Escolhendo a raça de cão perfeita

Escolhendo a raça de cão perfeita

Escolher a raça de cão perfeito não é uma decisão que deve ser tomada às pressas. Isto deve envolver a toda a família e tem muitos fatores a serem considerados.

Quando se trata de escolher um filhote, sempre é importante pesquisar sobre o cão que você busca. Seja mediante a adoção em um refúgio de animais, recolhê-lo diretamente da rua ou comprá-lo, não podemos começar a nossa jornada até que tenhamos decididos sobre o tipo de cão que procuramos.

Fatores a serem levados em conta

Há muitos fatores que irão intervir na hora de escolher uma raça de cão, sendo que consideramos os mais importantes:

  • Compatibilidade com crianças;
  • O nível de energia;
  • Já ter cuidado antes desta raça;
  • O tamanho;
  • Aspectos como asseio e cuidados necessários;
  • Necessidades especiais do cão.
Cão correndo

Autor: Os cães acreditam muito nos homens                     http://meusanimais.com.br/os-caes-confiam-demais-nos-humanos/

 

A seguir, apresentaremos alguns critérios úteis para te ajudar a fazer uma melhor seleção do tipo de cão que se adaptará melhor ao seu estilo de vida. Uma vez que tenha encontrado a raça mais adequada, poderá começar a buscar por ela nos abrigos, canis ou criadouros.

De todas as opções na hora de escolher um cão, há alguns fatores que parecem ser mais populares entre as famílias que escolhem os seus cães:

  • Anos no abrigo;
  • Tamanho dos pelos;
  • Nível de atividade;
  • Tamanho;
  • Natureza orientada à família;
  • Adestrabilidade / inteligência;
  • Idade de um cão.

Continuando, analisaremos melhor a informação de três das três características mais relevantes:

Filhote ou adulto?

Um critério importante ao selecionar um cão é a idade. Se houver crianças pequenas na casa, pode ser mais adequado ter um cão adulto que já tenha a mordida inibida e não a coloque em prática em suas crianças ou em seus brinquedos.

Algumas famílias optam por escolher a um novo filhote que possa crescer com seus filhos e que possa ser ensinado a obedecer desde o começo. Isto pode funcionar igualmente bem com a adoção de um cão completamente desenvolvido.

A idade também é um fator preponderante no de nível energia do cão que vier a escolher. Se está procurando um companheiro de corrida, a escolha de um cão maior não é adequada. Porém, se você quer um cão mais tranquilo, um cão maior pode ser muitíssimo mais adequado.

Mulher deitada com cachorro

Nível de atividade

Um fator particularmente importante para as famílias quando estão escolhendo seu cão é o nível de atividade. As famílias que vivem em um apartamento não se adaptam bem aos cães com níveis particularmente altos de energia, embora isto possa vir a ser remediado se você for um corredor, por exemplo, e se dedica a dar ao seu cão uma rotina adequada de exercícios.

Muitas famílias começam com esta intenção e terminam perdendo o interesse. Um cão com alto nível de energia e sem nenhum tipo de estimulação, vai se transformar em um cão destrutivo, que é uma demonstração inequívoca de tédio.

Tamanho do cão

Um dos fatores mais básicos na escolha de um cão é o tamanho do mesmo. O tamanho inclui tanto a altura como o peso. As famílias que vivem em um pequeno apartamento devem considerar a obtenção de uma raça pequena.

As famílias com crianças pequenas devem ter especial cuidado ao escolherem uma raça de cão gigante. Por exemplo, enquanto raças como os mastins podem ser graciosos e amáveis com as crianças, eles também podem não se dar conta de seu enorme tamanho e podem golpear facilmente as crianças que cruzem seu caminho.

Do mesmo modo, as raças pequenas que têm origens no pastoreio, podem chegar a abocanhar os calcanhares das crianças na intenção de encurralá-las como fariam com as ovelhas.

Ao selecionar um filhotinho de raça mista de um refúgio, nunca se sabe o tamanho que o cão vai ter. Uma vez que ele esteja completamente crescido, já se poderá saber mais ou menos o tamanho, dependendo das raças que foram misturadas.