O que eu faço se o meu cão não quer andar em áreas de sol

O sol e os cães

No verão, quando a temperatura é mais alta, é muito provável que, enquanto você passeia com o seu cachorro em torno das áreas de sol, de repente ele se jogue no chão, deite e não queira mais andar. O mais provável é que ele esteja sofrendo uma insolação.

A insolação ocorre quando a temperatura do corpo do animal sobe muito, por ele ter ficado exposto em áreas de sol ou, talvez, preso em áreas muito quentes, como um carro ou uma casinha de cachorro.
A insolação também poderá ocorrer quando há muita umidade, mesmo quando está nublado, ou em dias não muito quentes.

Cuidado, a insolação é muito perigosa. Ela pode causar grandes males ao seu cão e, dependendo das circunstâncias, até levá-lo a morte.

Razões pelas quais o meu cão não quer andar por áreas de sol

Cio na praia

Autor: Javi

Os cães, ao contrário de nós, não tem glândulas de suor, então eles não podem regular a temperatura com suor. A única maneira de fazê-lo é ofegando constantemente e através de uma pequena quantidade de suor expelido pelas almofadinhas das patas.

Quando eles entram em áreas de sol, estas almofadas absorvem o calor que está no solo e faz com que o animal sinta que arde e, consequentemente, não queira continuar andando.

Não pense que eles estão exagerando: nós andamos em áreas de sol com calçados, o que nos impede de perceber o calor abrasivo subindo da superfície.

Como reconhecer a insolação

Se você estiver andando em de áreas de sol e ver que o seu animal está mais ofegante do que o normal, passa muito tempo lambendo suas patas ou que simplesmente se deita no chão, é provável que ele esteja sofrendo uma insolação.

Se isto ocorrer, retire o animal da área de sol, leve-o para a sombra e procure resfriá-lo com água. Não apenas o faça bebê-la, mas jogue-a por cima dele, na cabeça e em todo o corpo.

O que fazer se o seu cachorro não quiser percorrer áreas de sol

Você viu que não é bom que o seu animal ande muito tempo pelas áreas de sol e nem que se exponha ao forte calor. Portanto, não há nenhum conselho que possa ajudar o seu cão a atravessar áreas de sol.

Mas sim, existem conselhos para que você saiba o que fazer para que o seu cão não sofra uma insolação, que poderia resultar até mesmo na morte de seu amigo peludo.

Nunca, nunca deixe o seu cão dentro do carro

Às vezes você ouve frases como: “volto daqui a pouco”, “eu deixei a janela aberta” ou “está nublado”. Não há nenhuma desculpa! Em uma área fechada, onde uma alta temperatura se concentra, como um carro, o cão está suscetível a sofrer uma insolação.

Não deixe o seu cachorro ao ar livre

Se não houver nenhuma outra opção, certifique-se de que o local tenha sombra para o seu cão se resguardar, bem como água fresca durante todo o dia.

Não o deixe dentro da casinha

Ainda que seja verdade que tenha sombra dentro dela, o calor incidirá em seu interior e a temperatura irá subir e, então, o seu cão poderá sofrer uma insolação.

Não pratique exercícios nas horas mais quentes

Recomendamos a você levá-lo para passear de manhã cedo ou a noite. Não se esqueça de levar uma garrafa de água sempre que sair para caminhar com o seu cão.

Não raspe os seus pelos

Se você o fizer e for caminhar com ele em áreas de sol, isso poderá prejudicar a pele de seu animal se ela for muito clara. O pelo do cão é uma proteção contra o frio e contra o calor.

Se está passando muito calor, adicione um pouco de gelo na água.

O que fazer se o seu cão sofreu uma insolação

Cão na água

Se você perceber alguns dos seguintes sintomas, não há tempo a perder:

Percebendo isso, leve-o imediatamente ao veterinário. Isto poderá salvar a vida de seu melhor amigo. Enquanto você está a caminho, molhe os pelos dele com água.

Lembre-se que a insolação poderá matá-lo, então não perca tempo e consulte um especialista imediatamente.

Não se esqueça disto e não permita que o seu cão percorra áreas de sol.