Diferenças entre a multiplicidade de raças de cães

Raças de cães

Atualmente, uma média de 1000 raças de cães são reconhecidas, mas apenas um quarto delas foi investigada quanto ao comportamento e as diferenças que existem entre elas. Estes estudos foram feitos de acordo com uma ampla gama de metodologias que permitem conhecer o que faz uma ou outra raça e as diferenças entre elas.

Por que algumas raças foram escolhidas para cuidar de rebanhos, já outras para ajudar cegos atuando como guias e, já outras, para salvar vidas ou puxar trenós? A função que cada raça desenvolve está diretamente relacionada com as suas aptidões e temperamento.

Portanto, as diferenças entre as raças não dependem só do tamanho e das habilidades físicas.

Estudos realizados

Cão

Entre os anos 1950 e 1960, dois cientistas chamados Scott e Fuller escolheram cinco diferentes raças que tinham sido criadas exatamente nas mesmas condições. Estas raças eram o Basenji, o Fox Terrier, o Cocker Spaniel, o Beagle e o Pastor de Shetland.

Scott e Fuller encontraram diferenças muito significativas entre essas raças, que foram atribuídas à causas genéticas. No entanto, depois foram encontradas diferenças muito marcantes em cães de uma mesma raça.

Outro estudo mais recente analisou 56 raças diferentes para 13 caracteres de conduta. Este estudo foi feito atribuindo uma pontuação para cada raça e cada personalidade, julgada por um grupo de médicos veterinários e de juízes de exposições caninas.

Este estudo mostrou que o fator “raça” desempenha um papel muito importante na determinação das diferenças.

No entanto, mesmo assim, havia algumas personalidades que eram muito mais previsíveis do que outras, com base na raça. Isso significa que a raça não é a única influência quando se trata de determinar diferenças.

Independentemente da raça, cada animal é único e tem sua própria personalidade, que é marcada pelo tratamento recebido, pela infância que teve ou pela genética.

Algo que também pode influenciar as diferenças nas raças é o fator ambiental.

Por exemplo, se dois cães de raças diferentes estão sendo criados por pessoas com expectativas e gostos semelhantes, você poderá encontrar semelhanças entre os dois exemplares.

No entanto, o fato de um cão ser de uma raça ou de outra não afeta a personalidade o animal. A personalidade é algo que se desenvolve com base em situações de vida e dos fatores que vimos anteriormente. Mas não confunda personalidade com temperamento.

Temperamento é de todas as raças e faz com que, de acordo com o que caracteriza os cães dessa raça, eles sejam melhor utilizados para uma coisa ou outra.

Que raça devo escolher?

Cães e família

É possível que, se você está pensando em comprar um animal de estimação, com as diferenças entre as raças, agora você deve estar se perguntando qual raça é a melhor. Desculpe, mas não poderemos responder isso.

Não existe uma raça melhor ou pior. Cada uma é determinada por fatores específicos. E, como você viu, cada cão tem a sua própria personalidade.

Então, ao escolher um cão, tudo depende de suas necessidades, a família que você tem e o que eles querem de um cão… você quer um guardião para a sua casa? Prefere um cão que viva dentro de casa e que seja bom com as crianças? Ou um cão que fique quieto e lhe faça companhia?

Bem, isto, como vimos no artigo, é determinado pela raça. Portanto, quando for a um criador profissional para comprar um cão, você poderá explicar o que quer que o seu cão faça, qual a principal função dele e, a partir disso, o profissional poderá lhe aconselhar.

O filhote que você escolher, de acordo com a sua raça, estará perfeitamente preparado para se desenvolver como você quer, desde que a sua raça marque o seu temperamento, mas não se esqueça de que a personalidade de seu cão será marcada pelo tratamento e educação que você lhe der.