Ensinar um cão a falar é mais fácil do que parece

ensinar um cão a falar

Quantas vezes já dissemos sobre algum cão “só falta falar” ou “se ele pudesse falar”? Pois bem, esse momento chegou, portanto quando algum amigo lhe pedir algo, lhe diga em tom de brincadeira que o fará quando os cães falarem. Mas lembre-se que ensinar um cão a falar poderá estar muito mais perto do que você imagina.

Dizem que tudo já foi inventado, mas não é bem assim. Continuam inventando e cada vez mais fazemos maiores descobertas que nos beneficiam e facilitam a vida. Este é o caso da nova descoberta que te permitirá falar com o seu cão. Quer saber mais a respeito?

Como ensinar um cão a falar

ensinar um cão a falar

Em situações extremas, como a de um resgate, incêndios e busca por pessoas, seria muito útil que os cães pudessem se comunicar de uma forma mais precisa com os humanos. Por isso, na Georgia, Jackson, uma professora do Instituto Tecnológico desenvolveu essa tecnologia.

Em que consiste? Trata-se de coletes que os cães usam e que podem transmitir sons audíveis que são derivados de um smartphone, graças a sensores que são instalados neles.

Este invento forma parte do programa FIDO ((Facilitar a Interação de Cães com Ocupações) e foi patrocinado pelo DARPA, dos Estados Unidos, assim como pela National Science Foundation.

Sky é o cão da professora Jackson. Ele teve um papel crucial no bom funcionamento deste invento, já que ele teve a capacidade de “dizer” o que falhava e o que funcionava com perfeição. Viu como é possível ensinar um cão a falar? Mas vamos aos detalhes.

Como funciona este invento que fará o seu cão falar

Como bem dissemos antes, o colete dispõe de sensores que o cão ativará com uma mordida, com uma lambida ou com seu nariz, esses sensores podem fazer com que o seu cão possa responder perguntas. O objetivo de Jackson é utilizá-los em cães policiais detectores de bombas, para que desse modo, através dos sensores, eles possam transmitir ao seu mentor se é ou não um explosivo e de que tipo de explosivo se trata.

Segundo Jackson, “os cães detectores de bombas têm a capacidade, já que estão preparados para isso, de encontrar bombas e explosivos e, além disso, eles sabem de que tipo é o explosivo que encontram. O problema é que eles não têm uma maneira de explicar isso ao mentor”. Por isso, Jackson está totalmente convencida de que seu invento poderá salvar muitas vidas e tornar mais fácil o trabalho daqueles que arriscam a própria pele, dia a dia, para salvar a pele dos outros.

Nesse momento este invento tem fins comerciais para uso profissional.

Como ensinar um cão a falar em casa

Como é possível que ainda demore vários anos para que este invento chegue às nossas vidas, é provável que agora você tenha tido vontade de ensinar um cão a falar. Pois bem, você poderá fazê-lo em casa e de maneira simples. Claro que você não deve esperar que o seu cão leia um livro em voz alta.

Os que sim você poderá conseguir será fazer com que o seu cão lata quando você quiser e, inclusive, que responda suas perguntas com latidos.

Latir ao seu comando

ensinar um cão a falar

O desafio será conseguir fazer com que o seu cão lata quando você quiser e que pare quando você ordenar. Para conseguir isso, há várias coisas que você poderá fazer:

  • Escolha seu prêmio. O reforço positivo é a melhor maneira de lhe ensinar. Use prêmios para recompensar seus avanços.
  • Use um clicker, que é instrumento desenvolvido para sinalizar os cães que eles fizeram algo corretamente.
  • Use um nome para a ordem. Este nome deverá ser curto e ter a vogal “a”, pois é mais fácil para eles aprender deste modo. Assim use a palavra “fale” para quando quiser que ele lata.
  • Elimine a recompensa. Pouco a pouco você deverá ir deixando de lados os prêmios, pois já terá conseguido o que desejava. Os prêmios só servem como um meio de se obter um objetivo.

Calar a sua ordem

Uma vez que o seu cão já sabe falar, agora você deve lhe ensinar a calar:

  • Faça com que ele lata e logo depois lhe diga para parar.
  • Dê um nome curto à sua ordem, este pode ser “silêncio” ou “quiet” em inglês.
  • Uma vez que tenha conseguido isso em casa, pratique com ele em um parque onde há mais distrações. Não se esqueça de seus prêmios.