Como devemos agir com um gatinho recém-chegado em casa?

Como agir com um novo gatinho

Em outras ocasiões já falamos sobre adoção de gatos e das vantagens que há em se adotar um gato adulto. Mas também queremos falar de como devemos agir no caso de tomarmos a decisão de adotar um gatinho, neste caso um filhote.


Sempre aconselhamos que antes de adotar um animal de estimação, que pesemos os prós e os contras, já que estamos falando de um ser vivo e não de um “brinquedo” e que vai necessitar de toda nossa atenção e do nosso carinho. Assim iremos passar alguns simples conselhos de como devemos agir com um gatinho recém-chegado em casa.

Em que idade podemos levar um gatinho para casa?

Assim que decidimos adotar um filhote de gato, queremos levá-lo para casa o mais rápido possível, mas não é o mais recomendável. Seria conveniente que os gatinhos permanecessem com sua mamãe e irmãos por no mínimo 12 semanas. Tenha em mente que a mamãe é que irá ensinar o filhote a ser gato, não nós.

Nas primeiras semanas é quando o gatinho mais necessita de sua família felina, inclusive um gato pode mamar por até 10 semanas de vida. Se você o separar antes das 12 semanas, poderia gerar estresse no gato, problemas de comportamento e inclusive doenças.

A chegada do gatinho em casa

Mulher beijando filhote de gato

Assim que se dê a separação entre o gatinho e sua família felina, no início ele vai se sentir desorientado, assim serão muito importantes os cuidados e a atitude dos membros de seu novo lar. Toda a família tem que estar consciente de que se trata de uma criatura que é um bebê e que vai necessitar de muitos cuidados básicos.

É importante preparar o lar para a chegada do novo bebê da casa, também é muito importante a temperatura ambiente, nem frio e nem calor, mas principalmente o frio deve ser evitado, porque poderia causar uma hipotermia.

Você também deve lhe proporcionar uma caminha confortável onde ele possa descansar comodamente e que esteja colocada em um lugar onde não haja correntes de ar e que esteja aquecido. Se ele já desmamou e não toma mais leite materno, é imprescindível que já lhe coloque a caixa de areia para que ele faça suas necessidades.

Lembre-se que o gatinho, além disso, vai necessitar de mimos e cuidados básicos, que você terá que lhe proporcionar. Também tem que limpá-lo, já que ele não tem mais sua mamãe para fazê-lo, além de lhe proporcionar a alimentação correta e necessária para sua idade.

Coisas que o gatinho vai necessitar

Gatinho mamando

Assim que o gatinho chegar em sua casa, você terá que definir um lugar onde colocar sua comida, a água e o lugar onde ele vai fazer suas necessidades. Terá que colocar uma caixa de areia e trocá-la periodicamente.

É muito importante que você também lhe proporcione um arranhador para suas unhas, assim evitará que ele as afie com qualquer móvel ou objeto da casa. Compre alguns brinquedo para que ele se distraia.

A saúde

Assim que ele já teve o seu primeiro contato com a casa e com os membros da família, você terá que levá-lo ao veterinário para que ele seja examinado. Terá que verificar que ele não tenha parasitas externos ou internos, já que isso poderia contagiar aos outros animais que tenha em casa e inclusive as crianças.

Também é importante que verifique os olhos e as orelhas, para descartar que tenha ácaros. Se tiver alguma dúvida é melhor que consulte o seu veterinário, também quanto a alimentação que deverá seguir o seu pequeno pet.

As regras desde pequeno

Não cometa o engano de não ensinar ao seu gato o que é correto e o que não é, só porque ele é um bebê, depois será mais difícil. Você tem que deixar claro para o seu gatinho o que não se pode fazer, e se ele fizer algo que não deve, borrife-o com água, assim ficará claro para ele que isso não deverá ser feito novamente.

Não deixe que ele faça suas necessidades por aí, para isso ele tem sua caixa de areia. Você também deve premiá-lo se ele fizer algo corretamente. Um ponto muito importante na educação de um gato é a paciência, ele não te vai obedecer desde o começo, mas com o tempo ele acabará acatando as regras.

Não se renda se a adaptação do filhote demorar um pouco, você terá que ter paciência e entender que ele foi separado de sua mamãe e irmãos, que ele está em um lugar estranho e com gente que ele não conhece, assim cabe a você ganhar sua confiança e carinho.