Hotel para cães: como escolher o mais adequado?

Na hora de sair de férias ou ter que viajar por outros motivos, um problema que todos têm que resolver é o que fazer com os animais de estimação.

Enquanto as ofertas de alojamentos e opções para viajar com animais de estimação se multiplicaram nos últimos tempos, os hoteis para cães continuam sendo uma boa opção quando você tem que se afastar de casa por vários dias e não pode contar com alguém que possa cuidar temporariamente de seu cão.

Mas, como saber se o lugar em que o está deixando é o mais adequado? Deixaremos a você pontos importantes que, seguramente, terá que considerar para fazer uma boa escolha.

Conselhos para escolher os hoteis mais adequados

Onde deixar meus cães?

A ideia é que seu cão tenha uma estância cômoda, entretenimento e se mantenha sem traumas enquanto espera pelo seu retorno. Então:

– Consulte familiares e amigos para que recomendem a você lugares onde eles tenham tido boas experiências a respeito. O veterinário também pode ser uma boa fonte de informação.

– Você deverá procurar com tempo e visitar vários lugares para realizar uma boa comparação.

– As tarifas dependerão dos serviços que são ofereçam – alguns hoteis têm até piscina e contam com circuitos fechados de televisão para que você possa ver seu animal através da internet –, desconfie dos excessivamente econômicos.

Uma vez no lugar, observe cuidadosamente:

– As condições higiênico-sanitárias das instalações. Se não estiver limpo, melhor passar para a opção seguinte.

– O estado dos cães hospedados; devem estar contentes, asseados e ter água limpa a sua disposição.

– Se o hotel conta com serviço de atenção veterinária e com uma licença que autorize o desenvolvimento de sua atividade. Pergunte, caso estes dados não estejam à vista.

– Que tenha espaços amplos para que os cães brinquem e se exercitem. Consulte também se os levam para passear e em que condições.

– Que o estabelecimento tenha boa ventilação e troca de ar, para evitar contágios de doenças respiratórias.

– Que os pisos não sejam porosos, para que não mantenham restos de urina e parasitas.

Preste especial atenção aos espaços destinadas aos animais de estimação. Eles devem ser amplos e individuais, para evitar possíveis incidentes com outros animais.

Se você tiver mais de um cão, poderá solicitar recintos maiores para tê-los juntos e para que eles não estranhem tanto.

Além disto, assegure-se de que os espaços contenham sombra e teto, que permitam a observação deoutros cães e dos donos, e que contem com um espaço para que o seu cão possa descansar tranquilo.

Consulte também a opção de deixar com o seu animal de estimação uma manta e algum brinquedo de sua preferência, para que ele se sinta mais à vontade. Não devem negar a você esta possibilidade.

É indispensável também que o lugar tenha vigilância permanente – dia e noite – para que os animais estejam sempre seguros. Não se esqueça de verificar este detalhe.

O que se deve esperar de um bom hotel para cães

Um lugar confiável, por sua vez, tem que:

– Exigir de você a caderneta de vacinação que certifica que seu cão está vacinado e desparasitado.

– Pedir a você mais de um telefone de contato, em caso de alguma emergência. O ideal é que, além do seu, deixe o número de algum parente que more perto do hotel.

– Fornecer a você um contrato onde, além de figurar o preço por dia de hospedagem, indique as condições nas quais permanecerá o seu animal de estimação e os compromissos relativos aos cuidados que tomarão.

– Solicitar a você diferentes informações sobre o seu cão: tipo de alimento, personalidade, forma de se relacionar com outros cães, atitude ante os desconhecidos, alguma necessidade especial, se sofre de doenças ou alergias, ou se está tomando alguma medicação.

Os encarregados do estabelecimento precisam ter a maior quantidade possível de dados sobre o seu animal para poder assegurar sua boa estância. Você deverá desconfiar se não o fizerem.

Se o hotel for bom, seu cão se adaptará a ele, no máximo, em dois dias, e se acostumará com rapidez à nova rotina diária. Ele não deixará de sentir sua falta, claro que ele sentirá saudades.

Mas, se você conseguir que ele se sinta bem, é conveniente que volte a escolher sempre o mesmo lugar para deixá-lo.