Como evitar o roubo de cães

Como evitar o roubo de cães

É terrível, mas o roubo de cães é uma atividade ilícita que vem aumentando. Embora as autoridades se encarreguem de realizar investigações para frear o fenômeno, há algumas medidas que podem ser tomadas para proteger o seu melhor amigo.

Por que alguém roubaria meu cão?

A razão principal pela qual os malfeitores colocam os olhos em nossos amigos de quatro patas é para vendê-los ou para utilizá-los como reprodutores.

Portanto, os donos de cães de raças “da moda” (Bull Terriers, Chihuahua, Buldogues, etc) correm muito mais risco de que algum inescrupuloso se interesse pelo seu animal de estimação. Isso se deve à alta demanda de certas raças no mercado, além dos preços elevados que podem ser conseguidos por elas.

Outro tipo de cães que são roubados são os pertencentes a raças poderosas (Pitbulls, Rottweilers, Bull Mastins, etc.), pois geralmente, eles são raptados para serem usados como cães de briga e, atualmente, ainda se lucra muito através dessa terrível atividade.

Cão agressivo

Os cães de caça (por exemplo, os galgos) são roubados com menos frequência, mas há casos em que eles são roubados para serem usados em corridas de cães.

Outro motivo pelo qual se dá o roubo de cães é para receber a recompensa quando os donos, desesperados para achá-los, começam a oferecer dinheiro para quem encontra seus cães. Ou ainda mais diretamente, pessoas os sequestram e cobram dinheiro de seus donos para libertá-los sem danos.

Para evitar este tipo de situações, a melhor medida é a prevenção, por isso lhe daremos algumas recomendações.

Como posso reduzir o risco de ter meu cão roubado?

Apesar de haver um risco está latente, há coisas muito simples que podem ser feitas para diminuir essa situação. Algumas parecerão muito óbvias, mas se as incluímos na lista é porque são muitas as situações onde se apresentam esses casos e que terminam com o furto de um cão:

  • Por nenhum motivo deixe o seu cão fora de um estabelecimento comercial, por exemplo, enquanto vai às compras ou pede informações. A maioria dos casos nos quais se apresentou furtos de animais de estimação ocorreu nesSe tipo de situação.
  • Não deixe o seu cão no carro, isSo além de colocar em risco a vida de seu cão, também, em alguns países, poderá levar o dono a ser condenado por crueldade para com os animais. Esta é uma negligência que você nunca deve cometer.

Cachorro e dona

  • Mantenha-se alerta, não perca de vista o seu animal de estimação, assim como faria com uma criança pequena, assim você evita que ele se perca ou que sofra um acidente. Parte de ser um dono responsável é permanecer atento às atividades de seu cão fora de casa.
  • Não o deixe no jardim de casa sem supervisão, pelo menos, não se o cão estiver visível ou se puderem acessar facilmente a ele através de uma grade ou portão.
  • Use sempre a correia quando passear. Para muitos donos é terrível a ideia de manter o cão o tempo todo na correia, mas ao menos que esteja em um parque ou em um local de confiança, o melhor é que o mantenha ao seu lado e sob seu completo controle.
  • Se o seu cão for ficar sozinho em casa ou se ele costuma passar a noite no quintal, é melhor que o deixe em ambientes fora do alcance de desconhecidos.
  • Os filhotes estão mais propensos a serem roubados, portanto, permaneça alerta quando um desconhecido se aproximar ou o acariciar, segure-o forte na correia e não deixe que o manipulem.
  • Assegure-se de deixar o seu cão em boas mãos quando contratar serviços de terceiros, sejam veterinários, passeadores ou creches caninas. Você não pode imaginar a quantidade de vezes que os cães são perdidos em mãos de terceiros.
  • Não confie se algum desconhecido se oferecer para cuidar de seu cão, mesmo que seja por um breve momento. É melhor ficar mal com o desconhecido, mas manter a integridade de seu cão.
  • É melhor que as crianças não passeiem sozinhas com os cães.
  • Não deixe que seu cão saia na rua sozinho.
  • Coloque em seu cão algum tipo de identificação, preferivelmente um microchip.
  • Evita zonas escuras, isoladas ou perigosas.

E caso roubem o seu cão, lembre-se de avisar imediatamente a polícia e fazer uma denúncia. Quanto mais o tempo se passar, menos probabilidades você terá de recuperá-lo.