzir os efeitos de uma lesão até o momento em que você chegue ao veterinário. Você poderá dar ao seu animal de estimação a atenção requerida, por exemplo, realizar um curativo provisório ou desinfetcar.

Lembre-se que você deverá revisar o prazo de validade dos elementos que compõem o estojo de primeiros socorros, pelo menos uma vez a cada dois meses, para se assegurar que não estejam vencidos no momento em que precise usá-los.

Gato doente

O que deverá conter em uma maleta de primeiros socorros?

Embora existam diferentes tipos de produtos que podem ser usados para completar seu estojo de primeiros socorros, que vão dos mais simples até os mais complexos, igualmente variando seus custos, há alguns elementos básicos que não devem ser esquecidos:

  • Soro fisiológico: O soro fisiológico é perfeito para limpar feridas, pois é composto por água misturada com eletrólitos e é completamente estéril. O soro fisiológico é útil para limpar qualquer tipo de ferida, esteja ela infectada ou não, ou se esta se encontra aberta e sangrando. Outro uso que poderá ser dado ao soro fisiológico é o de limpar os olhos de seu animal de estimação.
  • Gazes: As gazes são importantes no momento que tenha que limpar uma ferida ou desinfectá-la. Existem várias apresentações, mas o importante é que elas se mantenham estéreis para evitar infecções provocadas pela contaminação dos instrumentos de limpeza.
  • Água oxigenada ou álcool: A Água oxigenada é utilizada para desinfectar feridas ou prevenir futuras infecções. Igualmente, pode se utilizar alguns desinfetantes iodados. Entretanto, leve em conta que, se usar álcool, pode causar dor ao seu animal de estimação e fazer com que ele resista ao processo de cura.
  • Ataduras: As ataduras são utilizadas só para imobilizar momentaneamente algum membro do animal, enquanto você o leva até o veterinário. Isso se deve ao fato de que é muito comum piorar as lesões em um animal de estimação com a aplicação de um curativo mal feito.
  • Termômetro: Ter um termômetro à mão é excelente para os momentos em que há a suspeita de febre. Lembre-se que este deve ser especializado e de uso retal.

Cachorro deitado em instrumentos veterinários

  • Barra de sabão de vaselina: É importante limpar as feridas produzidas por mordidas. Portanto, ter uma barra de sabão de vaselina (ou de coco) é recomendável para limpar as feridas, pois estas não contêm álcool e evitam as infecções produzidas pela saliva.
  • Pinças: Algumas pinças longas e finas lhe serão de muita utilidade, em especial para apanhar coisas, como espinhos, vidro, etc., que possam ter encravado em seu animal de estimação. Inclusive, elas poderão ser utilizadas para retirar carrapatos.
  • Conta-gotas: Os conta-gotas são utilizados para administrar medicamentos que o seu veterinário tenha receitado. Não use seringas para isto, porque existe o risco de que seu animal de estimação a aspire e isto será pior.
  • Tesouras pequenas: As tesouras são usadas para cortar gazes ou ataduras, ou mechas de pelos em caso de que algo tenha ficado preso e não se consiga tirar facilmente.

Tenha em mente que o melhor é não ter medicamentos no estojo de primeiros socorros, pois estes podem gerar reações adversas que você pode desconhecer. O melhor é que qualquer medicamente que utilize em seu cão seja receitado pelo veterinário.

Lembre-se de manter seu estojo de primeiros socorros em um espaço designado e em completa ordem. Isso lhe permitirá ter um acesso rápido aos elementos que ele contém e, em caso de emergência, poderá agir com maior rapidez.