Educar um cachorro ciumento

É interessante como os cães se parecem com os humanos, eles precisam do nosso carinho, atenção, que lhes dediquemos tempo e também possuem sentimentos. As pessoas que têm cachorros em casa já sabem muito bem disso.

Nesta oportunidade, vamos falar sobre o ciúme dos cães, um sentimento muito comum que aflora quando chega um novo membro da família ou um novo bicho de estimação.

É por isso que temos que pensar muito bem na hora de adotar um cão, se já temos outro. Mas se você já o adotou e os ciúmes brotaram, vamos ensiná-lo a educar o seu cão ciumento.

Ciúmes em cães

10 cachorro-ciumento-2

Para o cachorro sentir ciúmes vai depender, em grande parte, da educação que você tenha dado a ele. Ele pode se mostrar ciumento ante várias situações diferentes, principalmente frente a qualquer pessoa ou animal que lhe possa roubar o protagonismo.

O seu cachorro pode começar a sentir ciúmes quanto acontece uma mudança de papéis, isto acontece quando chega um novo membro à nossa família. Por isso a atitude dos donos, frente a nova situação que se apresenta, tem grande importância.

O ciúmes podem ser causados por um motivo sexual, disputas pelas cadelas no cio, etc, mas isto é algo instintivo que os cães sofrem para perpetuar a espécie.

Seu cachorro também pode ter ciúmes por querer mais atenção, no momento em que chega uma pessoa nova em casa, ou frente a uma situação em que a atenção dos donos lhe é tirada. Eles percebem que não estão recebendo a mesma atenção e, assim, se sentem inseguros e certamente vão reclamar isso com seu dono.

Indícios de ciúmes em cães

Uma questão comum aos donos de cães é: como ter certeza que o seu cão está sofrendo por este motivo? Para isso você pode observar certos sintomas ou sinais no seu bicho de estimação:

  • Mudanças no seu comportamento diário, pode ser que, de repente, ele comece a rosnar sem motivo aparente e depois se acalme sozinho;
  • Se aparece uma pessoa ou bicho de estimação novo na casa e seu cão se mostra irritado, possivelmente essa atitude seja por motivos de ciúmes;
  • Age de maneira possessiva e protetora com o animal ou a pessoa de quem sente ciúmes, perseguindo-a a cada passo que dá e, inclusive, podendo ficar obcecado;
  • Pode chegar a morder objetos, algo que não fazia e agora faz para chamar a atenção da pessoa de quem está enciumado;
  • Há casos extremos, em que pode acontecer de se transformar em ciúmes patológicos e que a convivência acaba se tornando insuportável. Isto é algo de difícil solução.

Controlar os ciúmes nos cães

10 cachorro-ciumento-3

A educação

A educação tem um papel primordial para que o nosso cão não sinta ciúmes no futuro. Desde filhote, você deve acostumá-lo a se relacionar com outros cães e bichos de estimação, além de diferentes seres humanos. Se eles se acostumam a compartilhar seus brinquedos, sair para passear com outro animal de estimação e, inclusive, se relacionar com crianças, esteja certo de que, no final, ele não verá as novas pessoas ou cães como uma ameaça.

Um cachorro novo em casa

Se você já tem um cachorro em casa e decide adotar outro, precisa estar convencido de que o bicho de estimação que já vive em casa não terá problema algum. Se você decidir que eles irão conviver juntos, terá que apresentá-los, deixar que se cheirem e que se relacionem, mas evite que fiquem sozinhos nos primeiros dias.

O seu comportamento

É muito importante que você não perca a calma, nem use o castigo físico com seu cão, porque vai ser pior. Mas você deve mostrar a sua autoridade e deixar as coisas claras. Além disso, precisa dedicar-lhe tempo e compartilhar brincadeiras, passeios e servir-lhe a sua comida.

Dê a mesma atenção para os dois cães

É muito importante evitar a concorrência entre ambos os cachorros. Para isso, você precisa dedicar o mesmo tempo a ambos, brincar com eles e tratá-los do mesmo modo, ainda que o novo bicho de estimação seja apenas um filhote. Assim, você evitará os problemas de ciúmes porque o seu antigo cão se sentirá deixado de lado.

Para evitar que haja problemas com a comida, os dois precisam comer em pratos diferentes e em lugares separados, assim não haverá problemas pela disputa da comida.

Outros conselhos

É você quem deve ditar as regras e não seu cão, você não deve deixar que ele te manipule.

É muito importante que você deixe bem clara para ele a hierarquia, onde você ocupa o primeiro lugar e ele o último.

Se o seu cão sente ciúmes, a pessoa da qual ele está enciumado é quem deve corrigi-lo.