Exercícios de ioga para fazer com seu cão

ioga

Há alguns meses, falamos sobre Pancino, um simpático chihuahua famoso por fazer ioga junto com seu dono. Isso chamou a atenção de muitos leitores. Mas não é nada novo, já que há alguns anos já existe o “doga”, ioga com cães.

Trata-se de exercícios similares aos que nós fazemos ao praticar ioga, incluindo técnicas de respiração e posturas. Porém, essas são um pouco mais simples para que, assim, o cão seja capaz de nos acompanhar no ritmo.

A ioga tem amplos benefícios também para os animais de estimação. Ela os ajuda a relaxar e a exercitar a disciplina, fazendo deles animais mais obedientes e ágeis mentalmente, sem contar com o quanto isso melhorará a flexibilidade deles.

Por outro lado, o doga é uma oportunidade única para aqueles que não querem deixar seus cães sozinhos em casa por nada nesse mundo e, assim, pode-se passar mais momentos com eles.

Como fazer ioga com seu cão

pancino-cao-que-faz-ioga

Fonte: http://news.urban360.com.mx

Não podemos esperar que um cão comece a fazer ioga do mesmo modo que nós. Eles necessitam de outro tipo de entendimento e linguagem. Além disso, é vital para a pratica da ioga que o animal esteja bastante relaxado.

Se fizermos com ele um relaxante passeio antes da sessão de ioga, permitindo-lhe correr e liberar energia, será mais provável que ele esteja tranquilo para a prática.

Para começar, as primeiras sessões não devem ser carregadas de exercícios, mas sim centradas em fazer com que o animal entenda o que queremos que ele faça. Uma ou duas posturas serão suficientes no início.

Isso aumentará o conforto do cão e também sua confiança em nós e na situação em geral. Fazer com que o animal se sinta dessa forma ajudará que ele queira vir a outras sessões de ioga conosco.

Nem todas as posturas são adequadas para todos os cães. Devemos compreender que não é o mesmo praticar doga com um cão pequeno e com um grande. Por exemplo, um chihuahua como Pancino poderia inclusive ficar sobre nós, algo que não poderíamos fazer com um peludo de grande porte.

Técnicas de respiração da ioga para cães

Embora você seja dono de seu colchonete, se decidir fazer doga com seu cão, deverá compartilhá-lo com ele. Estar a seu lado fará com que o animal se sinta cômodo e seguro.

Sentaremos no colchonete e teremos o cão perto de nós, tentando relaxá-lo e fazer com que ele sinta nossa respiração enquanto nós sentimos a dele. Depois colocaremos as nossas mãos em seus lombos com força, para que ele fique quieto. Não podemos esperar que o cão faça uma sessão de ioga muito longa, por isso, alguns poucos minutos já serão suficientes para começar.

Posturas para cães, com massagens!

exercicios-para-caes-em-repouso

Para que o cão se acostume à ioga, você necessitará de muita paciência, perseverança e carinho. É muito provável que, a princípio, as posturas não saiam corretamente, por isso, devemos continuar tentando.

É possível que, se tentarmos envolver o bichinho em nossas pernas, ele queira fugir. Faça isso de maneira muito suave e paulatina, para que ele não se altere ao sentir suas pernas e não fique nervoso.

O melhor é que você se sente e comece a envolvê-lo com suas pernas de forma muito suave enquanto massageia sua cabeça ou suas orelhas, de acordo com a região que o seu cão mais gosta de receber carinho.

Quando o cão já se sentir cômodo com essa postura, você poderá então ir deitando sobre ele, obviamente de forma muito suave e sem deixar cair todo o seu peso sobre ele. Faremos isso estirando suas patas dianteiras, o que lhe ajudará a relaxar e alongar os músculos.

Como vimos, não é tão difícil, apenas siga os nossos conselhos:

  • Não o sobrecarregue de exercícios nas primeiras sessões. Uma ou duas posturas serão mais que suficientes.
  • O doga deve ser uma experiência gratificante para o seu pet, um momento para ele relaxar.
  • Lembre-se de que você não poderá fazer todas as posturas que conhece com seu cão.
  • Almeje fazer com que seu pet se sinta à vontade junto a você nessa prática. Isso se consegue com suavidade, paciência, carinho e perseverança.