Como evitar que meu cachorro fuja?

Como evitar que meu cachorro fuja

Como dono, uma das situações mais difíceis que você pode viver é quando o cachorro escapa ou se perde, já que não somente se perde um amigo fiel, um animal de estimação e o melhor protetor possível, mas também há a responsabilidade do fato que recai sobre seus ombros, por ser você a pessoa que deve ser responsável pelo cuidado e segurança do cão. 

Ao se encontrar perdido, o cão pode ser facilmente roubado ou ferido por diferentes tipos de acidentes, já que neste delicado contexto é normal que se sinta nervoso e ande sem rumo, sem saber o que vai acontecer. Se você não deseja que isso ocorra, vamos dar uma série de conselhos que seguramente vão ser de muita ajuda para evitar que seu pequeno amigo fuja.

Ganhe sua confiança

Cachorro de coleira

Mesmo que o cachorro seja o melhor amigo do homem, esta estreita relação deve ser criada com muito esforço e dedicação para que o cachorro veja você não somente como líder, mas também como uma pessoa em que pode confiar.

Para conseguir isso, é de suma importância entender que seu amigo é um ser que deve ser cuidado e receber todo seu carinho sem pedir nada em troca. Desta maneira, ele vai desenvolver confiança em você e criará um vínculo inquebrável que será determinante na relação entre os dois. Mas também existem outras maneiras muito eficientes para que o cão possa confiar cegamente em você. Estas são algumas delas:

  • Brinque com ele todas as vezes que puder;
  • Não o castigue bruscamente;
  • Olhe-o nos olhos enquanto estiver falando com ele;
  • Nunca se esqueça de seus horários de refeição e de ir ao banheiro.

Uma vez que o cão ganhar sua confiança, este pequeno amigo nunca vai fugir.

Coloque um microchip de identificação em seu cachorro

Se, por alguma razão, for impossível evitar que seu cachorro fuja, os microchips de identificação serão muito úteis. Isto permite recuperar a animal perdido, ao ter dados como o número de telefone ou o endereço do lar, para que quem o encontre possa se comunicar com você.

Por ser crime o abandono de animais, o uso destes itens é obrigatório em muitas partes do mundo, para poder evitar o abandono, já que o chip de identificação é um meio muito útil para saber quem é o dono do animal perdido. Vale assinalar que estes são colocados somente uma vez na vida do cão, na altura do pescoço, assim que já tiver cumprido um mês e meio ou dois meses de idade.

Use uma coleira

Sem dúvidas, este é um dos métodos clássicos para controlar o cão e evitar que ele fuja, já que ao segurá-lo através de uma coleira, você vai ter a possibilidade de acompanhá-lo em seus passeios caninos de uma forma segura e, além disso, vai poder decidir aonde ir e aonde não.

Além do mais, é muito importante que você possa usar este instrumento sem a necessidade de puxar muito o companheiro peludo, já que apesar de existir a crença popular de que estes animais possuem um pescoço forte, o certo é que um mal uso da coleira pode ocasionar fortes danos e lesões nesta parte do corpo.

“Vale destacar que a coleira para cães é um instrumento que deve ser usado de maneira obrigatória em distintas partes do mundo, por isso, mesmo que seu cão esteja completamente adestrado, você deve colocar a coleira se deseja levá-lo para passear.”

Coloque um GPS em sua coleira

colar anti-fuga

Por mais que pareça um artifício de filme, o mais prático para evitar que o cachorro fuja e conhecer sempre sua localização, é colocar a tecnologia Global Position System (GPS) em sua coleira.

Isto vai ajudar sempre a saber onde o cão se encontra e não vai ser preciso se preocupar se, em algum momento, seu pequeno amigo se perder de vista, por isso que se trata, sem nenhum tipo de dúvidas, de uma das soluções mais eficientes para prevenir o extravio de seu cachorro. Se cumpridos cada um dos conselhos aqui expostos, você vai poder prevenir que seu cachorro fuja e vai poder encontrá-lo facilmente se ele escapar.