E se meu cão levar uma picada de abelha?

picada de abelha

Não faz diferença se é verão ou não, é normal ver abelhas e vespas voando por toda parte. Assim como nós somos alvos de seus ataques, também acontece o mesmo com os nossos animais de estimação. Uma picada de abelha pode causar grande dor ao nosso cão, por isso, é importante estar preparado. Temos que saber como agir o mais rápido possível.

Embora seja possível que você nunca tenha passado por essa situação, dizem que mais vale prevenir do que remediar. Portanto, em “Meus Animais” lhe passaremos os passos a seguir, para o caso de seu cão levar uma picada de abelha ou de vespa.

O que fazer se seu cão for picado por uma abelha ou vespa

cao-no-campo

A primeira coisa que devemos saber é que as abelhas deixam uma inflamação esbranquiçada quando fazem uso do ferrão. Esse deve ser o único sinal. Se você vir que outras regiões do corpo de seu cão apresentam outros sintomas, é possível que ele seja alérgico. Nesse caso, você deverá levá-lo sem mais demora ao veterinário.

Se, além disso, seu cão apresenta fraqueza, vômitos, febre ou qualquer anormalidade, está claro que ele é alérgico. Neste caso, os primeiros socorros que você poderia lhe dar não seriam suficientes e ele necessitará de atenção veterinária.

Em primeiro lugar: tirar o ferrão

No ferrão é onde está o veneno deste incômodo inseto. Portanto, o primeiro passo a dar é retirar o ferrão. Apesar da nossa primeira ideia pode ser a de utilizar pinças de depilação para removê-lo, proceder dessa forma é um erro. Isto poderia rompê-lo e permitir que o veneno se propague ainda mais.

Para tirar o ferrão de maneira correta e sem incidentes, o melhor é usar um cartão de crédito ou um cartão muito duro. Empurraremos no sentido contrário, para fora. Ajudaremos com as mãos, até que ele seja completamente expulso pela pressão.

Lavar a região

Depois de ter extraído o ferrão da abelha ou da vespa, o passo seguinte será lavar a área picada com água e sabão em abundância. Isso ajudará a eliminar qualquer resto de veneno que tenha ficado. É importante que você não esfregue, pois isso apenas aumentaria a dor de seu cão. E lembre-se de usar um sabão neutro e, se possível, natural, sem produtos químicos.

Sendo assim, lave de maneira suave, como se o fizesse com um bebê. Assegure-se de que a área está bem limpa e desinfetada. Se desejar, poderá aplicar um pouco de água oxigenada, mas nunca álcool.

Aliviar a dor

O seguinte passo é tentar aliviar a dor que seu cão estará sentindo, por ter levado uma picada de abelha. Para isso, um grande aliado será o gelo. O gelo diminuirá o inchaço e massageará a zona, aliviando imediatamente a dor de seu animal.

Outro aliado pode ser o bicarbonato de sódio. Uma colher de chá em um copo de água será suficiente para umedecer um pano e aplicá-lo na zona afetada.

A Aloe vera também é ideal para esta função. Se você a tiver em casa como planta, a chamada babosa, corte apenas o caule e aplique-o diretamente sobre a região da picada. Lembre-se de abrir os pelos. Se quiser, poderá cortá-los um pouco para que o produto seja melhor absorvido.

Se você não tem a babosa, no mercado poderá encontrar cremes e loções com 99% de aloe vera, que ajudará da mesma forma.

Levá-lo ao veterinário

medo-do-veterinario

Como dissemos antes, esses são os passos a seguir em casa, algo que você pode fazer. Mas se seu cão apresenta alergias, um inchaço fora do comum ou qualquer sintoma que denote algo anormal, não demore e leve-o ao veterinário.

Seja como for, tenha você o levado ao veterinário ou o tratado em casa, lembre-se de olhar diariamente a região da picada. Pois, algumas vezes ela pode piorar. Um acompanhamento constante evitará problemas maiores. Portanto, não pense que tudo já foi resolvido e que é algo sem importância, não custa nada ficar um pouco mais atento e velar pelo bem-estar de seu animal de estimação.