Entender a mente de seu cão

entender a mente de seu cão

Quando um cão chega pela primeira vez a um novo lar, pode ser difícil saber como tratá-lo, como lhe demonstrar carinho ou ainda mais difícil, conhecer suas expressões de carinho e sua forma de nos pedir algo. Para conseguir compreender tudo isso e conhecer mais o seu novo amigo, é essencial entender a mente de seu cão.

Pode ser que você esteja se perguntando se é possível conseguir entender a mente de seu cão. A resposta é sim. Nossa mente é movida por raciocínios, sentimentos e emoções e por isso é muito difícil conseguir compreender por que os cães agem como agem se não entendermos sua mente.

Como entender a mente de seu cão

Mulher beijando cachorro

Para entender a mente de seu cão, você deve observar como ele reage aos seus movimentos, porque embora haja muitas ações que os cães têm em comum, também é certo que cada cão é um mundo. Por isso, aqui lhe falaremos de generalizações, mas considere que em cada animal de estimação específico pode haver algum tipo de variação.

Carícias

Para poder acariciar o seu cão de maneira que seja agradável para ele, você terá que entender a mente de seu animal, e como lhe dissemos antes, observar o que ele gosta e o que não gosta.

Via de regra, nenhum cão gosta que lhe acariciem o rabo, as patas, as orelhas, e, em alguns casos, inclusive a cabeça.

A quase todos os cães agrada que acariciemos o lombo, as costas, debaixo do pescoço e a barriguinha. Porém, apesar disto ser uma generalização que engloba todos os cães, observe o seu e, se ele aparentar não gostar de alguma das carícias, mude-a.

Agressividade

Algumas vezes os cães podem ser agressivos, inclusive em nossa própria casa. Isto acontece porque nos esquecemos que os cães são animais e que não nos entendem como gostaríamos, mas isto não é bem assim.

Os cães têm a capacidade de nos observar e de entender a nossa linguagem corporal, portanto eles sabem reconhecer o nosso tom de voz, os nossos gestos e a nossa postura. Assim eles são capazes de identificar se estamos ou não cômodos com a presença deles.

Por isso, a agressividade que algumas vezes demonstram os cães, em muitas ocasiões é causada por nossa atitude.

O que você deve saber para entender a mente de seu cão

Os cães são muito diferentes dos humanos e, ás vezes, esse é nosso maior erro: esquecer esse conceito. Os cães se movem por instinto, reagem segundo o que cheiram e o que são capazes de pressentir.

Temos que compreender que eles se movem segundo uma estrutura hierárquica e que, portanto, sempre estão procurando por um líder. Se você ou algum membro de sua família não lhe demonstrar quem é o líder, ele assumirá esse papel, o que pode gerar no animal episódios de agressividade ou de ansiedade.

Os dominantes são os que ganham sempre, por isso devemos tomar cuidado para não fomentar essa atitude. Por exemplo, se o animal estiver tenso e nós o acariciarmos, estaremos reforçando esse comportamento e ele será agressivo, se não for conosco, será com outras pessoas quando forem tocá-lo.

Porém, já no contrário, se quando ele tiver medo o acariciarmos, estaremos lhe dizendo que ter medo está bem. Quando o cão demonstra emoções, o melhor é deixá-lo tranquilo.

Outro erro comum que cometem os humanos com seus cães é o de chamar a atenção do bichinho por ele fazer certas coisas que são normais da espécie, como cheirar o chão ou comer algo que caiu perto dele.

Educando cachorro

Chamar a atenção dos cães repetidas vezes por algo que para eles é natural não servirá para nada, apenas para que o seu cão não entenda o que você lhe diz e sinta medo a cada vez que ele for fazer algo. É como se te obrigassem a não bocejar quando você tem sono.

Do mesmo modo, os cães são animais de grupo e estão acostumados a se relacionar com outros cães, sabem reconhecer seus congêneres. Mas quando eles vão de encontro a algum outro cão em nossa presença, sempre tentamos impedi-lo e inclusive brigamos com ele.

Deixe-o se socializar, é importante e algo natural para ele, além disso será muito benéfico para que ele se torne um animal agradável com outros cães e também com outras pessoas.

Se esforce para entender a mente de seu cão e seu vínculo com ele se fortalecerá enormemente.