Dieta caseira para cães: descubra os alimentos mais recomendados

Se você é alguém que pensa que é melhor alimentar o seu cachorro de forma caseira e não usar qualquer tipo de alimento industrial (ração ou concentrado), você pode. Anteriormente, havíamos preparado um artigo com alguns dos alimentos que seu animal de estimação não pode comer, portanto, neste artigo vamos incluir aqueles que são altamente recomendados, de modo que você deve considerar estas dicas ao desenvolver uma dieta caseira para cães.

Uma das principais razões pelas quais os donos decidem optar por uma dieta caseira, é porque assim é possível controlar os ingredientes que o cão ingere, além de ser capaz de selecionar a qualidade deles.

Essas dietas tendem a ser mais baratas, pois muitos são alimentos que comemos regularmente.

Você também pode acompanhar o consumo de proteína animal, e fazer uma redução da ingestão de sal e sódio, assim como evitar o açúcar, que pode ser prejudicial o organismo do seu animal.

Lembre-se que quando se trata de alimentar um cão, deve-se ter em mente as suas necessidades nutricionais, idade, tamanho e consumo de energia, para que seja uma alimentação equilibrada.

É importante que, ao usar uma dieta caseira como modo exclusivo de alimentar seu cachorro, e não apenas como um método de premiação ou de suplementação alimentar, esta deve ser supervisionada por um veterinário, para evitar problemas relacionados com a má nutrição.

Proteína animal

Dieta caseira com proteínas para seu cão

A proteína animal é uma grande fonte de nutrientes para o nosso cachorro, por isso, incluir na sua dieta carne bovina, frango, porco ou peixe, é o ideal para ajudar a fortalecer seu corpo, ossos e músculos.

No entanto, é necessário vigiar as porções, especialmente quando se trata de carne bovina e de porco, porque estas têm um elevado teor de gordura, de modo que podem aumentar o percentual de colesterol no corpo do animal.

Também é bom evitar  que o animal coma carne crua, pois se o seu organismo não está preparado, pode trazer bactérias, parasitas ou produzir algum tipo de doença derivada do seu consumo.

Não é aconselhável permitir que eles consumam ossos de frango ou de peixe se o seu animal nunca os engoliu, estes podem lascar e quebrar uma membrana do sistema digestivo do seu cachorro.

Muitos problemas nos intestinos resultam precisamente da ingestão desses ossos, por isso o melhor é comprar ossos artificiais, que ainda os ajudam a limpar os dentes.

O ovo é altamente recomendado para cães, é uma fonte de vitaminas, gorduras e de cálcio e pode ser consumido cru ou cozido.

Legumes na dieta caseira de seu cão

Dieta caseira para seu cão

Contrariamente à crença popular, os cães são onívoros e podem comer legumes. No entanto, tenha em mente que é difícil para o corpo do animal digerir alimentos crus, por isso é sempre melhor cozinhar ou preparar um purê, que para a mastigação e a digestão do animal seja melhor.

Antes de dar um vegetal para o seu cão, consulte quais são proibidos. Por exemplo, os legumes que contenham concentrações elevadas de thiosulfate (como a cebola) são tóxicos para eles, por isso é melhor evitá-los.

O alho pode ser usado em quantidades moderadas, ele ajuda a evitar as pulgas, mas deve ser administrado em doses mínimas.

Busque em geral legumes ricos em fibras, o que será extremamente benéfico para o sistema digestivo do seu animal.

Excelentes escolhas para a dieta do seu cachorro são batatas, pois são ricas em carboidratos e aminoácidos, fortalecem os olhos; ou cenoura e espinafre, que são fontes de muitas vitaminas.

Você pode condimentar a comida com ingredientes como pimenta, que é boa para a circulação, ou incluir brócolis,  que diminui as chances do animal desenvolver câncer.

Grãos e Cereais

Em geral, tudo que é rico em fibras será bom para seu cachorro. Embora não seja obrigatório, esses alimentos ajudam no processo de digestão.

Por exemplo, massas e pães tendem a atrair o gosto do seus cachorros, mas devem ser administradas com moderação, para evitar a obesidade. O arroz é recomendado pelo seu aporte proteico.

Tenha em mente que seu cão deve ter uma dieta mais variada possível, porque se você optar por apenas dois ou três ingredientes, pode causar danos a longo prazo, além de causar falta de apetite nos animais devido a falta de opções da dieta.

Uma boa alimentação caseira baseia-se na mistura de nutrientes, cozidos ou crus, fornecida através da carne e enriquecida pelos vegetais e, para melhorar a digestão, cereais.