Dicas para dominar o passeio com o seu cachorro

O cachorro é um animal social, acostumado a viver em matilhas, quando se encontra no estado selvagem. Na hora em que percebemos que nosso amigo se comporta mal ao sair para passear, é possível que ele tenha dons de liderança. Mas você pode chegar a controlar o comportamento dele e gerar um ambiente estável e confortável para seu pet. Veja estes conselhos para guiar o passeio com seu cachorro.

Em qualquer caso, o seu amigo canino deveria começar a entender que o líder na caminhada é você e não ele. Dessa forma, você controlará as decisões que serão tomadas no passeio, e receberá em troca o respeito e a lealdade dele.

A luta pelo domínio no passeio com seu cachorro

cao-passeio1

Você já percebeu que seu cachorro tem problemas de comportamento comuns, como se soltar da coleira durante os passeios, maus modos perto de outros cães e pessoas, ou latir e choramingar e, é possível que haja uma briga com você para ser o líder.

Sem um líder de matilha estabelecido, o seu cachorro sentirá a necessidade de assumir esse papel ele mesmo, e isso pode gerar diferentes conflitos de comportamento.

Uma vez que você assuma o papel de líder da matilha, você observará como vai se reduzindo a ansiedade e o nervosismo no seu animal de estimação.

Essas mudanças no comportamento de seu cachorro você pode realizar seja qual for o tamanho, raça, idade dele, etc.

Pensar como um cachorro

A empatia com o seu animal de estimação deve levar você a se colocar no lugar dele, analisando o entorno que o rodeia, para conseguir diversão mútua no passeio com seu cachorro.

Demonstrações de afeto durante o passeio

Nem sempre é necessário que você toque no seu amigo para demonstrar afeto. Um simples olhar também pode servir para discipliná-lo e parabenizá-lo. Com nossos olhos e a energia que eles desprendem, podemos expressar muitas mensagens.

Criação de limites

Os limites sobre o que se pode fazer e o que não, é você quem os estabelece. O cachorro tem que assimilá-lo e limitar-se a obedecê-lo.

Diversão e brincadeira

É preciso não se esquecer de que o tempo de brincadeiras é importante para a estabilidade mental de seu cachorro e sua relação com ele.

Seu cachorro deve buscar sua permissão para começar a brincar. De novo, você é quem marcará as regras.

Manter a calma no passeio com o seu cachorro

Não perca nunca a paciência durante o passeio com o seu cachorro, ainda que o seu cão quebre as regras a todo o momento e não obedeça. Você não deve intimidar nem usar a violência para conseguir demonstrar a sua autoridade. Você tem que agir com um pouco de astúcia.

Treinar as ordens básicas

É seu dever educar um bom “cidadão urbano”. Com ordens básicas, como “senta”, “pare”, “vem”, “quieto”, etc. O seu cachorro irá assimilando a interação que ele terá com você.

Caminhar na frente do cachorro

Se você caminha na frente do cachorro, ainda que não pareça, ele acabará vendo-o como o líder da matilha dele.

Uma coleira curta

A coleira curta dará a você um maior controle. Sobretudo, no caso de o seu cachorro ser de um tamanho grande. Nem sempre você tem que levá-lo preso, haverá momentos em que ambos podem desfrutar de brincadeiras e outras atividades, mas em um espaço sem a presença de pessoas.

Regras para dominar o passeio com o seu cachorro

passeio-com-cao

É preciso dedicar um tempo para o passeio e não acabá-lo muito cedo. O seu cachorro necessita de tempo para poder passear e para se sentir bem. O ideal seria entre meia hora e uma hora diárias.

Quantas vezes passear ao dia? Ao redor de três vezes ao dia é o adequado. É preciso tentar fazer isso pela manhã, tarde e noite. Se possível, no inverno, faça nas horas que não sejam mais frias e, no verão, evite as horas de maior calor.

Uma vez que tenhamos passeado e o comportamento do cachorro tenha sido o correto, você pode deixar um “tempo livre” para que ele explore o entorno. Para ele, um tempo que lhe permita fazer as necessidades e farejar, isso é um verdadeiro prêmio.

Além disso, decidiremos quando termina o momento de cheirar, você dever levar em consideração que ele deve ser sempre inferior ao dedicado para caminhar.

Quando o seu animal de estimação fizer as necessidades dele, você deve levar uma sacolinha para recolher os excrementos e depositá-los na lixeira.

Quando voltar para casa e o animal ficar ansioso para receber comida, água, etc. você tem que saber adestrá-lo para que ele saiba esperar. Você tem que demorar em guardar a coleira, em retirar o casaco ou os sapatos, etc. É um tempo, no qual ele tem que ter a paciência necessária.