Estudos dizem que os cachorros são mais inteligentes que os gatos

cachorros são mais inteligentes que os gatos

Os cachorros são mais inteligentes que os gatos? Essa pergunta sempre causou discussões acaloradas entre os donos de animais de estimação. Obviamente eles irão sempre defender a inteligência de seu amigo querido e, para demonstrar a sua certeza, basearão sua tese em alguma das suas façanhas.

Mas além da paixão, é certo que, na realidade, não existem muitas evidências científicas para determinar se uns são mais inteligentes do que os outros.

Os cachorros e os gatos são duas espécies diferentes, por isso a comparação de inteligência entre eles deve ser diferente.

Muitos cientistas sugerem que o tamanho do cérebro revela o grau de inteligência de cada espécie. Nos gatos, por exemplo, o cérebro representa cerca de 0,9% da sua massa corporal, enquanto nos cães este número é um pouco mais elevado: 1,2%.

No entanto, outros investigadores sustentam que o tamanho do cérebro não é a chave para a inteligência. Neste sentido, eles afirmam que as pistas se encontram no número de neurônios que cada animal apresenta.

Os gatos tem 300 milhões de neurônios, enquanto os cachorros têm 160 milhões.

O que dizem os estudos?

Qual deles será mais inteligente?

Nos últimos anos, vários estudos começaram a mostrar como os cães são inteligentes. Por exemplo, eles podem classificar objetos em categorias e averiguar o que as pessoas estão pensando.

Em relação aos gatos, cientistas trataram de determinar, em 2009, se os felinos eram capazes de distinguir entre diferentes quantidades de objetos, uma habilidade que havia sido demonstrada anteriormente nos peixes.

Ao final, a investigação demonstrou que os gatos podem ser treinados para discriminar quantidades, mas não têm a capacidade inerente para fazê-lo por conta própria.

Outros estudos revelaram que cães e gatos podem resolver quebra-cabeças simples para conseguir comida, mas quando o jogo não pode ser resolvido, a reação dos dois animais é diferente.

Os cachorros, por exemplo, se dirigiram aos seres humanos em busca de ajuda, enquanto os gatos seguiram tentando por conta própria. Isso não significa que os cães sejam mais inteligentes, só demonstra que a sua interação com as pessoas é muito maior.

E não é para menos. Não nos esqueçamos de que os cachorros foram domesticados 20 mil anos antes do que os gatos, o que lhes dá maiores habilidades sociais com os humanos.

Felinos, poucos estudos

Comparação de inteligência entre gatos e cachorros

Para sermos justos, os cachorros, diferentemente dos gatos, são muito mais fáceis de treinar e têm uma maior predisposição a serem estudados. Por isso o número de estudos sobre eles é muito maior.

No entanto, o mesmo não ocorre com os gatos. Talvez os felinos sejam tão ou mais inteligentes do que os cães, mas simplesmente não querem nos deixar revelar este segredo.

É fato que os gatos podem ser domesticados em um instante, sempre e quando tenham acesso a uma caixa de areia limpa. Não há treinamento para isso. É somente o instinto.

Por outro lado, os cachorros têm mais dificuldade em aprender e alguns simplesmente nunca conseguem.

Outra diferença entre estes animais se encontra na capacidade de sua memória. Nos cachorros, as lembranças têm somente cinco minutos de duração, enquanto no caso dos gatos, o tempo pode chegar a 16 horas.

Mas que tipo de coisa os animais de estimação podem chegar a lembrar? De acordo com os estudos realizados, os gatos parecem lembrar da bondade humana e devolver o favor mais tarde.

Ou seja, se o dono cumpre o desejo do felino de interagir, o gato irá cumpri-lo em outro momento, com o desejo de ter contato com seu dono.

Por último, se você pensa que as diferenças entre a inteligência de um gato e um cachorro podem chegar a ser fascinantes, poderá se sentir mais interessado em saber que se você prefere um ou outro, isso também pode falar algo sobre a sua inteligência.

Um estudo recente revelou que os donos deste tipo de animal de estimação têm personalidades diferentes.

Os amantes dos cães são mais animados, enérgicos e costumam seguir as regras. Entretanto, os seguidores dos gatos são mais introvertidos, têm a mente mais aberta e costumam ser mais sensíveis.

Em relação à inteligência dos donos, um estudo indicou que os donos de gatos são mais inteligentes que os donos de cachorros. Qual a sua opinião?