Favoreça a saúde de seu animal de estimação utilizando nutrientes como um suporte terapêutico

Cuidar de um animal é relativamente simples. Eles só precisam de uma alimentação adequada, afeto, paciência, educação e tempo. Simples, não? Sobre a saúde dos animais, existem muitas ideias que dão a entender que você poderia se encarregar disso sem fazer nenhuma mudança na forma como você o alimenta, no entanto isto não é verdade.

Para provar isto, vamos lhe contar uma maneira de favorecer a saúde de seu animal de estimação utilizando nutrientes como um suporte terapêutico.

Antes de começarmos, sugerimos a você que nunca mude a dieta de um animal sem consultar previamente o seu veterinário.

Lembre-se que cada espécie tem necessidades nutricionais diferentes, tanto quanto um histórico clínico, que será fundamental para o momento de escolher a classe e a quantidade de nutrientes que lhes podem ser fornecidos.

Não é recomendável, por exemplo, dar à um animal vitaminas, sem que este as necessite.

Como consequência, isto pode saturar seu organismo e causar problemas, por exemplo a hiper-calcificação ou doenças gastrointestinais, produzidas por um excesso de vitamina C.

O que são nutrientes

Falar de nutrientes tornou-se praticamente uma moda discursiva. No entanto, são poucos os que sabem com certeza a que se referem quando falam sobre eles.

Os nutrientes são um produto externo que as células utilizam para realizar diferentes funções dentro de seu ciclo vital, seja para a biossíntese ou para degradar e transformar em energia.

Os organismos obtêm os nutrientes dos alimentos, e cada célula abastece-se de diferentes tipos de nutrientes.

Alguns destes produtos são os aminoácidos, as calorias, os ácidos graxos, as vitaminas ou os oligoelementos, dentre muitos outros.

Os nutrientes contribuem com energia e permitem o correto desenvolvimento e regeneração das células, eles são fundamentais para que um organismo se mantenha com vida. Daí a insistência em se ter uma alimentação balanceada e rica.

Nutrientes como suporte terapêutico

A alimentação ideal dos cães

Os nutrientes trabalham diretamente sobre as células e são de muita ajuda no momento de tratar doenças.

Isto se deve ao fato que os medicamentos, muitas vezes, atuam sobre os sintomas da doença, enquanto os nutrientes fortalecem as células e ajudam a corrigir as causas da mesma.

No entanto, isto é algo que deve ser feito com consciência, pois deve ser considerado o tipo de nutriente apropriado para cada doença específica.

No entanto, a ideia não é que estes cortem o mal: os nutrientes não curam as doenças, mas sim fortalecem o organismo o suficiente para permitir que o seu animal de estimação se cure de alguma doença.

Para iniciar o reforço de um tratamento médico a base de nutrientes, deve-se ter muito claro a condição do animal, que tipo de alimentos ele pode consumir e quais são os aportes que estes lhe trazem no geral.

Este último é importantíssimo pois, enquanto um alimento pode contribuir com grandes quantidades de nutrientes que o animal precisa, outros podem resultar em malefícios para o seu animal, seja por sua espécie ou por sua condição específica.

Nesta classe de tratamentos, o que costuma se fazer é dar inicialmente doses altas do nutriente para melhorar a absorção nos tecidos.

Normalmente estes excessos, quando não são feitos de maneira contínua, são metabolizados e expelidos facilmente.

Uma vez que já tenha se cumprido esta etapa, deve-se então regular o consumo para não causar danos ou saturação no organismo do animal. Para finalizar o tratamento, você deverá então, dar a ele o nutriente sozinho para manter seus níveis regulares.

Estes tipos de medidas são muito utilizadas em animais com problemas de articulações, ósseos ou musculares, pois são tecidos difíceis de tratar, mas que podem ter recuperações muito rápidas (ou pelo menos, amenizar os danos) com o devido processo de regeneração celular.

Apoio entre diferentes fontes

Os nutrientes nas dietas

Muitos nutrientes funcionam melhor quando vêm acompanhados de outros elementos. Por exemplo, a vitamina C pode potencializar seus efeitos quando se fornece com ela, ácido lipoico ou zinco, que são muito comuns nos vegetais.

No entanto, você deve estar consciente que estes tipos de tratamentos têm efeitos a longo prazo e, embora não curem os sintomas de uma doença de forma imediata, contribuem para a regeneração celular, o que fortalecerá o organismo e o fará mais forte frente a qualquer agente externo.