#Echaunapata, campanha no Instagram para animais abandonados

#Echaunapata

Nós adoramos te contar notícias como esta. Falar de organizações e projetos que fomentam a adoção ou que tentam melhorar a vida dos animais abandonados ou maltratados é genial. #Echaunapata é uma delas e queremos que você a conheça.

O abandono na Espanha

O número de animais abandonados na Espanha é incrivelmente alto: 150 mil animais de estimação por ano. Não faz muito tempo que lhe falamos de Istambul, onde há essa mesma quantidade de gatos que os cidadãos se encarregam de alimentar e cuidar.

Entretanto, os animais de estimação abandonados na Espanha não contam com a mesma sorte e são deixados sem mais, para que eles sozinhos tentem sobreviver como podem.

As causas do abandono no país são muitas. A temporada com o maior número de abandonos é o verão, quando muitos animais “atrapalham” as férias de seus donos e são abandonados à própria sorte. Que triste!

Cada vez mais, muitas campanhas de adoção têm sido feitas e elas realmente funcionam, pois ainda há pessoas com bom coração dispostas a ajudar a estes animais. Entretanto, o número parece não baixar.

#Echaunapata, um raio de esperança para os abandonados

cidade-dos-gatos

As redes sociais favoreceram muitíssimo os processos de adoção, já que estas trabalham na velocidade de um raio. Apenas compartilhar uma foto é suficiente para se ter centenas de “likes” e dezenas de comentários. Encontrar dono para um animal de estimação pode ser uma questão de minutos.

Porém, quando o número de animais abandonados é muito alto, parece que associações e projetos dedicados a isto não dão conta de ajudar a todos.

#Echaunapata é uma campanha criada por uma conhecida marca de produtos para animais de estimação que tem como finalidade cuidar dos animais menos favorecidos.

A campanha foi mais um passo dado pelas organizações que compartilham fotos de animais abandonados, esperando que alguém os adote. Bem, ela não compartilha fotos no Instagram, mas pede que seus seguidores o façam.

Não entendeu nada? Explicaremos melhor.

Como funciona #Echaunapata

Como dissemos, é uma campanha criada por uma marca de produtos alimentícios para animais de estimação. Pois bem, o que faz é simples. Pede a todos os seguidores de seu Instagram que compartilhem uma foto de seu animal de estimação.

Por cada foto compartilhada, é doado um euro em alimentos para animais de estimação, que será destinado a associações como a “ANAA” e “La Madrileña”.

Esta campanha foi um sucesso, já que, no ano passado, conseguiram arrecadar 7 mil euros em comida graças aos usuários da rede social, que não pararam de compartilhar fotos de seus cães e gatos.

Este ano, estima-se alcançar o número de 10 mil. Quer ajudar? É fácil, procure #Echaunapata no Instagram e envie as fotos de seus animais de estimação. Ajudar os animais abandonados sem adotar já é possível.

O abandono, um mal impossível de erradicar?

evitar-que-o-cao-coma-na-rua

Os cães passaram por muitas fases. Primeiro, foram pastores, depois, cães de guarda e, por último, se tornaram animais de estimação. Apesar do fato dos animais estarem mais próximos das pessoas hoje e, esperamos, serem mais amados, o número de abandonos só aumenta.

Ninguém abandonava no passado seu cão de guarda ou seu cão pastor, mas muitos abandonam hoje seus animais de estimação. E o triste é que os números sobem e sobem, em vez de diminuírem. As causas disto são várias:

  • Não querem responsabilidade. Muitos acreditam que um animal de estimação é um bichinho de pelúcia para brincar, mas, quando se veem diante de outras responsabilidades, desprezam o animal.
  • Velhice do animal. Um pouco parecido com o anterior. Enquanto o cãozinho era saudável e bonito, tudo estava bem. Na velhice e com os gastos extras, tornou-se um estorvo.
  • Férias. Não poder levar o cão junto durante as férias, esse é um dos maiores motivos de abandono. Seria tão mais simples e humano deixá-lo por uma semana em um abrigo…

Esperamos que #Echaunapata continue tendo êxito, já que, no momento, não se pode acabar com o abandono, mas que pelo menos possamos cuidar dos animais abandonados.

Fonte da imagem principal: www.chaval.es