Dicas para dar banho em gatos

De todos os bichos que os humanos têm como animais de estimação, os gatos são o mais limpos de todos.

O gato e todos os felinos em geral são animais que zelam muito pela higiene pessoal, dentre outras coisas, continuamente lambem-se para limpar a pelagem e lixam as unhas para que elas não cresçam muito.

No entanto, apesar das suas muitas precauções, eles tendem a encher os pelos de pó. Além disso, as glândulas da pele dos felinos produzem secreções e, às vezes, os pelos mortos não caem sozinhos.

Por isso, de vez em quando, faz-se necessário dar um banho em nossos amigos felinos. Claro que é de conhecimento comum que os gatos e a água não se dão muito bem. Por isso, aqui estão algumas dicas para dar banho em gatos.

Acostumar o gato desde filhote

A diferença entre fazer do banho uma atividade prazerosa para o gato, ou transformar esta atividade em uma feroz batalha, onde o dono e o felino ficam sobrecarregados e estressados, está em acostumar o felino a tomar banho desde filhote.

Isso deve ser feito na fase de socialização do gatinho (entre o primeiro e o segundo mês de vida). Neste período, ele absorve tudo o que é lhe é ensinado, então é o momento perfeito para acostumá-lo ao banho e, também, para ensinar a ele todas as regras que queremos que ele aprenda.

Nem todos os gatos têm medo de água

Banho em gatos

Não é verdade que todos os gatos têm medo da água, na verdade, muitos deles se molham e brincam com ela.

Além disso, existem certas raças de gatos que vivem em zonas de lagos e é muito comum eles entrarem na água para pescar.

Isto significa que que o banho com água e sabão é tolerável para estes animais, especialmente se começar a acostumá-los quando ainda são filhotes e repetindo em intervalos regulares.

Esta atividade pode ser usada para reforçar a ligação entre o gato e o dono, ainda mais se acrescentarmos a esta atividade brincadeiras e mimos.

Dicas para antes de dar banho em gatos

A primeira e mais importante de todas as dicas, é ter em mãos tudo o que você precisa para não deixar o gato sozinho em nenhum momento durante banho.

Portanto, você deve ter o shampoo, uma toalha e um secador. O banho pode ser dado tanto em uma bacia quanto em uma banheira, dependendo do tamanho do gato, utilizando água morna.

Isto é muito importante, pois caso contrário o gato vai reagir à temperatura da água e não vai querer voltar para a banheira. Você deve molhar o gato lentamente, com a mão ou com uma esponja, mas nunca com o jato diretamente, pois eles costumam ter medo.

A atmosfera do local deve ser tranquila e, também, o primeiro banho deve ser rápido para não provocar ansiedade no animal. É aconselhável que você o acaricie enquanto o lava para relaxá-lo e é importante que seja sempre a mesma pessoa a dar o banho nele.

Além disso, para banhar o gatinho você deve usar um shampoo ou sabão especial para gatos e, se ele tiver pelos compridos, também usar um condicionador especial.

Passos para banhar o gato

Dando banho em gatos

  • Tranque-se em paz com o gato no local escolhido para banhá-lo. Se houver muitas pessoas ele ficará nervoso.
  • O melhor lugar para banhar o gato é na pia da cozinha, uma vez que a pia do banheiro é demasiadamente pequena e uma banheira pode ser demasiadamente baixa.
  • Coloque no fundo da pia de metal uma toalha, para que o gato não escorregue.
  • Encha a pia com alguns centímetros de água morna e adicione um pouco de shampoo antes de colocar o gato.
  • Uma vez que nosso amigo estiver na água, você deverá agir rapidamente, com firmeza e suavidade, usando a voz para acalmá-lo e transmitir confiança.
  • Com uma esponja mergulhada no shampoo diluído, esfregue as patas, o rabo, o corpinho e as orelhas e enxágue rapidamente.
  • Tire o gatinho da pia e envolva-o em uma toalha, você terá que secá-lo previamente com uma toalha.
  • Depois de seco com a toalha, você poderá utilizar um secador, nunca muito de perto, apesar de ser preferível a secagem ao ar livre.

Essas foram as nossas dicas para dar banho em gatos.